CBN - A rádio que toca notícia

IMBRÓGLIO

Família de Emilly é convocada para prestar depoimento em inquérito da PM-PI

Família recebeu intimação para depor, enquanto policiais militares que participaram de abordagem não depuseram para a Polícia Civil. Polícia Militar defende procedimento como necessário

11/01/18, 10:21

M

esmo depois que o inquérito que apura a morte da menina Emilly Caetano da Costa, de 9 anos, foi entregue para o Ministério Público do Piauí (MP-PI) a família da criança é procurada para depor, nesse caso no Inquérito Policial Militar (IPM) realizado pela Polícia Militar sobre a abordagem realizada pelos policiais militares. O cabo Francisco Venício e o soldado Aldo Dornel não prestaram depoimento no inquérito realizado pela Polícia Civil.

O advogado da família esteve nesta quarta-feira (10) na Delegacia de Homicídios para denunciar a presença diária de policiais militares na cada família para intimar os pais a comparecerem a Corregedoria da polícia para depor sobre o caso. "Como se não bastasse a tormenta e a tortura psicológica que toda a família passou continua diariamente recebendo em sua porta, mesmo com a negativa, pessoas fardadas insistindo em falar com familiares", disse Andréa Magalhães, presidente do Sindicato dos Delegados do Piauí.

Até agora nenhum dos envolvidos prestou depoimento, mesmo com a convocação enviada pela Delegacia de Homicídios no dia 26 de dezembro, um dia depois da abordagem que terminou com a morte da menina Emilly Caetano. O pedido foi negado pela Polícia Militar do Piauí (PM-PI), assim como não foi apresentado o livro em que foi registrada a ocorrência de perseguição a um carro parecido com o que estava a família, vítima dos tiros.

De acordo com a relações públicas da Polícia Militar os inquéritos tramitam de modo paralelo, mesmo com a suspensão da portaria e por isso a necessidade de ouvir a família da menina.

Morte com dois tiros

A menina Emilly Caeteano da Costa foi atingida por dois tiros no dia 25 de Dezembro, na Zona Leste de Teresina. A criança hegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu e veio a óbito. A mãe de Emilly, Daiane Caetano, foi atingida com um tiro no braço. O pai de Emilly, Evandro Costa perdeu a audição e está com uma bala alojada.

Os policiais militares que participaram da ocorrência, soldado Aldo Barbosa Dornel e cabo Francisco Venício Alves, foram autuados pela Corregedoria da Polícia Militar, e estão presos no Presídio Militar. Após um impasse na invetigação, já que no dia que o crime aconteceu a Polícia Militar baixou uma portaria informando que crimes praticados por militares deveria ser investigado pela polícia judiciária militar, a Polícia Civil ficou responsável pela investigação.

Entre os possíveis crimes imputados aos policiais estão homicídio e fraude processual.

Fonte: JL/G1PI
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
16/01/19, 13:27 | EFEITO REBOTE - Comunidade jurídica diverge quanto à eficácia de decreto de armas
16/01/19, 12:41 | VIOLÊNCIA - Após decreto, interesse por armas cresce em lojas, mas preço assusta
16/01/19, 12:35 | ENTREVISTA - Autor do texto, Moro minimiza alteração no decreto de armas
16/01/19, 12:22 | ENTREVISTA - CEARÁ: Moro disse que 'seria apropriado' enquadrar como terrorismo
16/01/19, 11:58 | POLÊMICA - Após flexibilização da posse, bancada da bala no Congressso quer facilitar o porte de armas
16/01/19, 11:55 | SALÁRIO EXTRA - Presidente Bolsonaro recebeu R$ 33,7 mil de auxílio-mudança três dias antes da posse
16/01/19, 11:52 | CRIMINALIDADE - Governo Bolsonaro pretende anistiar 8 milhões de armas irregulares
16/01/19, 10:52 | FESTIVIDADES - Prefeitura de Teresina lança edital para 8º Concurso de Músicas Carnavalescas
16/01/19, 10:49 | EDUCAÇÃO - Estudantes de Teresina conquistam 16 medalhas na Olimpíada de Matemática 2018
16/01/19, 10:44 | EDUCAÇÃO - Prefeito de Teresina e secretário empossam equipes gestoras nas unidades de ensino
15/01/19, 22:28 | POLÍTICA - LULA: 'Era melhor ter armado a população com carteira de trabalho e livros'
15/01/19, 22:25 | POLÊMICA - Armar a população é inconstitucional e mergulhará o país num 'faroeste'
15/01/19, 22:05 | CRIMINALIDADE - Deputada comemora decreto das armas com vídeo em que atira com pistola e fuzil
15/01/19, 21:57 | POLÊMICA - Governador do Maranhão: Decreto de Bolsonaro é uma 'gambiarra jurídica' que vai aumentar mortes por 'conflitos pessoais'
15/01/19, 21:54 | VIOLÊNCIA - "Aposta enganosa", diz O Globo sobre liberar armas para combater violência
15/01/19, 21:51 | CRIME - Cerca de cinco veículos clonados são apreendidos a cada mês no Piauí, diz Polinter
15/01/19, 18:23 | SAÚDE - Cirurgia de Bolsonaro será realizada no dia 28 de janeiro em SP
15/01/19, 18:17 | PREVIDÊNCIA - Bolsonaro e 141 ex-deputados podem se aposentar com R$ 33,7 mil
15/01/19, 18:10 | VIOLÊNCIA - Após 13 dias, Ceará tem primeira madrugada sem ataques
15/01/19, 14:49 | POLÊMICA - Perguntas e respostas sobre o decreto das armas de Bolsonaro
15/01/19, 14:41 | VIOLÊNCIA - Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo
15/01/19, 14:27 | ECONOMIA - Cerca de 62,6 milhões de brasileiros fecharam 2018 com o nome sujo
15/01/19, 13:25 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisas: 53,2% dos brasileiros querem fim da reeleição presidencial
15/01/19, 13:17 | DECRETO - Posse de armas facilitado vai valer em todas as cidades, diz ministro
15/01/19, 13:13 | ECONOMIA - Restituição do Imposto de Renda começa a pagar hoje R$ 667 milhões
15/01/19, 12:47 | JUSTIÇA - Presidente do STJ regulamenta auxílio-moradia a juízes federais
15/01/19, 12:38 | VIOLÊNCIA - Bolsonaro assina decreto que flexibiliza a posse de armas
15/01/19, 11:53 | GOVERNO - Bolsonaro faz terceira reunião ministerial em duas semanas
15/01/19, 11:32 | AÇÃO JUDICIAL - Juiz manda intimar prefeito de Luzilândia sobre atraso de salários e 13º
15/01/19, 10:49 | PROPOSTA - Prefeito de Luzilândia tenta fazer acordo para pagar 13º salário da Educação em seis parcelas
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site