CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÕES

Ações de Temer e de políticos podem comprometer Lava Jato

A tentativa de dificultar punição a políticos também tem partido do Poder Executivo

12/11/17, 09:07
 
O
presidente Michel Temer conseguiu barrar o prosseguimento das denúncias contra ele e alimentou as esperanças de políticos aliados ao governo. Agora, segundo destaca a reportagem do G1, deputados se organizam para discutir o projeto que altera a lei do abuso de autoridade. A estratégia é promover ações que comprometam as investigações de combate à corrupção.

O Ministério Público avaliou que alguns artigos da proposta ameaçam a independência de promotores e procuradores, e podem dificultar investigações como as da Operação Lava Jato.

Além deste, outro projeto em análise na Câmara quer proibir que pessoas que estejam presas façam acordo de delação premiada.

Também nessa semana, líderes de 15 partidos assinaram um requerimento pra dar urgência à votaçao de um projeto que questiona o alcance da Lei da Ficha Limpa. Se o texto for aprovado, a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que entendeu que a lei pode ser aplicada a crimes de abuso de poder economico cometidos antes, perderá o efeito.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) considera que as propostas são uma reação contra o combate à corrupção no país. "A ampla coalização formada por partidos no Congresso Nacional mostra duas coisas: primeiro que o Congresso Nacional perdeu qualquer pudor em tentar reverter os avanços de combate à corrupção que já existia no país. E em segundo lugar, que existe uma ofensiva pró-crime e pró-impunidade no Congresso Nacional e em outros poderes da República", disse o senador.

A tentativa de dificultar punição a políticos também tem partido do Poder Executivo. A reportagem destaca que a nova nomeação do diretor-geral da Polícia Federal foi vista com desconfiança até mesmo dentro da corporação. O nome de Fernando Segóvia não teve apoio do ministro da Justiça, mas sim de políticos do PMDB investigados na Lava Jato.

No entanto, o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª região, Carlos Eduardo Thompson, disse não acreditar em uma mudança de rumo das investigações sobre corrupção no país. "O país não aceitaria, eu nem estou presumindo determinados objetivos, digamos assim, mas o país não aceitaria nenhum retrocesso nesse ponto. Então eu acredito que temos que confiar nessas instituições. Teremos eleições, certamente as mais importantes dos últimos anos, e o país estará muito vigilante nisso", disse.

Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
07/12/18, 14:28 | CRIMINALIDADE - Doze pessoas são mortas durante tentativa de assalto a banco no Ceará
07/12/18, 13:31 | PROPOSTA - Teresina será a primeira cidade do país a ter um Observatório da Violência contra a Mulher
07/12/18, 13:08 | POLÍTICA - Tereza Cruvinel: Bolsonaro vai apenas reinventar o fisiologismo e a corrupção
07/12/18, 12:51 | POLÍTICA - Filhos de Bolsonaro podem desestabilizar futuro governo
07/12/18, 12:02 | INVESTIGAÇÃO - Coaf chega em movimentação suspeita de ex-assessora de Bolsonaro
07/12/18, 11:48 | CULTURA - Fortaleza tenta se firmar como capital nacional da fotografia
07/12/18, 10:35 | ACUSAÇÃO - Advogado chama juiz de 'depravado' e 'Capitão Gay' em ação
07/12/18, 09:38 | SORTE - Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
07/12/18, 09:00 | SAÚDE - Dezembro Laranja quer conscientizar para prevenção ao câncer de pele
07/12/18, 08:57 | RELATÓRIO - Mais de 1,3 milhão de pessoas no mundo morrem anualmente no trânsito
06/12/18, 22:41 | POLÍTICA - Em 1ª entrevista, Lula diz que Moro fez política e se beneficia disso
06/12/18, 22:35 | INVESTIGAÇÃO - Irmãos Bolsonaro prestaram homenagens a ex-assessor com conta suspeita
06/12/18, 22:19 | ARTIGO JURÍDICO - O dever do juiz diante da lacuna ou obscuridade da lei
06/12/18, 22:12 | INVESTIGAÇÃO - Movimentação financeira suspeita envolve filho e esposa de Bolsonaro
06/12/18, 22:01 | PESQUISAS - Doze pesquisadores brasileiros estão entre os mais influentes do mundo
06/12/18, 14:25 | VIOLÊNCIA - Homem surdo entrega bilhete em posto anunciando assalto
06/12/18, 14:21 | INDICADORES - Fernando Brito: a dor dos pobres não sai nos jornais
06/12/18, 14:01 | INDICADORES - Mello Franco: tem brasileiro sobrevivendo com R$ 7 reais por dia
06/12/18, 13:33 | ESPORTE - Pelé fala sobre seu estado de saúde e afirma que tem 'receio de morrer'
06/12/18, 13:15 | VIOLAÇÕES - Relatório traz panorama das violações de direitos humanos no Brasil
06/12/18, 13:11 | TRANSIÇÃO - Futuros ministros mostram desenho de estrutura para Bolsonaro
06/12/18, 13:06 | LEGISLAÇÃO - Senador propõe aumentar pena para maus-tratos conta animais
05/12/18, 22:11 | VIOLÊNCIA - Bolsonaro parabeniza policial por matar homem que fez idosa refém no Rio
05/12/18, 21:49 | LEGISLAÇÃO - Comissão especial da Câmara aprova proposta de nova Lei das Licitações
05/12/18, 21:46 | POLÍTICA - Câmara aprova projeto que amplia possibilidade de repasse a municípios
05/12/18, 21:37 | POLÍTICA - Onyx terá de deixar governo se for comprovada ‘ilicitude’, diz Mourão
05/12/18, 21:03 | ARTIGO - O legítimo pecado da impaciência
05/12/18, 18:25 | LUTO - Reis, príncipes, presidentes e ex-presidentes se despedem de Bush
05/12/18, 17:52 | EDUCAÇÃO - MPF quer que estudantes possam recorrer das notas do Enem
05/12/18, 17:48 | DISCURSO - Bolsonaro quer votar reforma da Previdência no primeiro semestre
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site