CBN - A rádio que toca notícia

ECONOMIA

Natal deve movimentar R$ 53,5 bilhões na economia do país, prevê SPC

Projeções de gastos se mantêm no mesmo patamar do ano passado

08/11/18, 21:28

São Paulo - A loja O Rei do Armarinho, especializada em artigos natalinos  (Rovena Rosa/Agência Brasil)

P

esquisa feita pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) indica que o Natal deste ano deve injetar aproximadamente R$ 53,5 bilhões na economia do país. O estudo indica que as projeções permanecem no mesmo patamar do ano passado.

O levantamento aponta 72% dos brasileiros planejam comprar presentes para terceiros no Natal, o que representa 110,1 milhões de consumidores. Entre os que não vão presentear (9%), os motivos se dividem entre falta de importância ao feriado (26%), falta de emprego (17%), ou falta de dinheiro. Os que ainda não decidiram representam 19% dos entrevistados.

Os consumidores ouvidos na pesquisa devem comprar, em média, entre quatro e cinco presentes, gastando o valor médio de R$ 115,90. O índice também revela que o número dos que pretendem desembolsar entre R$ 100 e R$ 200 com presentes cresceu na comparação com 2017, passando de 10% para 16%, e que um terço desse percentual está na faixa acima dos 55 anos.

Entre os que compraram presentes em 2017, quase um terço (27%) afirma que irá gastar um valor superior este ano – enquanto 30% planejam gastar a mesma quantia e 22%, menos. Considerando os que vão gastar mais, 29% planejam adquirir um presente melhor, enquanto 25% reclamam do aumento dos preços. Há ainda quem economizou ao longo do ano (22%).

Dos consumidores que vão diminuir gastos, a principal razão deve-se à situação financeira ruim (34%). As outras razões dividem-se entre economia (30%), outras prioridades (14%) e desemprego (12%).

Compras virtuais

Quanto ao local escolhido para as compras de Natal, este ano as lojas de departamento dividem a preferência dos consumidores (42%) com as lojas online (40%) — 75% desses consumidores virtuais farão, pelo menos, metade de suas compras por meio deste canal. Na sequência aparecem os shopping centers (34%) e o comércio de rua (30%)

Para o SPC, o aumento na quantidade de consumidores que usam a rede para compras, o fazem principalmente pela comodidade e praticidade, além da possibilidade de comparar preços e encontrar uma diversidade de produtos disponíveis.

Beneficiários

A pesquisa aponta que os filhos (57%) continuam sendo os principais beneficiários dos presentes. Na sequência estão maridos e esposas (48%), mães (46%), irmãos (24%), sobrinhos (21%), pais (20%) e namorados (17%).

As roupas permanecem na primeira posição do ranking de produtos que os consumidores pretendem comprar para presentear no Natal (55%). Calçados (32%), perfumes e cosméticos (31%), brinquedos (30%) e acessórios, como bolsas, cintos e bijuterias (19%), completam a lista de produtos mais procurados para a data.

Inicialmente foram ouvidas 761 pessoas nas 27 capitais para identificar o percentual de quem pretendia ir às compras no Natal e, depois, a partir de 607 entrevistas, investigou-se em detalhes o comportamento de consumo no Natal. A margem de erro é de 3,5 e 4,0 pontos percentuais, respectivamente, para um intervalo de confiança de 95%.

Varejo em São Paulo

Levantamento feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviço e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) calculou que o faturamento real do varejo do estado de São Paulo no mês de agosto alcançou R$ 57,5 milhões, com crescimento 5,9% em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a entidade, esse é o maior faturamento para o mês desde 2013.

No acumulado do ano, as vendas varejistas tiveram aumento de 5,3%, o que representa um faturamento R$ 22 bilhões superior ao obtido no mesmo período de janeiro a agosto de 2017. O aumento nas vendas foi registrado nas nove atividades pesquisadas pela entidade e em todas as regiões do estado.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
11/01/19, 15:27 | CRIME - Médium de Goiás é suspeito de quatro mortes em dois estados
11/01/19, 15:24 | EDUCAÇÃO - Inscrições para ProUni serão abertas a partir do próximo dia 29
11/01/19, 14:56 | POLÊMICA - Bolsonaro indica ‘amigo de longa data’ para gerência de Segurança da Petrobras
11/01/19, 14:53 | POLÊMICA - Decreto da posse de armas será editado até o dia 15, diz Onyx
11/01/19, 14:49 | VIOLÊNCIA - Sobe para 309 total de suspeitos presos por ataques no Ceará
10/01/19, 22:20 | RETROSPECTIVA - Governo Bolsonaro: As idas e vindas nos 10 primeiros dias de gestão
10/01/19, 21:51 | CORRUPÇÃO & PROPINA - PGR pede ao STF que inquérito suspenso contra Temer vá para Justiça Federal
10/01/19, 21:48 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Flávio Bolsonaro se dispõe a prestar esclarecimentos ao MPRJ
10/01/19, 21:45 | CRIME - PGR defende que Temer, Padilha e Moreira sejam investigados juntos
10/01/19, 21:32 | VIOLÊNCIA - Presos já são 287 no Ceará, que registrou mais ataques nesta quinta
10/01/19, 21:19 | EDUCAÇÃO - Teresina terá 28 unidades de ensino de tempo integral em 2019
10/01/19, 21:03 | EDUCAÇÃO - Prefeitura de Teresina investiu mais de R$ 20 milhões em alimentação escolar em 2018
10/01/19, 16:39 | POLÍTICA - Maduro toma posse na Venezuela e chama Bolsonaro de fascista
10/01/19, 15:35 | INVESTIGAÇÃO - Flávio Bolsonaro não comparece a depoimento no Ministério Público
10/01/19, 15:20 | ARTIGO JURÍDICO - Porte de Arma e suas Prerrogativas
10/01/19, 14:51 | POLÍTICA - Mourão critica despetização de Onyx: ‘Tem que saber dosar a coisa’
10/01/19, 14:48 | EDUCAÇÃO - Piso salarial do magistério será de R$ 2.557,74
10/01/19, 10:46 | POLÍTICA - Doria se reúne com Bolsonaro e reafirma apoio à reforma da Previdência
09/01/19, 22:30 | MUNDO - Relações Exteriores dos EUA repreendem aproximação com Bolsonaro
09/01/19, 22:23 | EDUCAÇÃO - MEC volta atrás e anula mudanças que davam margem a erros em livros
09/01/19, 22:18 | POLÍTICA - Ciro Gomes: 'Capital político de Bolsonaro não dura seis meses'
09/01/19, 16:26 | DIREITOS HUMANOS - Governo do Rio de Janeiro cria Coordenação de Desaparecidos
09/01/19, 16:21 | DISCUSSÃO - Ministro sugere regras diferenciadas para militares na Previdência
09/01/19, 16:17 | SENTENÇA - Geddel Vieira Lima poderá pegar até 80 anos de prisão
09/01/19, 15:52 | SFT - Toffoli nega pedido para votação aberta para presidência da Câmara
09/01/19, 15:30 | DENÚNCIA - Quem está pagando a conta de Queiroz no caríssimo Einstein?
09/01/19, 15:26 | FOLIA LARANJA - Caso Queiroz vira tema de marchinha de carnaval: 'Cheque não caiu na minha conta'
09/01/19, 15:21 | ENTREVERO - Moro é cobrado em supermercado: “Por que Queiroz não é pauta?”
09/01/19, 12:33 | EDUCAÇÃO - Gestão Bolsonaro retira violência contra mulher de edital de livros
08/01/19, 23:56 | POLÊMICA - Padres bolsonaristas defendem uso de armas para legítima defesa
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site