CBN - A rádio que toca notícia

EVENTO

No Brasil, Malala defende que a educação é o melhor investimento

A ativista disse que o empoderamento das meninas vem da educação

09/07/18, 19:38

A

ativista paquistanesa Malala Yousafzai, em visita hoje (9) à capital paulista, defendeu a educação a longo prazo como melhor investimento, em especial para o desenvolvimento feminino. “O empoderamento das meninas vem da educação, tem a ver com emancipação”, disse. Ela participou de evento promovido pelo Itaú Unibanco, no Auditório Ibirapuera.

Malala é a pessoa mais jovem a receber um Prêmio Nobel da Paz, aos 17 anos de idade. Com 15 anos, ela foi baleada pelo Talibã por se manifestar contra a proibição da educação para mulheres. A paquistanesa lembra que, quando era uma aluna em seu país, outras colegas de sua classe também defendiam a educação feminina. “A diferença é que os meus pais nunca me impediram de falar o que eu pensava”, disse.

A ativista lembrou uma situação em que uma colega da escola chegou atrasada para aula. A garota tinha de esperar os pais saírem de casa e, assim, sair para estudar escondida. “O papel dos pais e das mães é fundamental no empoderamento feminino”, disse. “É importante que as mulheres se expressem, as mulheres têm que quebrar essas barreiras”, completou.

Viagem ao Brasil

A ativista disse que um dos seus objetivos no Brasil é “achar meios para que as 1,5 milhão de meninas [fora da escola] tenham acesso à educação”. Outra razão que levou Malala a viajar para o Brasil foi a força dos ativistas locais descobertos por ela. A ativista quer promover a educação entre as comunidades menos favorecidas do Brasil, especialmente as afro-brasileiras.

“Trabalhando junto com os defensores da educação e podendo dar a todas as pessoas, que vem das camadas menos privilegiadas, a esperança de que todos em volta se sintam seguras em receber educação de alta qualidade”, disse. Malala afirmou ainda que vai anunciar, em breve, um projeto do Fundo Malala para que a educação seja abordada pelas campanhas eleitorais.

Participou também do debate sobre o assunto, a ativista Tábata Amaral, de 24 anos, nascida na periferia de São Paulo, que representou o Brasil em competições internacionais de ciências e estuda astrofísica em Harvard. Tábata questionou sobre a possibilidade da união entre os ativistas internacionais. Em resposta, Malala disse acreditar na solução nascida entre os líderes comunitários. “Temos que ir às comunidades de base e trabalhar com os ativistas locais, que entendem os problemas e sabem a melhor maneira de resolvê-los”, disse.

Leitura

Outra participante foi a escritora mineira Conceição Evaristo, doutora em literatura comparada e vencedora do Prêmio Jabuti na categoria contos pela obra Olhos d'Água (2014). Conceição destacou o poder da leitura e da escrita incentivados por Malala, já que a adolescente partilhou a sua história e luta em seu livro.

“As pessoas que não têm acesso [à leitura], não têm uma cidadania incompleta. Que a sua presença fortifique essa ideia e o compromisso que o estado brasileiro precisa ter com a alfabetização”, disse a escritora. “A escrita amplia o seu papel, porque, enquanto leitor, você pode abarcar o mundo através da leitura. Mas quando você escreve, tem esse poder de intervenção no mundo”, acrescentou.

Em resposta ao tema, Malala lembrou da história da própria mãe, que parou de estudar aos seis anos. “Como filha, estou lendo para a minha mãe, é uma experiência maravilhosa”, disse. Segundo a paquistanesa, a sua mãe está estudando novamente, e este é seu grande estímulo para continuar na buscar pela educação das mulheres.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
11/07/18, 16:20 | POLÍTICA - Campanha pretende aumentar número de mulheres nos parlamentos do país
11/07/18, 16:16 | MOVIMENTO - Bancários protestam em todo o país em defesa da convenção coletiva
11/07/18, 16:13 | SINDECALISMO - Centrais reforçam 10 de agosto como dia de 'basta ao desemprego'
11/07/18, 14:14 | CONHECIMENTO - Thalita Pinheiro chega do Rio onde cursa Mestrado em Engenharia de Materiais
10/07/18, 18:12 | COPA - França melhor: um time que pode ser um símbolo contra o racismo e o ódio aos refugiados
10/07/18, 17:50 | ESPORTE - França vence Bélgica por 1x0 e está na final da Copa do Mundo
10/07/18, 17:29 | POLÊMICA - CNJ abre investigação preliminar contra Favreto, Moro e Gebran Neto
10/07/18, 16:35 | POLÊMICA - Embate de instâncias jurídicas deve contaminar eleição, dizem analistas
10/07/18, 16:32 | CORRUPÇÃO - Mesmo isolado, Geddel se comporta de forma indisciplinada, diz juíza
10/07/18, 16:28 | POLÍTICA - A poucos meses do fim do mandato, Temer acelera liberação de verba
10/07/18, 14:33 | FUTEBOL - Para a história: Cristiano Ronaldo fecha ciclo pelo Real e acerta com a Juventus
10/07/18, 14:26 | CRIMINALIDADE - Teresina: Carro roubado de dono de academia foi usado em dois assaltos antes de ser abandonado
10/07/18, 14:14 | MUNDO - Doze meninos e o técnico de futebol são retirados de caverna após três dias de resgate na Tailândia
10/07/18, 14:09 | POLÍTICA - Lula: Temer vende patrimônio público 'a preço de banana'
10/07/18, 13:59 | ECONOMIA - Brasil fica em 64º lugar em ranking mundial de inovação
10/07/18, 13:46 | ARTIGO - A liberdade de expressão durante o processo eleitoral
10/07/18, 13:41 | ARTIGO - O magistrado e o exaurimento da jurisdição
10/07/18, 11:37 | ARTIGO - A interpretação conforme a constituição e a jurisprudência do STF
09/07/18, 19:38 | EVENTO - No Brasil, Malala defende que a educação é o melhor investimento
09/07/18, 19:19 | ESTATÍSTICA - Em sete meses, Piauí já registra 78% do número de casos de feminicídio de 2017
09/07/18, 18:45 | POLÍTICA - Marco Aurélio, do STF, diz que Moro agiu fora da lei contra Lula
09/07/18, 18:32 | POLÊMICA - Juízes defendem desembargador: 'Independência judicial é pilar do Estado de direito'
09/07/18, 18:23 | POLÊMICA - Ordem jurídica é 'sacrificada' para manter Lula preso, diz jurista
09/07/18, 18:00 | POLÍTICA - 7 eleições presidenciais indicam que só 5 candidatos têm chance em 2018
09/07/18, 17:55 | ECONOMIA - CNI aponta índice do medo do desemprego acima da média histórica
08/07/18, 20:01 | DECISÃO - Presidente do TRF-4 mantém Lula preso e encerra disputa judicial
08/07/18, 19:50 | IMBRÓGLIO - Defesa de Lula diz que Moro, de férias, atuou para impedir soltura
08/07/18, 19:49 | CRISE JUDICIÁRIA - Cármen Lúcia: resposta judicial deve ocorrer sem quebra de hierarquia
08/07/18, 19:45 | POLÊMICA - Advogados pedem prisão de Moro e de delegado da PF no Paraná
08/07/18, 15:46 | COPA - Fernandinho recebe solidariedade depois de ataques racista
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site