CBN - A rádio que toca notícia

PESQUISA

CUT/Vox Populi: Reforma trabalhista é rejeitada por 81% dos brasileiros

Levantamento feito em todo o país mostra reprovação generalizada à nova lei. Centrais e movimentos sociais fazem jornada de protestos nesta sexta-feira

10/11/17, 10:53

desaprova.jpg

 
A
nova legislação trabalhista, que entra em vigor a partir deste sábado (11), tem a desaprovação de 81% dos brasileiros. A ampla maioria, 67%, considera que a “reforma” só é boa para os patrões e outros 15%, que não é boa para ninguém. Os números foram levantados por pelo instituto Vox Populi a pedido da CUT, em pesquisa realizada entre 27 e 31 de outubro. Apenas 6% aprovam as mudanças contidas na Lei 13.467, 5% não aprovam nem desaprovam e 8% não sabem ou não responderam.

A CUT orientou sindicatos em todo o país a desencadear campanha para colher assinaturas em apoio a um projeto de lei de iniciativa popular que anule os efeitos da "reforma". Oito centrais sindicais e movimentos sociais realizam nesta sexta-feira (10) uma jornada nacional de protestos contra as reformas do governo Temer que retiram direitos trabalhistas, preparam bancos e empresas públicas para privatizações e desnacionalizam recursos do pré-sal. A revogação da medidas do atual governo é também a principal bandeira de campanha de três pré-candidatos à presidência: Lula (PT), Ciro Gomes (PDT) e Manuela D'Ávila (PCdoB).

A “reforma” trabalhista encaminhada por Temer e aprovada pelo Congresso Nacional alterou mais de 100 itens da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Entre as mudanças, estão negociações individuais entre patrões e empregados, sem a presença do sindicato, para assinar acordos de demissão, jornada de trabalho, banco de horas, parcelamento de férias e intervalos para amamentação. Outra novidade é a legalização do contrato de trabalho sem vínculo, sem direitos e garantias, chamado de trabalho intermitente. O trabalhador só trabalha quando for chamado pelo patrão, e recebe de acordo com as horas de serviço prestadas. Não há garantia nenhuma de que será chamado a trabalhar.

O maior índice de rejeição encontrado na pesquisa CUT/Vox foi registrado no Sudeste (89,%). No Nordeste, a rejeição às mudanças é de 81%; no Centro-Oeste/Norte, 78%; e, no Sul, 60%. “Quanto mais se informam sobre a reforma, mais os trabalhadores rejeitam as mudanças na CLT que o empresariado mais conservador e ganancioso mandou Temer encaminhar para aprovação no Congresso”, diz o presidente da CUT, Vagner Freitas. “A lei legaliza o bico, dá segurança jurídica para os maus empresários explorarem trabalhadores.”

A nova rodada da pesquisa CUT-VOX foi realizada em 118 municípios. Foram entrevistados 2 mil pessoas com mais de 16 anos de idade, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, em todos os segmentos sociais e econômicos. A margem de erro é de 2,2%, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/02/18, 17:31 | CRIMINALIDADE - Temer determina envio de força-tarefa ao Ceará para combater crime organizado
18/02/18, 17:19 | VIOLÊNCIA - Policial militar de folga e mais duas pessoas são mortas em tiroteio no Rio
18/02/18, 16:34 | PROFISSÃO - No PI, menina que sonha em ser PM se emociona com surpresa de aniversário
18/02/18, 13:34 | SAÚDE - Hospital de Luzilândia recebe equipamentos e autorização para reforma de quase R$ 5 milhões
18/02/18, 12:47 | CARNAVAL - Vampirão da Tuiuti é proibido de desfilar com faixa que 'homenageia' Temer
18/02/18, 12:43 | POLÊMICA - Dieese: gestão da Previdência passa por revogação da reforma trabalhista
18/02/18, 12:21 | JUDICIÁRIO - Supremo Tribunal Federal já acumula 18 ações contra reforma trabalhista de Temer
18/02/18, 11:52 | CRÍTICA - Bispo critica intervenção que “avilta militares e traz sofrimento aos pobres e negros”
18/02/18, 11:49 | CORRUPÇÃO - Fernando Horta: se não derem imunidade que Temer quer, ele não permitirá eleições
17/02/18, 23:06 | ARTIGO - A inconstitucionalidade da intervenção no Estado do Rio
17/02/18, 22:47 | POLÊMICA - GOVERNADOR DO MARANHÃO: governo Temer pode gerar um caos jurídico
17/02/18, 22:32 | INVESTIGAÇÃO - Ex-executivos dizem que pagaram propina para Serra e o PSDB: R$ 30 milhões
17/02/18, 22:22 | CONTROVÉRSIA - “Se a polícia é corrupta, não se vence a violência”, diz coronel reformado da PM-SP
17/02/18, 22:16 | OPINIÃO - “A intervenção é grosseiramente inconstitucional”, diz doutor em Direito
17/02/18, 22:04 | INTERVENÇÃO - Reunião de Temer e Pezão não teve resultado concreto
17/02/18, 21:47 | POLÊMICA - Intervenção militar no RJ é comandada por um chefe de quadrilha, diz Dudivier
17/02/18, 16:32 | POLÊMICA - Ala do Supremo vê falhas e critica intervenção
17/02/18, 16:11 | REPERCUSSÃO - Imprensa francesa mostra a manobra política de Temer com a intervenção no Rio
17/02/18, 16:05 | OPINIÃO - Ciro sobre intervenção no Rio: “Duvido muito que possa dar certo”
17/02/18, 15:52 | ENTREVISTA - Requião: intervenção pode ser o prenúncio do fim das eleições
17/02/18, 15:42 | SUSPEITO - Ministério Público abre inquérito para investigar viagens internacionais de Crivella
17/02/18, 15:38 | REUNIÃO - "Tem um fantasma ali que não gosta de mim", diz Rodrigo Maia sobre intrigas no Planalto
17/02/18, 15:30 | DISCURSO - No Rio, Temer anuncia criação de Ministério da Segurança Pública
16/02/18, 23:55 | PARLAMENTO - Câmara marca para segunda votação de decreto sobre intervenção no Rio
16/02/18, 23:47 | CRÍTICA - Requião: intervenção no Rio foi “jogada publicitária” de Temer
16/02/18, 23:40 | REPERCUSSÃO - Pezão diz que intervenção marca o fim de sua carreira política
16/02/18, 22:00 | MINISTÉRIO PÚBLICO - Empresa do Ceará vence licitação de quase R$ 1 milhão em Luzilândia e Procurador Federal da República abre investigação
16/02/18, 21:15 | POLÊMICA - Bolsonaro critica e diz que intervenção militar no Rios serve a um “Bando de Vagabundos”
16/02/18, 20:44 | POLÊMICA - Para parlamentares, intervenção der Temer aprofunda Estado de exceção
16/02/18, 20:38 | POLÊMICA - Intervenção militar em mais nove estados preocupa deputada
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site