CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO

Gilmar Mendes: “Em um momento houve canonização da Lava Jato”

“Qualquer decisão contra a ação do Moro era considerada antirrepublicana, antipatriótica ou ‘antiqualquercoisa’, o que é uma bobagem”, criticou o ministro do STF

07/07/18, 12:35

D

urante passagem por Londres, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu suas decisões em que revogou prisões ordenadas por juízes de primeira instância da Lava Jato. Além disso, declarou que houve um momento de “canonização” da operação no País, em que qualquer questionamento a ela era considerado “antirrepublicano”, disse, em entrevista à Célia Froufe, do Estado de São Paulo.

O ministro destacou, ainda, que a lei de abuso de autoridade é uma das coisas nas quais o Brasil precisa “pensar” para os próximos anos. “Em um momento houve a canonização da Lava Jato. Então, qualquer decisão contra a ação do (juiz Sergio) Moro era considerada antirrepublicana, antipatriótica ou ‘antiqualquercoisa’, o que é uma bobagem”.

Gilmar está na capital inglesa para participar de um seminário na Universidade de Londres e no qual falou sobre os 30 anos da Constituição brasileira. “A Lava Jato começou a pensar que era uma entidade, quis legislar, mudar habeas corpus e outras coisas. Depois se viu que eles eram suscetíveis a problemas sérios e que a corrupção estava ali perto, como o caso (do ex-procurador Marcello) Miller”, afirmou Gilmar, em referência ao ex-procurador da República que, na semana passada, se tornou réu por supostamente atuar como advogado do Grupo J&F quando ainda integrava o Ministério Público Federal.

O ministro também criticou procedimentos adotados pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal não só na Lava Jato como também na Carne Fraca e Satiagraha – operações em que foi questionado por ter revogado decisões expedidas pela primeira instância. Sobre isso, Gilmar disse estar “muito tranquilo”. “Nunca houve uma decisão minha que não fosse confirmada pela turma ou pelo pleno”.

O magistrado defendeu a reformulação da lei que trata de abuso de autoridade no País. Neste caso, fez referência ao trabalho do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, responsável pela negociação e assinatura de acordos de delação premiada de ex-executivos do Grupo J&F, material que fundamentou duas denúncias contra Michel Temer.

“O doutor Janot, de fato, queria derrubar o presidente para isso? Então foi a primeira tentativa de golpe que se fez em 30 anos vinda não de militares”, disse Gilmar. “Não estou falando que não é para investigar, não. Agora, faça direito”, afirmou. “Isso é também uma coisa na qual precisamos pensar para os próximos 30 anos: lei de abuso de autoridade, responsabilidade”, afirmou.
 
 
Fonte: JL/Revista Fórum
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/07/18, 07:43 | ESPORTE - Copa do Mundo: Bélgica vence Inglaterra e é a terceira colocada
13/07/18, 20:18 | REPORTAGEM - Mino revela como FHC amealhou fabulosa fortuna em terras
13/07/18, 20:06 | POLÊMICA - De novo, em Lisboa, Gilmar Mendes é hostilizado: 'Aquele lixo de país que você fez'
13/07/18, 19:51 | DECISÃO - Justiça do Piauí autoriza leilão da distribuidora da Eletrobras no Estado
13/07/18, 19:46 | ENSINO - Brasileiros ganham medalhas em Olimpíada Internacional de Matemática
13/07/18, 15:33 | COPA - Neymar parabeniza Mbappé e Rakitic: ‘Gostaria de estar em campo com vocês’
13/07/18, 15:15 | MUNDO - Balão do ‘bebê Trump’ é usado em protestos no centro de Londres
13/07/18, 14:53 | POLÍTICA - Marun: Aliados do governo terão de entregar cargos se apoiarem Ciro
13/07/18, 14:02 | INTERNACIONAL - Missão brasileira vai aos EUA tratar de crianças separadas dos pais
13/07/18, 13:53 | CRIME - Acusado de estuprar enteada é condenado a 12 anos de prisão no Piauí
13/07/18, 13:43 | VITÓRIA POPULAR - Primeira Política Nacional de Vigilância à Saúde é aprovada por unanimidade
13/07/18, 13:36 | ECONOMIA - Com Temer, renda e contribuição de autônomos à Previdência despencam
13/07/18, 13:09 | SAÚDE PÚBLICA - Dengue já matou 77 pessoas no Brasil este ano
13/07/18, 13:01 | DESCASO - Advogados pressionam Cármen a pautar prisão após 2ª Instância
13/07/18, 12:58 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Justiça libera ex-ministro Henrique Alves da prisão domiciliar
13/07/18, 12:47 | CRITÉRIO - Juiz que aprendeu Passaporte de Lula é o mesmo que absolveu Geddel
13/07/18, 12:17 | CRIME - Vereadores denunciam descaso e improbidade do prefeito Ronaldo Gomes na Saúde de Luzilândia
12/07/18, 19:50 | SERVIÇO - Polícia europeia lança jogo inspirado na Copa para capturar fugitivos
12/07/18, 19:45 | VISITA - No Rio, Malala comemora 21º aniversário no Pão de Açúcar
12/07/18, 19:42 | MERCADO DE TRABALHO - Capacitação profissional chega a vários bairros de Teresina
12/07/18, 15:59 | ESPORTE - Mbappé deixa Neymar para trás na preferência do torcedor do Real
12/07/18, 15:54 | MUNDO - ONU Mulheres escolhe jogadora Marta como embaixadora
12/07/18, 15:47 | SAÚDE PÚBLICA - Mais de 6 milhões de pessoas ainda não se vacinaram contra gripe
12/07/18, 15:39 | PRISÃO - STJ recebe mais 264 habeas corpus em favor de Lula
12/07/18, 14:48 | INCIDENTE - Homem incendeia carro parado em motel ao confundi-lo com o da esposa
12/07/18, 14:36 | FUTEBOL - Van Basten ironiza simulações de Neymar: 'Ele faz as pessoas rirem'
12/07/18, 14:23 | JULGAMENTO - Juiz do DF absolve Lula e mais seis em processo sobre obstrução de Justiça
12/07/18, 13:47 | IMBRÓGLIO - Jornalista da Globo diz que Judiciário pode tornar Lula um mártir
12/07/18, 13:30 | ESPORTE - Arthur assina contrato e é apresentado no Barcelona: "Dia mais feliz da minha vida"
12/07/18, 12:35 | VIOLÊNCIA - No Rio sob intervenção militar, 60 policiais assassinados
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site