CBN - A rádio que toca notícia

PESQUISA

Datafolha: apoio à pena de morte bate recorde entre os brasileiros

Percentual de favoráveis é de 57%. Em 2008, apoio à punição era de 47%. Índice é maior entre os mais pobres

08/01/18, 11:24

O

apoio à pena de morte cresce desde 2008 e bateu recorde entre os brasileiros. É o que revela uma pesquisa do instituto Datafolha, divulgada nesta 2ª feira (8.jan.2018). Segundo o levantamento, 57% dos entrevistados são favoráveis à adoção deste tipo de sentença. Em 2008, data da última pesquisa, 47% tinham a mesma opinião.

Desde que a questão passou a ser medida pelo Datafolha, em 1991, este índice de apoio é recorde. Porém, empata na margem de erro –de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos– com os índices de 1993 e 2007, quando 55% da população se disseram favoráveis à punição.

Para realizar a pesquisa, o instituto ouviu 2.765 brasileiros em 192 municípios durante os dias 29 e 30 de novembro de 2017.

São contrários à pena de morte 39% da população. Além disso, 1% se declarou indiferente, e outros 3% não souberam responder.

Segundo a pesquisa, o apoio à pena de morte é maior entre os brasileiros mais pobres. Entre aqueles com renda mensal de até 5 salários mínimos (R$ 4.770), o apoio é de 58%. O índice recua para 51% na faixa dos 5 a 10 salários (R$ 9.540) e cai ainda mais entre a parcela mais rica, indo para 42%.

Com 54% de apoio, mulheres tendem a apoiar menos a punição capital. Entre os homens, o apoio é de 60%.

Em relação à idade, a faixa etária que mais apoia a execução de condenados é a de 25 a 34 anos, em que 61% se disseram favoráveis à proposta. Os idosos, acima de 60 anos, são os menos propensos a aceitar a adoção da punição, com 52% de apoio.

Entre as religiões, os ateus são o grupo que menos apoiam a pena de morte. Apenas 46% se declararam favoráveis. Os católicos são o que mais defendem a punição: 63% são favoráveis, ante a 34% contrários. Os evangélicos são mais reticentes ao tema: 50% são favoráveis, contra 45% contrários (4% não souberam responder e 1% se disse indiferente).

Aplicação da pena 

No Brasil, a pena de morte só é aplicada em caso de guerra declarada, como mostra o inciso 47 do artigo 5º da Constituição Federal. A última em que o país entrou foi a Segunda Guerra Mundial, que durou de 1939 a 1945.

Em 2015, pela 1ª vez em mais de 150 anos, brasileiros foram mortos por terem sido condenados à pena capital. As execuções de Marco Archer, em janeiro, e depois a de Rodrigo Gularte, ambas na Indonésia, foram as primeiras de brasileiros no exterior. Os 2 foram presos por tráfico de drogas na região.

Já no Brasil, a última execução de1 homem à morte pela Justiça Civil aconteceu em 1861, na província de Santa Luzia, que deu origem à cidade de Luziânia (GO), próxima ao Distrito Federal.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/02/18, 08:46 | CULTURA - Documentário sobre o golpe será exibido na semana que vem no festival de Berlim
15/02/18, 08:39 | REAÇÃO - Grupo da PF ameaça retaliar Segóvia em caso de interferência pró-Temer
15/02/18, 08:31 | CORRUPÇÃO - Mais um executivo confirma fraude de Aécio em obra da Cidade Administrativa
14/02/18, 22:02 | CARNAVAL - Escolas de samba do Rio que criticaram o governo tiveram as maiores notas
14/02/18, 18:48 | ECONOMIA - Adotado em três regiões do país, horário de verão termina no próximo domingo
14/02/18, 18:15 | RECONHECIMENTO - CARTUNISTA: Tuiuti é a campeã do coração de todos os brasileiros
14/02/18, 17:55 | POLÍTICA - Temer libera R$ 2 bilhões e Marun fala em ‘cala boca’
14/02/18, 17:52 | POLÊMICA - Ministro Barroso cassa autorização de posse de Cristiane Brasil e avoca ação
14/02/18, 17:21 | OPINIÃO - Carnaval foi o abre alas do populismo e da hipocrisia que vem por aí
14/02/18, 17:18 | ALERTA - Campanha da Fraternidade 2018 alerta para extermínio da população jovem negra
14/02/18, 16:58 | CARNAVAL - Beija-Flor é consagrada a campeã do carnaval do Rio de Janeiro
14/02/18, 13:56 | POLÍTICA - Claudia Raia: “Tomara que Luciano Huck não se eleja”
14/02/18, 13:35 | REPERCUSSÃO - Agência Alemã de Notícias: Brasil faz um de seus carnavais mais politizados
14/02/18, 13:31 | IGREJA - CNBB lança campanha contra a violência e diz que defenderá candidato pacifista
14/02/18, 13:26 | JUDICIÁRIO - TSE libera mais R$ 888 milhões de verba pública para campanha eleitoral
14/02/18, 12:55 | EDUCAÇÃO - Prouni 2018 divulga resultado da primeira chamada
14/02/18, 12:00 | CRIME - PF deve pedir prorrogação de investigação contra Temer
14/02/18, 08:52 | CARNAVAL - Bonecos gigantes arrastam multidão em Olinda
14/02/18, 08:22 | CARNAVAL - Acadêmicos do Tatuapé é bicampeã do carnaval de São Paulo
13/02/18, 23:16 | REPERCUSSÃO - Assim o Carnaval 2018 recuperou o espírito crítico com a classe política no Brasil
13/02/18, 22:55 | POLÍTICA - Medida do TSE favorecerá corrupção e caixa 2 nas eleições de 2018
13/02/18, 15:40 | CORRUPÇÃO - Bunker de Geddel pode estar ligado a corrupção na Caixa
13/02/18, 15:34 | CRÍTICA - Flávio Dino: Carnaval do MA vive grande momento, mas nada sai na Globo
13/02/18, 15:16 | POLÊMICA - Colunista da Folha defende que juízes devolvam auxílio-moradia e peçam desculpas
13/02/18, 13:46 | INCRÍVEL! - Cadela emociona familiares ao velar corpo de dona que faleceu em Teresina
13/02/18, 13:38 | POLÍTICA - Eleições 2018 e o direito de escolher as melhores alternativas para o Brasil
13/02/18, 13:31 | ELEIÇÕES 2018 - TSE define que candidatos poderão financiar as campanhas com recursos próprios
13/02/18, 13:26 | POLÍTICA - Saiba quais são as mudanças que passam a valer nas eleições deste ano
13/02/18, 13:21 | CARNAVAL - Juju Salimeni ostenta look de R$ 40 mil em desfile na Sapucaí: 'Rede com pedras'
13/02/18, 13:08 | VIOLÊNCIA - Atriz Juliana Paes é assaltada a caminho da Sapucaí
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site