CBN - A rádio que toca notícia

MOVIMENTO

Estados e governo federal vão firmar pacto nacional contra homofobia

Em 2017, Disque 100 recebeu 1.720 denúncias de violações contra LGBTT

15/05/18, 13:24

E

m 2017, o Disque 100, do Ministério dos Direitos Humanos, recebeu 1.720 denúncias de violações contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Do total, 70,8% foram por discriminação. Na seqüência, aparecem violências psicológicas e físicas, com 53,3% e 31,8%, respectivamente.

Na busca pelo fim da violência contra o público LGBTI, o ministério promove até sexta-feira (18) a Semana de Luta contra LGBTfobia, que terá a assinatura de um Pacto Nacional de Enfrentamento.

As atividades marcam também o Dia Internacional de Combate à Homofobia, lembrado no dia 17 de maio. A data foi escolhida em 1990, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a palavra homossexualismo da Classificação Estatística Internacional (CID). A decisão reconheceu que a homossexualidade não pode ser considerada doença, por se tratar de traço da personalidade do indivíduo. No Brasil, somente em 2010, por meio de decreto presidencial, o Dia Nacional de Combate à Homofobia foi oficialmente instituído. A partir daí, estados e municípios iniciaram políticas específicas para intensificar ações de combate à violência, ao preconceito e discriminação.

Durante a semana, haverá uma série de debates sobre políticas públicas de enfrentamento. A abertura está marcada para esta terça-feira (15) quando serão relatadas as ações desenvolvidas. Em seguida, serão apresentados dados a respeito das denúncias de violações de direitos humanos. Conforme o levantamento, 27% das violações ocorrem na casa da vítima.

Para o ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, a semana traz visibilidade à causa. “Precisamos avançar neste assunto. É muito bom que já exista espaço para a população LGBTI na política, mas esse é apenas mais um passo para que seus direitos sejam preservados”, destaca.

Pacto Nacional

Além dos debates, na quarta-feira (16) será assinado o Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência LGBTfóbica. O documento tem como proposta promover e articular ações que combatam à violência, priorizando o respeito à dignidade e diversidade humana.

Nele, estados, Distrito Federal e o governo federal assumem o compromisso conjuntamente enfrentar a violência LGBTfóbica. Uma consultoria especializada, via Nações Unidas, foi contratadar e fez visitas técnicas nas 27 unidades da Federação, que puderam opinar e trazer informações para elaboração do pacto.

Segundo a diretora de Promoção dos Direitos LGBTI do Ministério dos Direitos Humanos, Marina Reidel, a medida “visa unir esforços em todo território brasileiro no combate à violência”

Uma das demandas apresentadas pelos estados é a destinação de recursos para a execução das ações. Com isso, o ministro assinará um edital para seleção de propostas de ações de enfrentamento à violência LGBTfóbica, que serão financiadas pela da Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos, por meio de convênio.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
14/01/19, 22:00 | CRIMINALIDADE - Governador volta a defender "abate de criminosos" no Rio
14/01/19, 21:26 | INUSITADO - Presidente dos Estados Unidos ironiza Presidente do Brasil em discurso
14/01/19, 19:49 | POLÍTICA - Presidente da Venezuela: 'Bolsonaro é o Hitler dos tempos modernos'
14/01/19, 19:45 | ESPORTE - Pelé diz à revista francesa que Mbappé será o próximo rei do futebol
14/01/19, 19:42 | POLÍTICA - Bolsonaro escolhe general para o cargo de porta-voz do governo
14/01/19, 17:45 | DECRETO - Governo editará medidas sobre posse de armas e fraudes na Previdência
14/01/19, 17:41 | ECONOMIA - Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV
14/01/19, 17:35 | VIOLÊNCIA - Ceará convocará militares da reserva para reforçar segurança
14/01/19, 16:48 | PREVIDÊNCIA - Aposentadoria por tempo de contribuição exige 35 anos para homem; 30 de trabalho
14/01/19, 15:46 | POLÍTICA - Equipe de Bolsonaro quer que ele escolha logo um porta-voz
14/01/19, 15:30 | ACIDENTE - Crocodilo de cinco metros devora cientista que tentava alimentá-lo
14/01/19, 15:09 | MOVIMENTO - Em duas semanas, redes sociais destroem aliados e Bolsonaro
14/01/19, 14:51 | IMPROBIDADE - Temer gastou R$ 100 mil para Bruno Barreto gravar fala de 4 minutos
14/01/19, 14:47 | PESQUISA - Datafolha: 84% defendem redução da maioridade penal para 16 anos
13/01/19, 18:12 | CRIMINALIDADE - Governador do Ceará sanciona novas leis para combater violência no Estado
13/01/19, 17:27 | REFORMA - Moro quer enviar ao Congresso proposta de criminalização do caixa 2
13/01/19, 16:52 | INUSITADO - Advogado aparece em foto de bermuda nos corredores do STF
13/01/19, 16:45 | VIOLÊNCIA - Carro da deputada Martha Rocha é alvejado e motorista é baleado
13/01/19, 16:39 | CRIMINALIDADE - Governador do Rio reafirma que criminosos devem ser tratados como terroristas
13/01/19, 16:32 | ARTIGO JURÍDICO - Inventário e Partilha Extrajudicial
13/01/19, 16:26 | VIOLÊNCIA - 'Estão reagindo à aplicação da lei', diz secretário sobre ataques no Ceará
13/01/19, 16:20 | ENSINO - 10 dicas cientificamente comprovadas para melhorar bastante seus estudos
13/01/19, 16:18 | PROPOSTA - Ideia legislativa quer acabar com pagamento de anuidade da OAB
12/01/19, 20:43 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Toffoli passa decisão sobre denúncias contra Temer para Barroso
12/01/19, 20:39 | VIOLÊNCIA - Deputados do Ceará preparam pacote de lei contra crime organizado
12/01/19, 20:34 | INTERNACIONAL - Explosão em padaria de Paris deixa mortos e dezenas de feridos
12/01/19, 17:44 | TERROR - Polícia apreende toneladas de explosivos que seriam usados em ataques no Ceará
12/01/19, 17:20 | VIOLÊNCIA - Decreto pró-arma de Bolsonaro poderá abranger 76% da população
12/01/19, 17:18 | CRIME - Witzel: Prisão dos envolvidos no caso Marielle deve acontecer neste mês
12/01/19, 17:12 | SFT - Toffoli passa decisão sobre denúncias contra Temer para Barroso
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site