CBN - A rádio que toca notícia

COTAS

Pagamento do PIS/Pasep para trabalhadores com mais de 60 anos começa dia 24

O pagamento das cotas do PIS/Pasep para homens com mais de 65 anos e mulheres com mais de 62 anos, assim como para os demais cotistas com mais de 70 anos, aposentados e herdeiros, será retomado a partir desta segunda-feira (8/1), nas agências e canais da Caixa e do Banco do Brasil

08/01/18, 11:12

C

omeça no dia 24 de janeiro o pagamento das cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) para pessoas com mais de 60 anos que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. A informação foi divulgada hoje (8) pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

O crédito em conta automático para os beneficiários com conta corrente ou poupança individual na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil será feito na noite do dia 22 de janeiro. Segundo o ministério, essa nova etapa de saques beneficia mais de 4,5 milhões de cotistas do PIS e do Pasep, que poderão efetuar o saque de R$ 7,8 bilhões disponíveis nas instituições financeiras.

O pagamento das cotas do PIS/Pasep para homens com mais de 65 anos e mulheres com mais de 62 anos, assim como para os demais cotistas com mais de 70 anos, aposentados e herdeiros, será retomado a partir desta segunda-feira (8/1), nas agências e canais da Caixa e do Banco do Brasil.

Em dezembro do ano passado, o presidente Michel Temer assinou a medida provisória (MP) 813/17 que reduz para 60 anos a idade mínima para o saque das cotas do PIS/Pasep. Em agosto, o governo já tinha editado outra MP (797/17) liberando o saque para homens a partir de 65 anos e para mulheres a partir de 62 anos. Até o fim de 2017, R$ 2,2 bilhões foram retirados de 1,6 milhão de contas.

Desde a criação do PIS/Pasep, em 1971, o saque total só podia ser feito quando o trabalhador completava 70 anos, se aposentasse ou tivesse doença grave ou invalidez. As medidas provisórias flexibilizaram as restrições.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição daquele ano passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

É possível, por meio dos sites www.caixa.gov.br/cotaspis e www.bb.com.br/pasep, consultar se há saldo disponível para saque. Nas páginas, o trabalhador pode visualizar a data de início do pagamento e os canais disponíveis, além da melhor opção de pagamento, antes de se dirigir a um dos canais oferecidos.

Pagamento

Os herdeiros de cotistas falecidos também podem sacar os recursos. Eles deverão comparecer a qualquer agência da Caixa e do Banco do Brasil portando o documento oficial de identificação e o documento que comprove sua condição de beneficiário legal para fazer o saque.

O saque poderá ser feito por outra pessoa que não seja o beneficiário, mediante procuração particular, com firma reconhecida, ou por instrumento público que contenha outorga de poderes para solicitação e saque de valores do PIS/Pasep.

O saque será autorizado após a confirmação do direito nas agências bancárias. No caso do PIS, os pagamentos das cotas com valor até R$ 1,5 mil podem ser feitos no Autoatendimento da Caixa apenas com a senha do Cartão Cidadão. Caso tenha o cartão, o trabalhador poderá fazer o saque nas casas lotéricas e Caixa Aqui, mediante ainda a apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Os saques de valores até R$ 3 mil podem ser feitos no Autoatendimento, lotéricas e Caixa Aqui com o Cartão do Cidadão, senha e documento de identificação. Os valores acima de R$ 3 mil devem ser sacados nas agências, apenas mediante apresentação do documento de identificação.

O saque das cotas do Pasep pode ser feito nas agências do Banco do Brasil, com apresentação de documento de identificação oficial com foto. Para aqueles que têm saldo de cotas no valor de até R$ 2,5 mil, está disponível solução para envio a outra instituição financeira, sem custos, pela internet ou pelos terminais de autoatendimento do banco.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
14/11/18, 15:55 | POLÍTICA - Com governadores, Bolsonaro defende aprovação de medidas amargas
14/11/18, 15:51 | POLÍTICA - Ministros com acusação contundente devem deixar governo, diz Bolsonaro
14/11/18, 15:42 | SAÚDE - Cuba cancela parceria com Brasil no Mais Médicos; Bolsonaro é o motivo
14/11/18, 15:37 | ECONOMIA - Desemprego fica acima da média nacional em 14 estados no 3º trimestre
13/11/18, 22:29 | ECONOMIA - Crítica não deveria recair sobre salários, mas sobre gastos com Poderes, diz senador
13/11/18, 22:25 | PARLAMENTO - Congresso Nacional aprova recursos para área de segurança pública
13/11/18, 21:59 | POLÍTICA - Bolsonaro quer reduzir em 30% número de comissionados nos ministérios
13/11/18, 21:54 | INVESTIGAÇÃO - Gilmar pede vista de denúncia contra Ciro Nogueira e Eduardo da Fonte
13/11/18, 21:48 | ECONOMIA - Taxa de informalidade de novos ocupados chega a 74% em pesquisa Dieese
13/11/18, 21:38 | TRANSIÇÃO - Cotado para a Saúde é investigado sob suspeita de caixa 2 e fraude
13/11/18, 21:34 | TSE - Barroso dá três dias para Bolsonaro explicar inconsistência em contas
13/11/18, 21:21 | CORRUPÇÃO & PROPINA - TRF-1 concede habeas corpus a Cunha, mas ele continua preso
13/11/18, 15:18 | CRIME - Operação Anjos da Lei combate tráfico de droga nas escolas
13/11/18, 15:14 | ECONOMIA - Tesouro diz que 14 estados superam limite de gastos com pessoal
13/11/18, 15:10 | TRANSIÇÃO - Conheça os nomes já confirmados para equipe ministerial de Bolsonaro
13/11/18, 14:26 | POLÊMICA - Flávio Dino decreta liberdade de opinião e pensamento nas escolas do Maranhão
13/11/18, 13:49 | MOVIMENTO - Centrais programam atos contra reforma da Previdência e fim do Ministério do Trabalho
13/11/18, 13:33 | VATICANO - Papa Francisco presenteia Rio de Janeiro com uma escultura de ‘Jesus sem-teto’
13/11/18, 12:35 | DESCASO - Ministra de Temer passeia por Itália, França e Alemanha em jatinho da FAB
13/11/18, 12:29 | POLÊMICA - Onyx diz que ONGs não podem ditar o que Brasil deve fazer na área ambiental
13/11/18, 12:26 | POLÍTICA - Bolsonaro mantém sua estratégia e priorizará comunicação nas redes sociais
13/11/18, 12:22 | CONTAS PÚBLICAS - Judiciário deve estourar novamente o teto de gastos públicos
13/11/18, 12:18 | IMPRENSA - Se Bolsonaro reduzir as verbas, a grande mídia vai cair num buraco negro
13/11/18, 11:53 | JUDICIÁRIO - TRF-2 torna deputados estaduais do Rio presos preventivos
13/11/18, 10:55 | ARTIGO - Poderes do juiz e os princípios da neutralidade e da imparcialidade
13/11/18, 09:24 | EDUCAÇÃO - Tecnologia poderá ajudar na implantação do novo Ensino Médio
13/11/18, 09:17 | JUSTIÇA - Barroso diz que debate sobre aborto deve ser feito no Supremo
13/11/18, 09:13 | JUSTIÇA - Alexandre de Moraes diz que papel do STF é evitar ditadura da maioria
13/11/18, 00:33 | CAMPANHA ELEITORAL - TSE aponta 17 indícios de irregularidades nas contas de Bolsonaro
12/11/18, 23:01 | ARTIGO JURÍDICO - CASO DR. SABÓIA EM LUZILÂNDIA: "Prescrita a pena principal, prescrita estará também a pena acessória"
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site