CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Aécio reconhece que PSDB deve deixar Temer: 'Sairemos pela porta da frente'

Em convenção mineira do partido, senador nega fisiologismo do PSDB

11/11/17, 19:49

O

senador Aécio Neves (MG), presidente afastado do PSDB, reconheceu neste sábado, pela primeira vez, que o destino do partido é deixar o governo do presidente Michel Temer. O tucano pertence ao setor da legenda mais alinhado ao Palácio do Planalto. A afirmação foi feita durante a convenção estadual da sigla em Minas Gerais, que reconduziu o deputado federal Domingos Sávio, aliado do senador, ao comando do PSDB local. Na quinta-feira, Aécio havia destituído o senador Tasso Jereissati (CE), que defende o rompimento com o governo Temer, da presidência interina do partido. O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman assumiu o posto.

Aécio classificou o embate entre os tucanos que defendem a saída do governo e aqueles que resistem à ideia de uma “falsa discussão”. O PSDB ocupa quatro ministérios: Secretaria de Governo (Antônio Imbassahy), Cidades (Bruno Araújo), Relações Exteriores (Aloysio Nunes) e Direitos Humanos (Luislinda Valois). A divisão do partido ficou clara nas votações das duas denúncias contra Temer na Câmara dos Deputados, ocasiões em que a bancada não se posicionou de forma coesa

— Há um convencimento de todos nós de que está chegando o momento de nossa saída — afirmou o senador tucano.

Segundo Aécio, a continuidade do PSDB como base de apoio ao governo Temer não se dá por fisiologismo, mas por apoio ao processo de transição decorrente do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

— Sairemos pela porta da frente, da mesma forma como entramos. Nosso apoio é em torno da agenda de reformas — declarou o mineiro.

Aécio afirmou que, a partir de consenso interno, uma data será definida para que o PSDB deixe o governo. Para o senador, a possível saída da sigla do governo é fruto do momento, já que o PSDB terá candidato nas próximas eleições.

— A saída do governo deve ser definida rapidamente pelos nossos candidatos e ministros, mas não trazemos esta falsa discussão para a convenção — declarou Aécio.

Perguntado sobre sua candidatura para 2018, Aécio afirmou que, sem dúvida, estará nas urnas, mas não deixou claro qual papel irá desempenhar:

— No momento, meu papel é de fortalecer o partido, também de ajudar Minas — destacou ao ser perguntado sobre nova candidatura ao Senado ou ao governo de Minas Gerais.

CRÍTICA AOS CABEÇAS PRETAS

Não há dúvida de que Aécio desembarcou em Minas, pela primeira vez para um compromisso político no estado após os áudios da JBS virem à tona, para retomar o lugar de liderança no PSDB, dado o tom de sua fala a respeito das atuações dos grupos identificados internamente como "cabeças brancas" — os tucanos tradicionais, fundadores do partido — e os chamados "cabeças pretas" — jovens políticos como o deputado Daniel Coelho (PE), candidato à prefeitura de Recife nas eleições de 2012 e que contou com o apoio do senador mineiro. Vale lembrar que Coelho, hoje, faz parte do grupo de apoio a Tasso Jereissati.

— Não vejo o mesmo ímpeto de alguns chamados "cabeças pretas" em defenderem a saída abrupta, pirotécnica do governo, para defenderem as reformas, em especial a da Previdência — declarou o senador.

DESTITUIÇÃO DE TASSO EM PAUTA

Na convenção estadual realizada neste sábado, o PSDB de Minas reconduziu o deputado federal Domingos Sávio à presidência da sigla no estado. Como havia uma única chapa, a manutenção do parlamentar no comando dos tucanos mineiros é fruto de consenso. No encontro, Aécio voltou a se manifestar sobre a destituição de Tasso Jereissati do comando do partido.

— Ao indicar Tasso à presidência interina do partido o fiz porque ele não era candidato à reeleição. A partir do momento em que ele mudou de opinião, e é legítimo que o faça, o que me parecia natural, ético e correto era que se afastasse para que houvesse isonomia para a disputa. Ele não o tendo feito, assumi esta responsabilidade. E no momento em que o senador Tasso assume sua candidatura, tomei a decisão de indicar alguém acima de qualquer suspeita, cuja imparcialidade é reconhecida por todos — afirmou Aécio, referindo-se à indicação do paulista Alberto Goldman, vice-presidente nacional do PSDB, para assumir interinamente a presidência do PSDB até dezembro, quando será realizada a Convenção Nacional.

Os deputados federais do PSDB que fazem parte do grupo conhecido como "cabeças pretas" criticaram a destituição de Tasso. O deputado Daniel Coelho afirmou que a medida foi uma “intervenção de Temer”. Os aliados de Tasso se reuniram com ele em seu gabinete.

“Aécio acaba de destituir Tasso da presidência do PSDB. Vergonha!!!!! Intervenção de Temer e aliados”, publicou o parlamentar em sua conta no Twitter. “Tasso não se curvou a Temer, Aécio, Bruno Araújo e outros, foi chutado. Vergonha!!!!! Nojo!!!!!”, acrescentou.
Fonte: JL/OGlobo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
13/09/18, 17:09 | POLÍTICA - "É instinto de sobrevivência", diz Alckmin sobre traições de aliados
13/09/18, 14:07 | ELEIÇÕES 2018 - 'Sem Bolsonaro, não temos essa capacidade de levar milhões às ruas', diz aliado
13/09/18, 12:46 | DESENTENDIMENTO - Irritado com Doria, Temer prepara uma ‘surpresa’ para o tucano
13/09/18, 12:42 | JUDICIÁRIO - Dias Toffoli toma posse na presidência do Supremo Tribunal
13/09/18, 12:32 | ELEIÇÕES - Bolsonaro repassa doações eleitorais para campanha do filho
13/09/18, 12:13 | PESQUISAS - Agressividade de Ciro, Marina e Alckmin reflete situação ruim
13/09/18, 12:09 | ENTREVISTA - Líder tucano assume culpa: foi erro embarcar no governo Temer
13/09/18, 12:02 | POLÍTICA - Aliados não sabem se Bolsonaro fará campanha no 2º turno
13/09/18, 11:45 | SABATINA - “Se Bolsonaro ganhar, choro e saio da política”, declara Ciro Gomes
13/09/18, 11:39 | PESQUISA - Associado diretamente a Lula, Haddad soma 22% e ultrapassa Bolsonaro
12/09/18, 23:17 | POLÊMICA - Ciro afirma que prenderia e demitiria General Villas Boas, comandante do Exército
12/09/18, 23:12 | OPINIÃO - 'Decisão do STF sobre Bolsonaro legitima o racismo no Brasil', diz professo
12/09/18, 22:22 | ENRIQUECIMENTO ILÍCITO - Ministério Público denuncia 'racha' de salários na Prefeitura de Luzilândia
12/09/18, 22:15 | DECISÃO - Por 9 votos a 2, Supremo não reconhece ensino domiciliar
12/09/18, 22:01 | PESQUISA - Dilma amplia vantagem na liderança da corrida ao Senado, mostra Ibope
12/09/18, 21:42 | INVESTIGAÇÃO - JBS diz ter pago R$ 70 mi em propina acertada com governador do MS
12/09/18, 21:39 | PROPINA - Fachin dá 15 dias para PGR se posicionar sobre Temer e ministros
12/09/18, 21:32 | ELEIÇÕES - 'Estão com medo de um vice?', diz Haddad sobre ataque de adversários
12/09/18, 18:04 | INVESTIGAÇÃO - Sérgio Moro bloqueia R$ 50 milhões de envolvidos na corrupção do PSDB no Paraná
12/09/18, 17:42 | SAÚDE PÚBLICA - Brasil tem 1,6 mil casos de sarampo confirmados, a maioria no Amazonas
12/09/18, 17:39 | VIOLÊNCIA - Programa de destruição de armas obtidas pelo Judiciário é prorrogado
12/09/18, 17:33 | EDUCAÇÃO - MEC divulga vencedores de etapa do Prêmio Professores do Brasil
12/09/18, 12:06 | ELEIÇÕES - Os bilionários e milionários do Brasil já admitem abertamente: Haddad é o favorito para a Presidência
12/09/18, 11:41 | ELEIÇÕES 2018 - 'Globo requenta delação de Palocci para interferir nas eleições', denuncia Dilma
12/09/18, 11:37 | ELEIÇÕES 2018 - Datafolha: transferência de votos do ex-presidente Lula para Fernando Haddad segue em alta
12/09/18, 11:15 | POLÍTICA - “Haddad será meu representante nessa batalha”, diz Lula em “Carta ao Povo”
12/09/18, 08:35 | CRIME - Mourão sobre atentado: 'Este troço já deu o que tinha que dar'
12/09/18, 08:25 | MOVIMENTO - Mulheres mobilizam manifestações em todo o País contra Bolsonaro
12/09/18, 08:16 | POLÊMICA - Promotores que 'requentam' denúncias podem ser investigados
11/09/18, 23:00 | ELEIÇÕES 2018 - Novo programa do PT já coloca Haddad como candidato e denuncia golpe contra Lula
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site