CBN - A rádio que toca notícia

PROPINA

Mulher de coronel pagou em dinheiro vivo obra de filha de Temer, diz fornecedor

A operação foi descrita por executivos da empresa na delação premiada que motivou a abertura de inquéritos contra Temer no Supremo Tribunal Federal (STF)

12/04/18, 16:02

A

arquiteta Maria Rita Fratezi, mulher do coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Michel Temer, pagou em dinheiro vivo despesas de reforma na casa de uma das filhas do presidente, segundo relato de um dos fornecedores da obra à Folha de S.Paulo. A Polícia Federal investiga a obra no imóvel da psicóloga Maristela Temer sob a suspeita de que tenha sido bancada com propinas da JBS.

O coronel e a arquiteta foram alvo da Operação Skala, deflagrada em 29 de março, que apura esquema de corrupção para beneficiar empresas do setor portuário com a renovação de concessões públicas. João Batista Lima passou três dias preso enquanto Maria Rita foi chamada a depor. Ambos preferiram ficar em silêncio.
 
De acordo com a reportagem, Piero Cosulich, dono da Ibiza Acabamentos, uma das empresas que entregaram material na residência de Maristela, em Pinheiros, bairro nobre de São Paulo, afirmou à reportagem que Fratezi era quem levava, pessoalmente, o dinheiro na loja.
 
“Foi Maria Rita Fratezi quem fez os pagamentos, em espécie, em parcelas. Os pagamentos foram feitos dentro da loja”, disse ao jornal paulista. “Ela [Maria Rita] vinha fazer o pagamento. Se estava dentro de um envelope, dentro de uma bolsa, não sei te confirmar”, afirmou.
 
Segundo os repórteres Camila Mattoso e Fábio Fabrini, é a primeira vez que um dos envolvidos no projeto aponta publicamente a esposa de Lima como responsável pela entrega de recursos, em espécie, para viabilizar as melhorias no imóvel da psicóloga. Destaca a reportagem:

“A Folha obteve recibo referente a uma dessas prestações, emitido pela Ibiza em 30 março de 2015, no valor de R$ 12.480. O documento está em poder da PF. Embora o pagamento, segundo a empresa, tenha sido feito pela mulher do coronel, o documento está em nome de Maristela.

Além dos repasses em dinheiro vivo a fornecedores, os investigadores consideram relevante o fato de os pagamentos terem ocorrido em período próximo e subsequente ao da suposta entrega de propina, pela JBS, para o coronel.”

A operação foi descrita por executivos da empresa na delação premiada que motivou a abertura de inquéritos contra Temer no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Em depoimento, Florisvaldo Oliveira, ex-funcionário da JBS, disse que levou R$ 1 milhão ao coronel, na sede de uma de suas empresas, a Argeplan, em 2 de setembro de 2014. Os recursos seriam parte de um total de R$ 15 milhões em doações de campanha, supostamente acertados com Temer”, lembra a Folha. A PF calcula que a obra de Maristela Temer tenha custado ao menos R$ 1 milhão.

Procurada pela Folha, a assessoria de Temer informou que os questionamentos sobre a reforma da casa em São Paulo seriam respondidos pela defesa de sua filha Maristela. O advogado dela disse que só dará esclarecimento sobre o assunto à Polícia Federal se for chamada a depor. Já o coronel e sua esposa, Maria Rita Fratezi, afirmaram que não cometeram qualquer irregularidade.

Fonte: JL/Congrasso e Foco
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
10/08/18, 14:35 | EVENTO - Em Teresina, Festival Flores de Holambra traz mais de 100 espécies
10/08/18, 14:29 | PROGRAMAÇÃO - Prefeitura lança campanha de aniversário de Teresina: 166 anos
10/08/18, 12:42 | POLÍTICA - Candidatos progressistas querem rever atos de Temer e criar empregos
10/08/18, 12:37 | SUCESSÃO - Afinal, Lula pode ou não participar dos debates eleitorais?
10/08/18, 12:32 | CRIME - Lava Jato no Rio prende corretor acusado de receber propina
10/08/18, 12:24 | OPINIÃO - Professor de Harvard analisa Bolsonaro como grave perigo à democracia
10/08/18, 12:15 | SALÁRIOS - Após STF, Ministério Público aprova aumento de 16% para procuradores
10/08/18, 12:09 | INCIDENTE - Homens morrem depois de confundir inseticida com bebida alcoólica em Teresina
10/08/18, 11:20 | POLÍTICA - Eleição 2018: confira como foi o primeiro debate entre presidenciáveis
10/08/18, 11:14 | ELEIÇÕES 2018 - No debate da Band, Alckmin vira alvo e nanico Daciolo rouba a cena nas redes
09/08/18, 21:34 | ESTATÍSTICA - Com 63.880 vítimas em 2017, Brasil bate recorde de mortes violentas
09/08/18, 17:54 | SALÁRIOS - Lewandowski rebate crítica a reajuste e diz que juízes recuperam milhões
09/08/18, 17:52 | REDES SOCIAIS - Facebook abre registro a candidatos e partidos para publicar anúncios
09/08/18, 17:48 | POLÊMICA - Presidente da Anamatra diz que reajuste do STF é “questão de justiça”
09/08/18, 15:50 | REPERCUSSÃO - Juristas internacionais enviam carta sobre 'caráter desleal' de processo contra Lula
09/08/18, 15:23 | REFORMA - Desmonte da legislação trabalhista aumenta número de acidentes e mortes
09/08/18, 14:58 | POLÊMICA - Política fiscal de austeridade torna país mais desigual e compromete futuro
09/08/18, 13:41 | ARTIGO - Inelegibilidade Material e Inelegibilidade Processual
09/08/18, 10:43 | CRIME - Professor acusado de matar advogada tentou se matar, diz penitenciária
09/08/18, 10:03 | LIBERTADORES - Torcida do Cruzeiro volta a dar espetáculo no Maracanã e empurra time para vitória mais importante do semestre
09/08/18, 09:55 | POLÊMICA - Senado da Argentina rejeita projeto a favor do aborto e gera protestos
09/08/18, 09:48 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Banqueiro paga fiança de R$ 90 milhões para sair da prisão
09/08/18, 09:26 | ARTIGO - Vontade popular
08/08/18, 21:53 | DECISÃO - Luzilândia, Joca Marques e Madeiro receberão tropas federais para as eleições
08/08/18, 21:10 | CRIME - Marido acusado de matar a advogada Tatiane Spitzner vira réu
08/08/18, 20:55 | JUDICIÁRIO - Supremo Tribunal aprova aumento de 16% no salário dos ministro
08/08/18, 20:34 | JUDICIÁRIO - Gilmar Mendes já soltou 37 investigados da Lava Jato no Rio
08/08/18, 20:01 | MOVIMENTO - Greve nos Correios é suspensa após proposta de acordo do TST
08/08/18, 19:50 | CONFERÊNCIA - Entidades de 40 países discutem futuro do trabalho e ameaças a direitos
08/08/18, 19:47 | INJUSTIÇA - Trabalhadores estão perdendo a esperança na democracia, diz dirigente da CSI
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site