CBN - A rádio que toca notícia

ELEIÇÕES 2018

Justiça Eleitoral quer permitir auditoria nas urnas no dia da votação

Segundo o responsável pela tecnologia da informação do tribunal, a própria urna já verifica sozinha se as informações estão íntegras e, caso não estejam, ela deixa de funcionar automaticamente

08/02/18, 17:00

P

ara aumentar a confiança da sociedade na segurança das urnas eletrônicas, a Justiça Eleitoral deve permitir uma nova auditoria nas máquinas, além das que já existem. A ideia é auditar as urnas antes do início da votação, no mesmo dia do pleito.

Representantes de partidos políticos e de integrantes da sociedade civil – que questionam a segurança das urnas – vão escolher zonas eleitorais para, no dia da votação, verificar se as urnas estão íntegras e se não foram violadas.

O secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Superio Eleitoral (TSE), Giuseppe Janino, ressaltou que a medida vai aumentar a transparência do processo. “Vai ser possível agora, algumas horas antes da eleição, abrir a urna e verificar se os dígitos verificadores estão iguais aos que publicamos na internet. É uma forma de o cidadão normal verificar todos os programas que estão inseridos na urna”, explicou.

Segundo o responsável pela tecnologia da informação do tribunal, a própria urna já verifica sozinha se as informações estão íntegras e, caso não estejam, ela deixa de funcionar automaticamente. A diferença é que agora membros da sociedade e dos partidos poderão verificar pessoalmente a inviolabilidade das urnas. A ideia é que se faça uma verificação por amostragem.

O presidente do TSE, ministro Luiz Fux, informou, nesta quinta-feira, que até o dia 5 de março o tribunal vai publicar a resolução para regulamentar a nova auditoria. O objetivo é reduzir a resistência de grupos críticos ao sistema de votação brasileiro.

Até a última eleição, o TSE realiza uma auditoria paralela, também por amostragem, com simulação do voto para verificar se os candidatos inscritos estão corretos. Nesta auditoria, a urna não é usada para votação e a verificação ocorre fora das seções eleitorais.

Fake news

O ministro Luiz Fux tomou posse na presidência do TSE nesta semana e disse que uma das prioridades será o combate às notícias falsas, as chamadas fake news (notícias falsas). Criado pelo ministro Gilmar Mendes, o conselho consultivo da internet recebeu novos integrantes na gestão de Luiz Fux.

A Polícia Federal e o Ministério Publico passaram a integrar o grupo, que contava com membros do Exército, da Fundação Getúlio Vargas, empresas de mídias sociais e outros órgãos do governo.

Segundo o ministro Luiz Fux, o conselho vai atuar dentro do TSE e a imprensa tradicional ajudará na identificação das notícias falsas. “A imprensa será nossa fonte primária de aferição da verossimilhança daquilo que está sendo noticiado”, frisou o presidente do TSE.

Lei da Ficha Limpa

Luiz Fux ainda defendeu que condenados em 2ª instância não podem participar das eleições, sob pena de se negar a eficácia da Lei da Ficha Limpa. Porém, caso o candidato consiga uma liminar da Justiça para concorrer, Fux acredita que, neste caso, o Plenário do TSE terá que se manifestar sobre a liminar que permitiu a candidatura de determinado político.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
09/09/18, 20:39 | CIÊNCIA - A estranha doença conhecida como 'língua peluda'
09/09/18, 20:22 | ELEIÇÕES - Justiça Eleitoral lacra urnas e garante que sistema de votação é à prova de fraudes
09/09/18, 20:18 | BRASILEIRÃO - Palmeiras vence Corinthians e segue na cola dos líderes
09/09/18, 20:10 | ELEIÇÕES 2018 - DATA AZ: Wellington reage e sobe nas pesquisas, com quase 10% à frente dos adversários
09/09/18, 15:52 | INCÊNDIO - Unesco vai ajudar na remoção de escombros do Museu Nacional
09/09/18, 15:41 | REPERCUSSÃO - Em editorial, jornal francês diz que Brasil perdeu o controle do seu destino
09/09/18, 15:24 | HISTÓRIA - Ustra: “Herói” de Bolsonaro e Mourão torturava mulheres grávidas
09/09/18, 15:10 | LIVRO - Maria Bonita só surgiu após a morte da cangaceira, diz biógrafa
09/09/18, 14:46 | INTERNACIONAL - Tiroteio em McDonald’s no Alabama deixa um morto e quatro feridos
09/09/18, 14:28 | ELEIÇÕES 2018 - Não é na bala, nem na faca, diz novo programa de Alckmin
09/09/18, 10:51 | ARTIGO - CASO BOLSONARO - O crime e a Lei de Segurança Nacional
08/09/18, 21:02 | POLÍTICA - Revista Veja aponta Bolsonaro como um dos responsáveis pelo atentado que sofreu
08/09/18, 20:32 | INCÊNDIO - Tragédia deve servir para fortalecer museus, afirma especialista
08/09/18, 20:29 | ATENTADO - Moradores da pensão de Adélio dizem que ele era estranho e calado
08/09/18, 19:53 | ELEIÇÕES 2018 - Cada candidato à Presidência terá 25 policiais para sua segurança
08/09/18, 15:08 | POLÍTICA - Bolsonaro faz gesto de arma de fogo com as mãos mesmo esfaqueado
08/09/18, 14:28 | ECONOMIA - Vitória é a capital com mais famílias com dívidas em atraso
08/09/18, 14:24 | ELEIÇÕES 2018 - Cerca de 88 mil eleitores se registraram para votar em trânsito
08/09/18, 10:46 | POLÍTICA - Globo em campanha aberta por Bolsonaro; Adeus, Alckmin!
08/09/18, 10:16 | ESPORTE - Brasil inicia novo ciclo para Copa com vitória e gol de Neymar
08/09/18, 10:09 | PESQUISA - XP POLÍTICA: Alckmin é quem mais perde com o ataque a Bolsonaro
08/09/18, 09:15 | MERCADO - US$ 655 milhões de arrecadação: conheça o fenômeno mundial dos e-Sports
08/09/18, 09:09 | ELEIÇÕES 2018 - Campanha de Bolsonaro adotará tom mais moderado, diz vice Mourão
08/09/18, 09:01 | PESQUISA - XP Investimentos: Bolsonaro lidera seguido por Haddad; Ciro, Alckmin e Marina empatados
08/09/18, 08:55 | EDUCAÇÃO - Melhorar formação e salários de professores será desafio de presidente
08/09/18, 08:29 | ELEIÇÕES 2018 - Substituição de Lula será feita entre 2ª e 3ª com carta do ex-presidente ungindo Haddad candidato
07/09/18, 20:44 | DIA DA PÁTRIA - Filho de Temer faz gesto imitando arma durante desfile de 7 de setembro
07/09/18, 20:18 | PROGRAMA ELEITORAL - Após atentado, Alckmin retira propagandas no rádio que atacam Bolsonaro
07/09/18, 20:16 | ATENTADO - Defesa diz que Adélio agiu sozinho e motivado por 'discurso de ódio' de Bolsonaro
07/09/18, 20:01 | ATENTADO - Caso Bolsonaro: Não foi crime político, diz a Polícia Federal
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site