CBN - A rádio que toca notícia

CAMPANHA SUJA

Aécio usou robôs e 699 perfis falsos para atacar Dilma em 2014

A partir do segundo semestre de 2014, tuítes pró-Aécio, num característico comportamento de robô, passaram a ser disparados de maneira repetitiva e simultânea em horários programados

14/04/18, 07:54
Nome brasileiro, fundo russo – Perfil falso em nome de Amilcar Hilbert. Atrás da foto, é possível ver a Praça Vermelha, em Moscou. A imagem foi retirada de sites de busca russos (Reprodução/Twitter)
E
les passaram por aqui também. Pesquisa produzida pela Fundação Getulio Vargas (FGV) concluiu que robôs criados possivelmente na Rússia atuaram na campanha presidencial de 2014 em prol do então candidato pelo PSDB, Aécio Neves.
 
Os robôs, ou bots, no jargão da internet, são programas de computador formatados para automatizar determinados procedimentos — nesse caso, o de publicar tuítes favoráveis ao tucano.
 
Para atuar nas redes sociais, esses bots, como é costume, apresentavam-se com perfis falsos — pesquisadores detectaram pelo menos 699 na campanha de Aécio. Destes, 24 tinham um padrão curioso: usavam nomes brasileiros, como Wesley Rodrigues e Alberto Muniz, mas vinham acompanhados de imagens coletadas de websites russos, memes e banners em língua russa. “Diversos indícios nos levam a crer que essas contas eram controladas por usuários na Rússia e no Leste Europeu, contratados para prestar serviços a agências e empresas brasileiras”, afirmou a VEJA o pesquisador da FGV Amaro Grassi. A assessoria de Aécio afirmou que “não usou robôs nem autorizou que qualquer empresa ou pessoa o fizesse” e que, pelo contrário, foi vítima de bots que atuaram pela campanha da sua adversária, Dilma Rousseff.
 
A partir do segundo semestre de 2014, tuítes pró-Aécio, num característico comportamento de robô, passaram a ser disparados de maneira repetitiva e simultânea em horários programados. Mostravam, por exemplo, o então candidato envolto na bandeira do Brasil ou dizendo estar 12 pontos à frente de Dilma Rousseff em Minas Gerais. Os perfis com digitais russas foram criados praticamente na mesma data, em 2 e 3 de agosto de 2013, e cessaram as atividades entre outubro e novembro de 2014, períodos que coincidem com o primeiro e o segundo turno das eleições. Nesse tempo, geraram um total de 14 400 publicações, uma média de 600 por perfil.
 
Fonte: JL/Revista Veja
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
11/10/18, 19:38 | ARTIGO - Educando filhos em tempos de cólera
11/10/18, 19:25 | ARTIGO - Grande mídia está com as mãos ensanguentadas
11/10/18, 19:17 | ARTIGO - “Fake News”, arma de guerra em mãos covardes
11/10/18, 17:07 | ANÁLISE - Casos de violência mancham campanha eleitoral de Bolsonaro
11/10/18, 16:54 | ANÁLISE - Vitória de Bolsonaro poderá provocar 'banho de sangue' nas periferias”
11/10/18, 16:48 | CAMPANHA ELEITORAL - Haddad recebe ato de apoio e defende reformas bancária e tributária
11/10/18, 16:42 | POLÊMICA - Filha de Temer declara apoio a Haddad no segundo turno
11/10/18, 16:37 | INTERNACIONAL - Cerca de 821 milhões de pessoas passam fome no mundo
11/10/18, 16:34 | CRIME - Identificados 5 suspeitos de ligação com agressores de jovem por simpatizantes de Bolsonaro
11/10/18, 16:28 | ECONOMIA - Mais de 62 milhões de brasileiros estão negativados, aponta SPC
11/10/18, 16:22 | POLÍTICA - Propaganda eleitoral no 2º turno para presidente começa nesta sexta
11/10/18, 16:20 | PROPINA - Tribunal Federal concede habeas corpus e manda soltar ex-governador do PSDB
11/10/18, 15:47 | CRIME - Servidora pública é espancada em PE após criticar Bolsonaro
11/10/18, 00:43 | POLÍTICA - Bolsonaro diz que não tem controle sobre atos violentos de apoiadores
11/10/18, 00:40 | POLÍTICA - Haddad recebe carta de “apoio e apreço” de integrantes do PSDB
11/10/18, 00:08 | PESQUISA - DATAFOLHA: Do 1º para o 2º turno, Bolsonaro conquistou 12%; Haddad 13%
10/10/18, 16:51 | INVESTIGAÇÃO - Ex-governador do PSDB é preso pela PF por propina de R$ 12 milhões
10/10/18, 16:21 | ELEIÇÕES - Haddad defende união e diz estar aberto ao diálogo com militares
10/10/18, 16:15 | CAMPANHA - Caso Marielle Franco é destaque em campanha global de direitos humanos
10/10/18, 16:09 | POLÍTICA - Estudante da UFPR é agredido a garrafadas por apoiadores de Bolsonaro
10/10/18, 14:40 | SEGUNDO TURNO - 'Todos pelo Brasil': Campanha de Haddad troca vermelho pelas cores da bandeira
10/10/18, 13:58 | CLIMA TENSO - Médica rasga receita de paciente que votou em Haddad
10/10/18, 13:49 | CONFRONTO - Haddad ataca Bolsonaro: ‘Defende torturador e conta mentiras’
10/10/18, 13:43 | CRIMES - 23 parlamentares envolvidos na Lava Jato perdem o foro privilegiado
10/10/18, 13:29 | REPÚDIO - Em show, Roger Waters lista Bolsonaro como neofascista
10/10/18, 13:22 | SEGUNDO TURNO - ‘Vou à enfermaria em que ele estiver’, diz Haddad sobre debate com Bolsonaro
10/10/18, 13:15 | SEGUNDO TURNO - Saiba quais partidos já anunciaram apoio a Bolsonaro ou Haddad no 2º turno
10/10/18, 10:32 | POLÍTICA - Noblat denuncia campanha de perseguição da Record e Band contra Haddad
10/10/18, 10:23 | POLÍTICA - CNBB pede voto em candidatos democráticos e não violentos
10/10/18, 10:15 | ELEIÇÕES 2018 - Estado com maior população de negros elege primeira deputada negra
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site