CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Medida do TSE favorecerá corrupção e caixa 2 nas eleições de 2018

Quem tem mais dinheiro para dar, a Microsoft ou o sindicato dos professores de Missouri?

13/02/18, 22:55

E

m 2010, a Suprema Corte dos Estados Unidos eliminou os limites para que corporações e sindicatos fizessem contribuições de campanha independentes, ou seja, ligadas a temas e não a candidatos específicos.

Quem tem mais dinheiro para dar, a Microsoft ou o sindicato dos professores de Missouri?

Foi o sonho de bilionários como os irmãos Koch, que organizaram redes de contribuição para apoiar candidatos de direita e extrema-direita.

Em 2014, a Suprema Corte completou o “serviço”, eliminando o limite para contribuições individuais, uma benção para a turma do dinheiro e seu projeto de colocar a democracia a serviço do mercado financeiro.

Agora, o Tribunal Superior Eleitoral publicou resolução permitindo que candidatos se autofinanciem até o limite, no Brasil.

Ou seja, um milionário poderá gastar até R$ 2,5 milhões de seu próprio bolso para se eleger deputado federal.

É preciso lembrar que João Doria, por exemplo, candidato a prefeito de São Paulo, autofinanciou mais de 35% de sua própria campanha, R$ 4,4 milhões.

Se fosse candidato a presidente, poderia injetar até R$ 70 milhões (a fortuna declarada de Doria é de R$ 180 milhões).

Doria é um lobista profissional que ocupa cargo público e sua fortuna foi construída assim: apresentando ricos aos mais ricos, banqueiros àqueles que os representariam no poder.

Mas, ele não será o único beneficiário.

Na verdade, o que o TSE fez foi liberar o caminho para que o dinheiro de caixa dois, escondido por aí, financie a campanha de milionários.

Porque um milionário brasileiro jamais vai colocar tudo do próprio bolso para se eleger. Lembrem-se, mesmo Doria, com patrimônio declarado de R$ 180 mi, colocou “apenas” R$ 4,4 milhões de seu próprio dinheiro para ocupar o trampolim da prefeitura paulistana.

Bem menos que os R$ 44 milhões que ele pegou a juros privilegiados do BNDES para comprar seu jatinho.

Os super-ricos brasileiros tem mais de R$ 1 trilhão escondidos no Exterior, segundo um estudo encomendado pela Tax Justice Network, que combate os paraísos fiscais.

Podem ter certeza de que uma fatia desta fortuna, pequena que seja, vai tornar o Congresso brasileiro ainda mais conservador em 2018, substituindo plenamente o dinheiro que as empresas estão impedidas de “investir”  na política.

Se o TSE não revisar a decisão até 5 de março, liberou geral para os milionários.

Fonte: JL/por Luiz Carlos Azenha
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
09/12/18, 12:05 | ESPERANÇA - Há futuro: jovens querem seguir juntos, ocupar espaços, resistir
09/12/18, 12:01 | INTERNACIONAL - Madri aumenta segurança para a final da Libertadores neste domingo
09/12/18, 09:51 | PESQUISA - Brasil tem 5,2 milhões de crianças na extrema pobreza e 18,2 milhões na pobreza
09/12/18, 09:47 | MAIS MÉDICOS - Saída de médicos cubanos expõe desigualdade na saúde do Brasil
09/12/18, 09:36 | TRANSAÇÃO SUSPEITA - Bolsonaro complica situação ao tentar explicar depósito na conta da mulher
09/12/18, 09:25 | INVESTIGAÇÃO - “Ninguém recebe ou dá dinheiro sujo com cheque nominal”, diz Bolsonaro sobre escândalo familiar
09/12/18, 09:13 | MAIS MÉDICOS - Guaribas-PI, o retrato de uma cidade para onde nenhum médico brasileiro quer ir
09/12/18, 07:25 | INVESTIGAÇÃO - O médium João de Deus na berlinda após dezena de relatos de abuso sexual em Abadiânia
07/12/18, 14:39 | SEGURANÇA - PM-PI passa a registrar boletins de ocorrência e TCO’s
07/12/18, 14:36 | ECONOMIA - Receita libera consulta à restituição do Imposto de Renda na 2ªfeira
07/12/18, 14:28 | CRIMINALIDADE - Doze pessoas são mortas durante tentativa de assalto a banco no Ceará
07/12/18, 13:31 | PROPOSTA - Teresina será a primeira cidade do país a ter um Observatório da Violência contra a Mulher
07/12/18, 13:08 | POLÍTICA - Tereza Cruvinel: Bolsonaro vai apenas reinventar o fisiologismo e a corrupção
07/12/18, 12:51 | POLÍTICA - Filhos de Bolsonaro podem desestabilizar futuro governo
07/12/18, 12:02 | INVESTIGAÇÃO - Coaf chega em movimentação suspeita de ex-assessora de Bolsonaro
07/12/18, 11:48 | CULTURA - Fortaleza tenta se firmar como capital nacional da fotografia
07/12/18, 10:35 | ACUSAÇÃO - Advogado chama juiz de 'depravado' e 'Capitão Gay' em ação
07/12/18, 09:38 | SORTE - Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
07/12/18, 09:00 | SAÚDE - Dezembro Laranja quer conscientizar para prevenção ao câncer de pele
07/12/18, 08:57 | RELATÓRIO - Mais de 1,3 milhão de pessoas no mundo morrem anualmente no trânsito
06/12/18, 22:41 | POLÍTICA - Em 1ª entrevista, Lula diz que Moro fez política e se beneficia disso
06/12/18, 22:35 | INVESTIGAÇÃO - Irmãos Bolsonaro prestaram homenagens a ex-assessor com conta suspeita
06/12/18, 22:19 | ARTIGO JURÍDICO - O dever do juiz diante da lacuna ou obscuridade da lei
06/12/18, 22:12 | INVESTIGAÇÃO - Movimentação financeira suspeita envolve filho e esposa de Bolsonaro
06/12/18, 22:01 | PESQUISAS - Doze pesquisadores brasileiros estão entre os mais influentes do mundo
06/12/18, 14:25 | VIOLÊNCIA - Homem surdo entrega bilhete em posto anunciando assalto
06/12/18, 14:21 | INDICADORES - Fernando Brito: a dor dos pobres não sai nos jornais
06/12/18, 14:01 | INDICADORES - Mello Franco: tem brasileiro sobrevivendo com R$ 7 reais por dia
06/12/18, 13:33 | ESPORTE - Pelé fala sobre seu estado de saúde e afirma que tem 'receio de morrer'
06/12/18, 13:15 | VIOLAÇÕES - Relatório traz panorama das violações de direitos humanos no Brasil
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site