CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO & PROPINA

PF pede mais 60 dias de prazo para concluir inquérito sobre Temer, Moreira e Padilha

Investigação foi aberta para apurar se a Odebrecht pagou propina na Secretaria de Aviação Civil quando o MDB comandava a pasta. Pedido será analisado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo

15/05/18, 20:55

A

Polícia Federal pediu nesta terça-feira (15) mais 60 dias para concluir o inquérito que investiga o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Minas e Energia), todos do MDB.

O pedido foi enviado ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso na Corte.

Antes de decidir, Fachin deverá encaminhar o pedido para análise da Procuradoria Geral da República (PGR).

O inquérito apura o suposto de pagamento de propina pela Odebrecht na Secretaria de Aviação Civil quando a pasta foi comandada pelo MDB.

Embora o inquérito tenha sido aberto em março do ano passado, Temer só foi incluído entre os investigados em março deste ano.

Entenda

O caso se refere a um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, em que teria sido acertado o repasse de R$ 10 milhões supostamente ilícito pela Odebrecht ao MDB.

O delator Cláudio Mello Filho, ex-executivo da empreiteira, disse ter participado de um jantar com Padilha, Marcelo Odebrecht e Temer para discutir o assunto. O presidente já admitiu que houve o jantar, mas sempre disse que eles não falaram de valores.

Segundo a Procuradoria Geral da República, integrantes do grupo político liderado por Temer "teriam recebido recursos ilícitos da Odebrecht como contrapartida ao atendimento de interesses da empreiteira pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República".

Inquérito dos portos

Além deste inquérito, Temer é alvo de outra investigação em andamento no Supremo: a que apura o suposto pagamento de propina na edição do decreto dos portos.

A suspeita é que, ao editar o decreto, no ano passado, Temer beneficou a Rodrimar, que atua no porto de Santos (SP). Temer e a empresa negam.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/10/18, 21:15 | CRIME - PDT vai pedir anulação das eleições por fraude de Bolsonaro contra Haddad
18/10/18, 21:08 | CRIME ELEITORAL - Diretor do Datafolha: salto de Bolsonaro nas pesquisas indica fraude
18/10/18, 20:49 | LEVANTAMENTO - Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário
18/10/18, 20:47 | POLÍTICA - Bolsonaro não vai participar de debates com Haddad
18/10/18, 20:43 | CRIME - MPE vai apurar suspeita de doações ilegais à campanha de Bolsonaro
18/10/18, 12:55 | EDUCAÇÃO - Cartões do Enem serão liberados na segunda-feira, dia 22
18/10/18, 12:51 | DIEESE - Pagamento do 13º salário injeta R$ 211,2 bilhões na economia
18/10/18, 12:45 | MOVIMENTO - Com juristas, Haddad chama campanha anti-PT de “tentativa de fraude
18/10/18, 09:44 | FUTEBOL - Cruzeiro 2 x 1 Corinthians: hexacampeão da Copa do Brasil
18/10/18, 09:39 | POLÊMICA - Em casos anteriores, STF suspendeu indiciamento de autoridades pela PF
18/10/18, 08:59 | AGENDA - Dia é de definições para os candidatos à Presidência da República
17/10/18, 19:11 | ECONOMIA - Um em cada três clientes ignora valor da fatura do cartão de crédito
17/10/18, 19:08 | POLÍTICA - Pesquisa constata só 8% de imagens verdadeiras no WhatsApp
17/10/18, 19:04 | BENEFÍCIO - Nascidos em outubro já podem sacar abono do PIS de 2017
17/10/18, 18:47 | JUDICIÁRIO - STF decide que imóveis de programa habitacional não pagam tributos
17/10/18, 16:43 | POLÍTICA - De salto alto, Bolsonaro e filhos já cantam vitória antes da hora
17/10/18, 16:00 | POLÍTICA - Haddad diz que Igreja Universal tem pretensões de governar o país
17/10/18, 15:39 | REAÇÃO - Mais de mil juristas assinam manifesto em apoio a Haddad
17/10/18, 15:33 | AGRESSÃO - Dom Mauro Morelli sobre Bolsonaro: 'Desequilibrado e vulgar'
17/10/18, 15:27 | POLÍTICA - Bancada feminina na Câmara terá maior número da história: 77 deputadas eleitas
17/10/18, 15:20 | PARLAMENTO - Congresso derruba veto de Temer a piso salarial de agentes de saúde
17/10/18, 13:55 | ARTIGO JURÍDICO - A importância da fundamentação para um processo justo
17/10/18, 13:49 | CRIME - Temer recebeu R$ 5,9 milhões em propina do setor portuário, diz PF
16/10/18, 22:01 | INTERNACIONAL - Cerca de 820 milhões de pessoas passam fome no mundo, estima ONU
16/10/18, 21:56 | ELEIÇÕES - Haddad prepara carta a evangélicos e mira ex-petistas de Bolsonaro
16/10/18, 21:50 | PARLAMENTO - Senado rejeita projeto de venda de distribuidoras da Eletrobras
16/10/18, 21:35 | CORRUPÇÃO & PROPINA - PF indicia Michel Temer e filha Maristela por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização crimnosa
16/10/18, 18:19 | PARLAMENTO - Senado aprova MP que trata de dívidas de produtores rurais
16/10/18, 18:15 | POLÍTICA - Comparação de projetos econômicos nivela Bolsonaro ao governo Temer
16/10/18, 17:57 | AMISTOSO - Miranda marca no fim, Seleção vence Argentina, e capitão Neymar levanta seu primeiro troféu
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site