CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Relator de investigação sobre Temer no STF intima Segovia a explicar declarações

Para Luís Roberto Barroso, comentários sobre inquérito podem caracterizar infração penal. À Reuters, diretor da PF disse que tendência é recomendar arquivamento de inquérito contra Temer

10/02/18, 15:58

O

ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), intimou o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, a explicar declarações dadas em entrevista sobre investigação sobre o presidente Michel Temer.

Em entrevista à agência Reuters, Segovia disse que a tendência na PF é recomendar o arquivamento da investigação, na qual Temer é suspeito de beneficiar a empresa Rodrimar em um decreto que renovou concessões no Porto de Santos.

Entenda
 
À TV Globo, Segovia disse, por telefone, que vai comparecer ao gabinete do minstro Barroso, levando a transcrição da entrevista à Reuters, e vai dizer que suas declarações foram mal interpretadas pela imprensa.

Ele disse que não tem, nem teve, a intenção de interferir na investigação ou no trabalho do delegado. Em carta a servidores da PF, Segovia negou ter dito que o inquérito será arquivado e disse que a equipe responsável pelo caso tem "toda a autonomia e isenção".

Para Barroso, no entanto, a conduta de Segovia na entrevista “é manifestamente imprópria e pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal”.

O ministro entendeu que na entrevista o diretor da PF ameaçou o delegado responsável pelo caso, “que deve ter autonomia para desenvolver o seu trabalho com isenção e livre de pressões”.

Considerou também que a investigação ainda tem diversas diligências pendentes, “razão pela qual não devem ser objeto de comentários públicos” e que, como relator do caso, ainda não recebeu relatório final” do delegado Cleyber Malta Lopes nem parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), que conduz a investigação.

Barroso determinou, na intimação, que, além de prestar esclarecimentos, Segovia deverá se abster de novas manifestações sobre o caso.

Delegados reagem

Delegados do grupo de inquéritos da Lava Jato reagiram à fala de Segovia. Em troca de mensagens em grupo de whatsapp, investigadores disseram que as declarações de Segovia são manifestação pessoal e de responsabilidade dele.

A mensagem diz, ainda, que ninguém da equipe de investigação foi consultado ou referendou essa manifestação.

"Ninguém da equipe de investigação foi consultado ou referenda essa manifestação, inclusive pelo fato de que em três de anos de Lava Jato no STF nunca houve uma antecipação ou presunção de resultado de investigação pela imprensa", diz a mensagem.

Fonte: JL/G1
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
08/06/18, 13:48 | VIOLÊNCIA - Equipe da Globonews é agredida a pedradas ao vivo no Rio
08/06/18, 12:36 | ACIDENTE - Embarcações naufragam e deixam mortos e desaparecidos em Itaguaí (RJ)
08/06/18, 12:17 | CRIME - Engenheiro é encontrado morto com 7 facadas dentro de carro em Teresina
08/06/18, 12:03 | ESPORTE - A foto oficial da Seleção para a Copa
08/06/18, 00:48 | ECONOMIA - Ministro diz que projeção de salário mínimo em R$ 1.002 está mantida
08/06/18, 00:44 | ECONOMIA - Procon-SP recebe mais de 5 mil denúncias contra postos de combustíveis
08/06/18, 00:36 | POLÊMICA - Temer é derrotado na OIT e terá de explicar 'reforma' trabalhista
08/06/18, 00:31 | DESMONTE - Governo Temer vende às multinacionais mais três áreas preciosas do pré-sal
07/06/18, 23:45 | CORRUPÇÃO & PROPINA - PGR pede que senadores e ex-ministros sejam investigados em novo inquérito da J&F
07/06/18, 14:15 | RECONHECIMENTO - Kerinne Pinheiro é nomeada procuradora do Estado do Amazonas
07/06/18, 12:20 | INVESTIGAÇÃO - PF revela pedidos pessoais de FHC para apoio a candidatos do PSDB
06/06/18, 16:14 | VISITA - Tribunal de Contas chega a Luzilândia para auditar índice da atual gestão em Saúde e Educação
06/06/18, 14:48 | ECONOMIA - Governo reduz aumento do salário mínimo de 2019
06/06/18, 14:35 | PROJETO DE LEI - Presos podem ter de arcar com custos de permanência na cadeia
06/06/18, 14:31 | POLÍTICA - Discussão sobre candidatura de centro parece ‘conversa de bêbado’, diz Maia
06/06/18, 14:22 | ECONOMIA - Brasil cobra mais impostos de pobres do que dos mais ricos, critica centro de estudos da ONU
06/06/18, 14:12 | LEGISLAÇÃO - Deputados aprovam novo teto do funcionalismo para São Paulo
06/06/18, 13:53 | POLÊMICA - FUP processa Pedro Parente por improbidade e exige confisco de seus bens
06/06/18, 13:48 | POLÍTICA - Base está desorganizada e governo, desarticulado, diz Maia em sabatina
05/06/18, 21:31 | PESQUISA - Sem Lula, Bolsonaro tem 25%, mas perde para brancos, nulos e indecisos: 40%
05/06/18, 21:14 | LAVA JATO - Gilmar Mendes manda soltar o 20º corrupto preso por Marcelo Bretas
05/06/18, 17:06 | POLÊMICA - Senadores cobram do governo a redução do preço dos combustíveis
05/06/18, 16:58 | DEPOIMENTO - Juiz Federal afaga Lula; ex-presidente reclama de 'denuncismo'
05/06/18, 16:54 | JUDICIÁRIO - Lewandowski assume dia 12 relatoria da Lava Jato no STF
05/06/18, 15:52 | JUDICIÁRIO - Lula pede que garantam direito de recurso em liberdade
05/06/18, 15:48 | ALERTA - Fogos de artifício causaram 5 mil internações em 10 anos, diz estudo
05/06/18, 15:43 | EVENTO - Poluição plástica é tema do Dia Mundial do Meio Ambiente 2018
05/06/18, 15:12 | ELEIÇÕES 2018 - ‘Ou todos nós políticos mudamos ou seremos atropelados’, diz Alvaro Dias
05/06/18, 15:05 | ECONOMIA - Brasileiros já pagaram mais de R$ 1 tri em impostos em 2018
05/06/18, 14:51 | CRIMINALIDADE - Piauí tem a 3ª menor taxa de homicídios do país, informa Atlas da Violência
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site