CBN - A rádio que toca notícia

LAVA JATO

PF quer concluir inquéritos sobre políticos até o final do ano

A Polícia Federal mais que dobrou a equipe da operação que atua nos inquéritos envolvendo políticos no STF para tentar encerrar as investigações antes das eleições deste ano

10/01/18, 15:04

O

diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, disse nesta quarta-feira (10) que pretende concluir até o final deste ano as investigações da PF no âmbito dos inquéritos que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF), inclusive nos casos relacionados à Operação Lava Jato e à apuração do suposto pagamento de propina da empresa Rodrimar para o presidente Michel Temer.

A Polícia Federal mais que dobrou a equipe da Lava Jato que atua nos inquéritos envolvendo políticos no STF para tentar encerrar as investigações antes das eleições deste ano. Segovia autorizou o nomeação de mais oito delegados, sete escrivães e 17 analistas para atuar no Grupo de Inquérito (GINQ) responsável pelas 273 investigações em andamento na Corte.

No STF tramitam os casos envolvendo políticos com foro por prerrogativa de função, o chamado foro privilegiado.

A ampliação da equipe da PF foi um dos assuntos tratados na manhã desta quarta durante a reunião de Segovia com a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. Os dois conversaram por cerca de uma hora e meia.

"Eram nove delegados conduzindo investigações junto ao STF e agora temos 17. Havia vários inquéritos que estão hoje aguardando laudos periciais e hoje praticamente o dobro da equipe de peritos. A gente espera no menor prazo possível concluir essas investigações. Esperamos não só concluir os inquéritos no STF da Lava Jato, mas também todas as outras investigações que correm", disse Segovia a jornalistas, depois do encontro com Cármen.

"A nossa meta é concluir todos os inquéritos hoje que já estão no STF até o final deste ano", reforçou Segovia, ressaltando que a prioridade são "todos os inquéritos do STF".

Indagado pelo Broadcast Político se a meta não era ambiciosa, Segovia respondeu: "A ambição é humana. É uma meta que a ministra Cármen Lúcia também quer, a doutora Raquel Dodge (procuradora-geral da República) também está imbuída nesse propósito, e acho que o Brasil merece ter uma resposta quanto a essas investigações."

Sobre o inquérito sobre Michel Temer, Segovia disse que aguarda as respostas do presidente às perguntas formuladas pela PF "para que seja tomado um novo passo na investigação".

O ex-assessor da vice-presidência da República Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) é citado 38 vezes nas 50 perguntas elaboradas pela Polícia Federal no âmbito do inquérito que apura suposto pagamento de propina da empresa Rodrimar para o presidente.

O inquérito, de relatoria do ministro Luís Roberto Barroso, apura se a Rodrimar, empresa que opera no Porto de Santos, foi beneficiada pelo decreto assinado pelo presidente em maio, que ampliou de 25 para 35 anos as concessões do setor, prorrogáveis por até 70 anos.

Fonte: JL/Agência Estado
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
13/02/19, 18:32 | OPINIÃO - A impossível missão de governar um país a partir de corruptos e moleques
13/02/19, 18:26 | INVESTIGAÇÃO - Moro se recusa a responder sobre encontro com setor de armas alegando direito à privacidade
13/02/19, 18:01 | LUTO - Morre no Rio a atriz e cantora Bibi Ferreira
13/02/19, 14:51 | CORRUPÇÃO & PROPINA - PF identifica supostos emissários de R$ 28,2 milhões a Aécio Neves
13/02/19, 14:19 | PESQUISA - Manaus, Campinas e Brasília são eleitos os melhores aeroportos do país
13/02/19, 12:37 | PRESÍDIOS - Marcola e mais 21 integrantes do PCC são transferidos
13/02/19, 12:35 | DOENÇA - Bolsonaro recebe alta médica e deixa o hospital Albert Einstein
13/02/19, 12:05 | MUNDO - Enchente bizarra na Austrália mata meio milhão de cabeças de gado
13/02/19, 11:55 | REFORMAS - Moro recusa convite para fazer debate público sobre pacote anticrime
13/02/19, 10:19 | TRAGÉDIA - Plenário da Câmara debate tragédia de Brumadinho
13/02/19, 10:16 | ECONOMIA - Volume do comércio varejista fecha 2018 com alta de 2,3%
13/02/19, 10:12 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Réu na Lava Jato, Collor presta depoimento no STF
13/02/19, 09:34 | ECONOMIA - Consumidores pagaram R$ 6,9 bilhões a mais nas contas de luz
13/02/19, 09:30 | POLÊMICA - Ação civil pede o afastamento da ministra Damares Alves
13/02/19, 09:24 | POLÍTICA - Eduardo Bolsonaro nega conflito com Mourão e generais
13/02/19, 08:50 | JUDICIÁRIO - Supremo deve julgar nesta quarta ação para criminalizar homofobia
13/02/19, 08:46 | POLÍTICA - 'O partido que se explique', afirma Mourão sobre 'laranjas' do PSL
13/02/19, 08:40 | POLÍTICA - Bolsonaro aumenta pressão sobre Bebianno por 'laranjas' do PSL
12/02/19, 17:26 | DESCASO - Piauí planeja construir o primeiro porto do estado após 40 anos
12/02/19, 17:18 | PROPOSTA - Marinho: texto da Previdência é ‘bem diferente’ do vazado
12/02/19, 17:11 | POLÍTICA - 'Disso eu não falo', diz general Heleno sobre 'laranjas' do PSL
12/02/19, 15:59 | POLÊMICA - Prefeito de Luzilândia processa internautas por ter sido chamado de 'ladrão' nas redes sociais
12/02/19, 15:37 | POLÍTICA - Aplicativo de acompanhamento do trabalho parlamentar é lançado
12/02/19, 15:25 | VELÓRIO - Corpo de Boechat deixa Museu da Imagem e do Som sob aplausos
12/02/19, 15:04 | REFORMAS - Texto da reforma da Previdência está pronto e aguarda Bolsonaro
12/02/19, 14:56 | NEGOCIAÇÃO - Governo Bolsonaro pode antecipar receita aos estados em troca de apoio à Reforma da Previdência
12/02/19, 11:52 | DELEGACIA - Prefeito de Luzilândia perde o controle emocional e apresenta queixa-crime contra a população
12/02/19, 11:27 | DIEESE - Mais de 11 milhões de jovens sem trabalho e estudo. E sem oportunidades
12/02/19, 11:24 | JULGAMENTO - Mais de 40% de ações trabalhistas foram resolvidas por acordo em 2018
12/02/19, 10:50 | LUTO - Corpo de Boechat deve ser cremado em cerimônia reservada à família
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site