CBN - A rádio que toca notícia

INVESTIGAÇÃO

Temer tentou obtruir Justiça com compra de silêncio de Cunha, diz PF

O relatório final da Operação Cui Bono dedica um capítulo inteiro à suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Michel Temer.

13/06/18, 20:52

O

relatório final da Polícia Federal referente a Operação Cui Bono, que investiga irregularidades e desvios na Caixa Econômica Federal na época em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima era vice-presidente de Pessoa Jurídica da instituição, dedica um capítulo inteiro à suspeita de tentativa da compra do silêncio do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Câmara e do doleiro Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do MDB, por parte de Michel Temer.

“Segundo o relatório, ‘no edifício probatório dos autos do inquérito 4483/STF’, da Operação Patmos, ‘foram verificados indícios suficientes de materialidade e autoria atribuível a Michel Miguel Elias Temer Lulia, Presidente da República, no delito previsto no Artigo 2.º, inciso 1, da 12.850/13, por embaraçar investigação de infração penal praticada por organização criminosa'”, diz o documento.

No inquérito, a PF pediu o indiciamento de 16 pessoas suspeitas de terem participado das irregularidades investigadas, dentre elas Cunha, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB-BA), Lúcio Funaro, e executivos dos grupos Marfrig, Bertin e J&F, além do empresário e dono da Gol Linhas Aéreas, Henrique Constantino. Temer é apenas citado no inquérito em virtude de possuir foro privilegiado.

Segundo a PF, Temer teria incorrido no crime de obstrução da Justiça “na medida em que incentivou a manutenção de pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha, pelo empresário Joesley Batista, ao tempo em que deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção de membros da Magistratura Federal e do Ministério Público Federal que lhe fora narrada pelo mesmo empresário”.

Trecho do relatório diz respeito a uma gravação feita por Joesley Batista no dia 7 de março de 2017 durante um encontro com Temer no Palácio do Jaburu, em Brasília. No áudio, Joesley fala de providenciar uma ajuda financeira a Cunha e a Funaro para que eles não firmassem um acordo de delação com o Ministério Público Federal (MPF). Na ocasião, Temer teria avalizado o pagamento ao afirmar que o empresário “tem que manter isso, viu?”.

Temer já foi alvo de duas denúncias da Procuradoria-Geral da República (PGR) que acabaram arquivadas pela Câmara dos Deputados.

Fonte: JL/Estadão
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
13/10/18, 16:15 | INTERNACIONAL - Milhares juntam-se no centro de Berlim contra o racismo e xenofobia
13/10/18, 12:38 | ECONOMIA - Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco
13/10/18, 11:43 | ARTIGO JURÍDICO - Fomento Mercantil-Factoring no ordenamento jurídico nacional
12/10/18, 22:28 | ELEIÇÕES 2018 - Relatos sobre agressões por motivação política crescem nas redes sociais no 2º turno, mostra estudo
12/10/18, 22:00 | O ÓDIO - Tensão política causa cancelamento de festa na Universidade Federal do Piauí
12/10/18, 21:52 | SELEÇÃO BRASILEIRA - Com gol em retorno à Seleção, Gabriel Jesus minimiza ausência nas últimas convocações:
12/10/18, 21:43 | CAMPANHA ELEITORAL - Campanha de Bolsonaro usa a imagem de Moro e ataca ministros do STF
12/10/18, 21:32 | O ÓDIO - Pichação pró-Bolsonaro em cursinho pede a morte de negros e de gays
12/10/18, 21:18 | CRIME - Justiça manda retirar vídeo mentiroso sobre Haddad da página do filho de Bolsonaro
12/10/18, 20:20 | RELIGIOSIDADE - Em celebração em Aparecida, padre pede união do Brasil
12/10/18, 19:50 | POLÍTICA - Empresários e profissionais liberais são maioria na nova Câmara dos Deputados
12/10/18, 19:46 | RELIGIOSIDADE - Belém abre celebrações do Círio de Nazaré
12/10/18, 19:41 | CAMPANHA ELEITORAL - Ministro do TSE manda retirar do ar informações falsas sobre Haddad
11/10/18, 22:49 | POLÍTICA - Haddad diz que se eleito unirá o Brasil por meio do diálogo, 'sem revólver na cintura'
11/10/18, 21:57 | CORRUPÇÃO & PROPINA - PGR denuncia ministro do TCU, seu filho e outros dois por tráfico de influência
11/10/18, 21:53 | PARLAMENTO - Câmara tem 243 deputados novos e 251 reeleitos; renovação foi de 47,3%
11/10/18, 21:29 | CRIME - Conselho do TSE está preocupado com notícias falsas no Whatsapp
11/10/18, 19:38 | ARTIGO - Educando filhos em tempos de cólera
11/10/18, 19:25 | ARTIGO - Grande mídia está com as mãos ensanguentadas
11/10/18, 19:17 | ARTIGO - “Fake News”, arma de guerra em mãos covardes
11/10/18, 17:07 | ANÁLISE - Casos de violência mancham campanha eleitoral de Bolsonaro
11/10/18, 16:54 | ANÁLISE - Vitória de Bolsonaro poderá provocar 'banho de sangue' nas periferias”
11/10/18, 16:48 | CAMPANHA ELEITORAL - Haddad recebe ato de apoio e defende reformas bancária e tributária
11/10/18, 16:42 | POLÊMICA - Filha de Temer declara apoio a Haddad no segundo turno
11/10/18, 16:37 | INTERNACIONAL - Cerca de 821 milhões de pessoas passam fome no mundo
11/10/18, 16:34 | CRIME - Identificados 5 suspeitos de ligação com agressores de jovem por simpatizantes de Bolsonaro
11/10/18, 16:28 | ECONOMIA - Mais de 62 milhões de brasileiros estão negativados, aponta SPC
11/10/18, 16:22 | POLÍTICA - Propaganda eleitoral no 2º turno para presidente começa nesta sexta
11/10/18, 16:20 | PROPINA - Tribunal Federal concede habeas corpus e manda soltar ex-governador do PSDB
11/10/18, 15:47 | CRIME - Servidora pública é espancada em PE após criticar Bolsonaro
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site