CBN - A rádio que toca notícia

DECISÃO

Supremo nega pedido de habeas corpus do ex-ministro Palocci

Votaram a favor da liberdade de Palocci os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio

12/04/18, 16:57

P

or 7 votos a 4,  os ministros  do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram hoje (12) negar o pedido de liberdade protocolado pela defesa do ex-ministro Antônio Palocci, preso desde setembro de 2016 na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, devido às investigações da Operação Lava Jato.

No ano passado, Palocci foi condenado pelo juiz federal Sérgio Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um dos processos a que responde no âmbito da Lava Jato.

A maioria de votos foi formada com base no voto do relator, proferido na sessão de ontem (11). Fachin entendeu que há risco para a ordem pública, caso o ex-ministro seja libertado. Para o ministro, Palocci ainda tem influência e parte dos recursos que foram desviados ainda não foi recuperado. "Esse cenário revela periculosidade concreta do agente, circunstância que evidencia fundado receio de práticas de futuras infrações", entendeu o relator.

O entendimento foi acompanhado pelos ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Rosa Weber, Celso de Mello e Cármen Lúcia.

Votaram a favor da liberdade de Palocci os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio.

Última a votar, a presidente do STF, Cármen Lúcia, também acompanhou a maioria e entendeu que a decisão de Moro, ao manter a prisão de Palocci, levou em conta que não era possível substituir o cárcere por medidas cautelares, em função do risco de reiteração dos crimes."O minsitro Fachin demonstrou que nada havia de desarrazoado [na sentença], porque o transcurso [do processo] se fazia da maneira razoável, pertinente e necessária. Não havia reconhecimento de excesso de prazo", afirmou.

Para Gilmar, o prazo indefinido das prisões preventivas é uma forma de tortura para viabilizar acordos de delação premiada. “Vertentes que pretendem restringir o habeas corpus, limitar o habeas corpus estão, obviamente, fazendo rima com o AI-5”, disse.

Lewandowski entendeu que, com o encerramento das investigações e a definição da sentença do ex-ministro, não há mais necessidade da continuidade da prisão. "Com a prolação da sentença, a prisão preventiva já exauriu todos os seus efeitos, no tocante ao requisito da conveniência da instrução criminal, não mais substituindo risco de interferência na produção probatória, razão pela qual não se justifica, sob este fundamento, a manutenção da custódia cautelar", argumentou.

De acordo com as investigações, a empreiteira Odebrecht tinha uma espécie de "conta-corrente de propina” com o PT, partido do ex-ministro. De acordo com os investigadores, a conta era gerida por Palocci, e os pagamentos a ele eram feitos por meio do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht – responsável pelo pagamento de propina a políticos – em troca de benefícios indevidos na Petrobras.

No STF, a defesa de Palocci alegou que o caso deveria ser julgado pela Segunda Turma da Corte, e não pelo plenário.  Além disso, os advogados criticaram o “uso da prisão preventiva como forma ilegal de antecipação de pena".

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
10/08/18, 12:37 | SUCESSÃO - Afinal, Lula pode ou não participar dos debates eleitorais?
10/08/18, 12:32 | CRIME - Lava Jato no Rio prende corretor acusado de receber propina
10/08/18, 12:24 | OPINIÃO - Professor de Harvard analisa Bolsonaro como grave perigo à democracia
10/08/18, 12:15 | SALÁRIOS - Após STF, Ministério Público aprova aumento de 16% para procuradores
10/08/18, 12:09 | INCIDENTE - Homens morrem depois de confundir inseticida com bebida alcoólica em Teresina
10/08/18, 11:20 | POLÍTICA - Eleição 2018: confira como foi o primeiro debate entre presidenciáveis
10/08/18, 11:14 | ELEIÇÕES 2018 - No debate da Band, Alckmin vira alvo e nanico Daciolo rouba a cena nas redes
09/08/18, 21:34 | ESTATÍSTICA - Com 63.880 vítimas em 2017, Brasil bate recorde de mortes violentas
09/08/18, 17:54 | SALÁRIOS - Lewandowski rebate crítica a reajuste e diz que juízes recuperam milhões
09/08/18, 17:52 | REDES SOCIAIS - Facebook abre registro a candidatos e partidos para publicar anúncios
09/08/18, 17:48 | POLÊMICA - Presidente da Anamatra diz que reajuste do STF é “questão de justiça”
09/08/18, 15:50 | REPERCUSSÃO - Juristas internacionais enviam carta sobre 'caráter desleal' de processo contra Lula
09/08/18, 15:23 | REFORMA - Desmonte da legislação trabalhista aumenta número de acidentes e mortes
09/08/18, 14:58 | POLÊMICA - Política fiscal de austeridade torna país mais desigual e compromete futuro
09/08/18, 13:41 | ARTIGO - Inelegibilidade Material e Inelegibilidade Processual
09/08/18, 10:43 | CRIME - Professor acusado de matar advogada tentou se matar, diz penitenciária
09/08/18, 10:03 | LIBERTADORES - Torcida do Cruzeiro volta a dar espetáculo no Maracanã e empurra time para vitória mais importante do semestre
09/08/18, 09:55 | POLÊMICA - Senado da Argentina rejeita projeto a favor do aborto e gera protestos
09/08/18, 09:48 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Banqueiro paga fiança de R$ 90 milhões para sair da prisão
09/08/18, 09:26 | ARTIGO - Vontade popular
08/08/18, 21:53 | DECISÃO - Luzilândia, Joca Marques e Madeiro receberão tropas federais para as eleições
08/08/18, 21:10 | CRIME - Marido acusado de matar a advogada Tatiane Spitzner vira réu
08/08/18, 20:55 | JUDICIÁRIO - Supremo Tribunal aprova aumento de 16% no salário dos ministro
08/08/18, 20:34 | JUDICIÁRIO - Gilmar Mendes já soltou 37 investigados da Lava Jato no Rio
08/08/18, 20:01 | MOVIMENTO - Greve nos Correios é suspensa após proposta de acordo do TST
08/08/18, 19:50 | CONFERÊNCIA - Entidades de 40 países discutem futuro do trabalho e ameaças a direitos
08/08/18, 19:47 | INJUSTIÇA - Trabalhadores estão perdendo a esperança na democracia, diz dirigente da CSI
08/08/18, 18:42 | DENÚNCIA - Coronel da reserva acusa general Mourão de favorecer empresa em contrato do Exército
08/08/18, 16:52 | POLÍTICA - Oito candidatos a presidente participam de debate da TV Band na 5ª feira
08/08/18, 16:42 | OPERAÇÃO - Gilmar Mendes manda soltar 3 executivos presos por corrupção
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site