CBN - A rádio que toca notícia

ILEGALIDADE

“Em paz com minha consciência”, diz juiz no MA que abriu mão de auxílio-moradia

O juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), dá exemplo a milhares de juízes do País ao recusar, desde novembro, receber auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e outros penduricalhos

10/02/18, 17:40
 
O
juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, auxiliar no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), é um dos pouquíssimos magistrados que abriram mão de receber auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e outros penduricalhos oferecidos a magistrados em todo o País.

Ele diz que a decisão trouxe sensação de "bem-estar e leveza com a própria consciência". "Isso [auxilio-moradia] fragiliza e diminui a credibilidade do poder Judiciário. Precisamos estabelecer regras mais claras em relação a isso. A Constituição Federal não permite e não autoriza que o juiz receba esse auxilio. A única coisa que ela diz é que se deve receber subsídio em parcela única, à exceção de verbas indenizatórias pagas, por exemplo, no caso de gastos de viagem que precisem ser ressarcidos", afirmou em reportagem do UOL.

Além de abrir mão dos auxílios de novembro em diante, o magistrado ainda concedeu formalmente ao TJ-MA, em janeiro passado, a devolução dos valores recebidos nos últimos quatro anos. Estabeleceu um percentual mínimo de 4% sobre o salário bruto mensal –o que dá em torno de R$ 1,1 mil – até que possa aumentar o desconto e quitar a devolução mais rapidamente. A devolução ainda não começou, já que a Presidência determinou que o valor total seja calculado.

"Devolver esse dinheiro e abrir mão dos auxílios que eu recebia me deixou bem e completamente em paz com a minha consciência. Sempre me incomodei e sempre me senti constrangido em receber esse dinheiro, mas não tive coragem de abrir mão antes", relatou.

O juiz admitiu que recebeu críticas ao abrir mão da verba, pois seu ato poderia colocar pressão sobre outros magistrados, mas preferiu não entrar em detalhes. Também não quis falar sobre casos específicos, como os de Moro e Bretas –"são juízes de grande competência", limitou-se a classificar --, tampouco sobre as associações de magistrados que, nos últimos dias, criticaram a exposição de casos como os dos dois juízes da Lava Jato à opinião pública.

Uma dessas associações, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais), é presidida por um magistrado maranhense, Roberto Veloso, que foi professor de Oliveira Paula.

A reportagem questionou se ele espera ser um exemplo a outros colegas. "Passei meses sem dar uma entrevista depois que anunciei essa renúncia, em novembro, mas entendo que falar sobre isso é necessário para o debate. Ainda mais porque vejo que o Judiciário, que é valoroso, está receoso ou refletindo sobre como se colocar a respeito disso. Vários colegas estão, sim, preocupados com isso", disse. "E debater isso é importante para que não apenas saiamos mais fortes, como mais antenados com a realidade brasileira", opinou.

Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
16/06/18, 20:30 | COPA DO MUNDO - Peru perde perde penâlti e é derrotado pela Dinamarca: 1 x 0
16/06/18, 15:10 | REALIDADE MUNDIAL - Brasil é país mais preocupado com notícias falsas, diz estudo global
16/06/18, 15:05 | EDUCAÇÃO - Cai percentual de estudantes que querem ser professores, diz OCDE
16/06/18, 15:00 | SAÚDE - Emoções em jogos de Copa aumentam em até 8% número de infartos
16/06/18, 14:34 | SEGURANÇA - Polícia inicia operação 'Copa Saci' com centro integrado na Zona Sul
16/06/18, 14:08 | ESPORTE - Família investe R$ 1,4 mil em decoração de carro para a Copa do Mundo
16/06/18, 13:49 | INVESTIGAÇÃO - PGR pede inclusão de delação de Funaro em inquérito sobre Temer
16/06/18, 13:46 | COPA DO MUNDO - Lula assistiu jogo entre Espanha e Portugal na cela, com advogado
16/06/18, 13:01 | COPA DO MUNDO - Messi perde pênalti e Argentina empata com Islândia
16/06/18, 12:56 | COPA DO MUNDO - VAR entra em campo pela primeira vez e garante vitória da França
15/06/18, 21:46 | ESTUDO - Mais pobres podem levar até 9 gerações para atingir renda média no Brasil
15/06/18, 20:52 | JULGAMENTO - STF pode julgar pedido de liberdade de Lula no próximo dia 26
15/06/18, 20:50 | CRIMINALIDADE - Bandidos de terno se passam por empresários para assaltar posto de combustível em Teresina
15/06/18, 20:35 | DECISÃO - CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet
15/06/18, 20:32 | ECONOMIA - Copa do Mundo deve movimentar R$ 252 milhões em bares e restaurantes
15/06/18, 20:27 | ESPORTE - O HERÓI PORTUGUÊS: Portugal e Espanha empatam na Copa: 3 x 3
15/06/18, 15:30 | POLÍTICA - Partidos gastam R$ 132,8 milhões com salários de funcionários
15/06/18, 15:11 | COPA DO MUNDO - Irã vence Marrocos com gol contra nos acréscimos do 2º tempo
15/06/18, 15:05 | ESPORTE - Santos confirma venda do atacante Rodrygo para o Real Madrid
15/06/18, 14:55 | DADOS - Atlas da Violência: 123 cidades concentram 50% dos homicídios
15/06/18, 14:51 | SAÚDE PÚBLICA - Mais de 400 pessoas morreram por causa da gripe no Brasil
15/06/18, 13:16 | ESPORTE - Brasil define uniforme que usará nos três jogos da primeira fase
15/06/18, 12:23 | PESQUISA - Nova pesquisa: Lula continua disparado, Bolsonaro cai, Ciro e direita estacionados
15/06/18, 12:06 | POLÍTICA - O MDB precisa ser destruído, diz Ciro sobre partido de Temer
15/06/18, 12:00 | POLÍTICA - Gilmar vê enigma falso em Lula: ele é um preso político
15/06/18, 11:28 | COPA DO MUNDO - Do banco, Salah vê Egito perder para o Uruguai em estreia: 1 X 0
14/06/18, 17:54 | ESPORTE - Rússia ganha de 5x0 contra a Arábia Saudita na estreia da Copa
14/06/18, 17:40 | JUDICIÁRIO - Maioria do STF impede conduções coercitivas usadas na Lava Jato
14/06/18, 17:38 | JUDICÁRIO - Deputado perde processo contra internauta que o chamou de ‘bandido’
14/06/18, 17:35 | CRIME - Dono de escola é condenado a 34 anos de prisão por estupro de vulnerável no PI
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site