CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO & PROPINA

PF pede mais 60 dias de prazo para concluir inquérito sobre Temer, Moreira e Padilha

Investigação foi aberta para apurar se a Odebrecht pagou propina na Secretaria de Aviação Civil quando o MDB comandava a pasta. Pedido será analisado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo

15/05/18, 20:55

A

Polícia Federal pediu nesta terça-feira (15) mais 60 dias para concluir o inquérito que investiga o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia), todos do MDB.

O pedido foi enviado ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso na Corte.

Antes de decidir, Fachin deverá encaminhar o pedido para análise da Procuradoria Geral da República (PGR).

O inquérito apura o suposto de pagamento de propina pela Odebrecht na Secretaria de Aviação Civil quando a pasta foi comandada pelo MDB.

Embora o inquérito tenha sido aberto em março do ano passado, Temer só foi incluído entre os investigados em março deste ano.

Entenda

O caso se refere a um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, em que teria sido acertado o repasse de R$ 10 milhões supostamente ilícito pela Odebrecht ao MDB.

O delator Cláudio Mello Filho, ex-executivo da empreiteira, disse ter participado de um jantar com Padilha, Marcelo Odebrecht e Temer para discutir o assunto. O presidente já admitiu que houve o jantar, mas sempre disse que eles não falaram de valores.

Segundo a Procuradoria Geral da República, integrantes do grupo político liderado por Temer "teriam recebido recursos ilícitos da Odebrecht como contrapartida ao atendimento de interesses da empreiteira pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República".

Inquérito dos portos

Além deste inquérito, Temer é alvo de outra investigação em andamento no Supremo: a que apura o suposto pagamento de propina na edição do decreto dos portos.

A suspeita é que, ao editar o decreto, no ano passado, Temer beneficou a Rodrimar, que atua no porto de Santos (SP). Temer e a empresa negam.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
08/08/18, 21:10 | CRIME - Marido acusado de matar a advogada Tatiane Spitzner vira réu
08/08/18, 20:55 | JUDICIÁRIO - Supremo Tribunal aprova aumento de 16% no salário dos ministro
08/08/18, 20:34 | JUDICIÁRIO - Gilmar Mendes já soltou 37 investigados da Lava Jato no Rio
08/08/18, 20:01 | MOVIMENTO - Greve nos Correios é suspensa após proposta de acordo do TST
08/08/18, 19:50 | CONFERÊNCIA - Entidades de 40 países discutem futuro do trabalho e ameaças a direitos
08/08/18, 19:47 | INJUSTIÇA - Trabalhadores estão perdendo a esperança na democracia, diz dirigente da CSI
08/08/18, 18:42 | DENÚNCIA - Coronel da reserva acusa general Mourão de favorecer empresa em contrato do Exército
08/08/18, 16:52 | POLÍTICA - Oito candidatos a presidente participam de debate da TV Band na 5ª feira
08/08/18, 16:42 | OPERAÇÃO - Gilmar Mendes manda soltar 3 executivos presos por corrupção
08/08/18, 16:39 | ELEIÇÕES 2018 - Lula lidera no estado de São Paulo, diz pesquisa CNT/MDA
08/08/18, 16:32 | POLÍTICA - Disputa pela Presidência vai ser mais uma vez entre PT e PSDB, diz cientista político
08/08/18, 16:19 | PARLAMENTO - Manifestantes acompanham discussão sobre aborto na Argentina
08/08/18, 16:12 | LAVA JATO - PGR recorre de habeas corpus concedido a Eduardo Cunha pelo Supremo
08/08/18, 15:44 | JUDICIÁRIO - Dias Toffoli é eleito presidente do Supremo com mandato até 2020
07/08/18, 17:42 | EDUCAÇÃO - Pesquisa indica que tema da educação atrai mais interesse de leitores
07/08/18, 17:40 | JUSTIÇA - Cármen Lúcia destaca efetividade da Justiça nos casos de feminicídio
07/08/18, 17:34 | ESTATÍSTICA - Denúncias de violência contra a mulher chegam a 73 mil, em 2018
07/08/18, 14:05 | SUCESSÃO - Haddad: sem perseguição judicial, Lula poderia vencer no primeiro turno
07/08/18, 14:02 | MOVIMENTO - Metalúrgicos lutam para impedir retirada de direitos das mulheres
07/08/18, 13:55 | LEGISLAÇÃO - Evento comemora no Rio os 12 anos da Lei Maria da Penha
07/08/18, 13:35 | JUDICIÁRIO - Sem data para votação, STF encerra debate sobre descriminalizar aborto
07/08/18, 13:29 | ELEIÇÕES 2018 - Partidos receberão R$ 1,7 bi do Fundo Eleitoral para as campanhas
07/08/18, 13:26 | POLÍTICA - Eleição presidencial terá o maior número de candidatos em 29 anos
07/08/18, 13:20 | JUDICIÁRIO - Ministro Dias Toffoli diz que debates acalorados são da essência da democracia
07/08/18, 11:16 | EVENTO - Mulheres vestem-se de ‘aias’ e pedem descriminalização do aborto
06/08/18, 21:58 | TRABAHO - No governo Temer, Brasil volta a ter fila enorme à procura de emprego
06/08/18, 21:09 | EDUCAÇÃO - Alunos de Escolas da Prefeitura de Teresina medalhistas de matemática recebem premiação nacional
06/08/18, 20:51 | OPINIÃO PÚBLICA - Como 'candidato de Lula', Haddad aparece na segunda posição, aponta pesquisa
06/08/18, 20:35 | ELEIÇÕES 2018 - Cinco presidenciáveis apresentam propostas em sabatina do setor da construção civil
06/08/18, 20:25 | JUDICIÁRIO - TRF-4 nega pedido de Lula para participar de debate na Band
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site