CBN - A rádio que toca notícia

VIOLÊNCIA

Jungmann oferece Força Nacional ao Pará após 21 mortes em presídio

Temer não se pronunciou sobre o assunto. Tentativa de fuga ocorreu nesta 3ª (10.abr)

12/04/18, 13:53

A

pós a tentativa de fuga na 3ª (10.abr.2018) que resultou em 21 mortos num presídio em Belém (PA), o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse que o governo federal colocou a Polícia Federal e a Força Nacional à disposição do governo do Estado.

No final da tarde desta 4ª feira (11.abr), o presidente Michel Temer e Jungmann se reuniram no Palácio do Planalto para discutir a violência no Pará.

Temer ainda não se pronunciou sobre o ocorrido no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III, apesar de ter adotado a segurança pública como uma de suas bandeiras desde a intervenção federal na segurança no Rio, em 16 de fevereiro de 2018.

O caso

Segundo a Susipe (Secretaria de Segurança Pública do Pará), 1 grupo fortemente armado tentou invadir a prisão por volta das 13h de 3ª feira (10.abr) para dar apoio à fuga dos presos. De acordo com a secretaria, foram utilizados explosivos contra 1 dos muros do solário do Pavilhão C na tentativa de resgate. Além disso, detentos também tinham armas dentro do presídio.

Houve intensa troca de tiros entre o grupo armado, os presos e o Batalhão Penitenciário. Ao fim da operação, as autoridades confirmaram a apreensão de pelo menos 4 fuzis, 3 pistolas, 2 revólveres, 2 espingardas calibre 12 e uma metralhadora 9 milímetros.

Entre os mortos, 13 já foram reconhecidos, incluindo 10 detentos, 2 homens que fariam parte do bando que tentou invadir o complexo para resgatar os presos, e 1 agente prisional.

Todos os 13 corpos reconhecidos já foram liberados pelo IML (Instituto Médico-Legal) do Estado e 8 corpos aguardam reconhecimento de parentes. Os 4 agentes prisionais feridos na troca de tiros permanecem em observação médica, mas não correm risco.

A unidade onde ocorreu a tentativa de fuga está superlotada. Segundo a Susipe, estão presos no local 1 total de 605 detentos, mas a capacidade é de 432 internos. O complexo penitenciário de Santa Izabel tem, ao todo, 9 unidades e abriga cerca de 6.000 presos. A situação nas outras unidades está normalizada, garantiu o governo estadual.

Também, 1 dia antes da tentativa invasão ao presídio, houve uma sequência de 11 assassinatos em diferentes bairros da capital paraense, que podem estar relacionados ao homicídio de policiais militares ocorrido também dias antes. O governo estadual ainda não se pronunciou sobre a oferta do ministro Jungmann.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/01/19, 13:35 | PARLAMENTO - Senadores gastaram R$ 21 milhões da Cota Parlamentar em 2018
18/01/19, 13:16 | REPERCUSSÃO - Mourão sobre pedido de Flávio Bolsonaro: 'Vou aguardar esclarecer'
18/01/19, 13:14 | REPERCUSSÃO - Ministro diz que pedidos como o de Flávio Bolsonaro vão para o 'lixo'
17/01/19, 22:02 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Fux diz que “protege” processo ao suspender o caso Queiroz
17/01/19, 21:59 | REPERCUSSÃO - Líderes do MBL criticam Flávio Bolsonaro por caso Queiroz
17/01/19, 21:54 | INTERNACIONAL - Atentado com carro-bomba mata ao menos dez em Bogotá
17/01/19, 21:41 | POLÍTICA - Área militar do governo mostra desconforto com suspensão da investigação do caso Queiroz
17/01/19, 21:21 | POLÊMICA - Ministros do STF ficaram surpresos com pedido de Flávio Bolsonaro
17/01/19, 17:59 | CRIME - Bernardo Mello Franco: Flávio Bolsonaro diz que não é, mas age como investigado
17/01/19, 17:48 | CASO QUEIROZ - 'Eu não quero foro privilegiado', disse Jair Bolsonaro ao lado de Flávio em 2017
17/01/19, 17:40 | POLÊMICA - Desembargadora que atacou Marielle diz que Boulos vai ser 'recebido a bala'
17/01/19, 16:41 | ARTIGO JURÍDICO - Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica
17/01/19, 16:22 | POLÊMICA - Liberação da posse de armas é 'projeto de morte mal-intencionado'
17/01/19, 16:17 | POLÊMICA - Ativistas temem explosão da violência no campo com flexibilização da posse de armas
17/01/19, 16:12 | REPERCUSSÃO - Decreto sobre armas pode elevar feminicídios e suicídios, aponta Sou da Paz
17/01/19, 14:35 | DESCASO - Prefeito de Luzilândia comete crime de improbidade e Receita bloqueia recursos
17/01/19, 13:54 | DESCASO - Deputado defensor da liberação da caça de animais vai comandar órgão de proteção florestal
17/01/19, 13:46 | CRIME - Policiais prendem suspeito de ter participado de ataque a Martha Rocha
17/01/19, 13:41 | INVESTIGAÇÃO - BOMBA: Investigado preso por assassinato de Marielle incrimina vereador aliado de Bolsonaro
17/01/19, 13:26 | ECONOMIA - Estados fazem pressão por socorro federal para equilibrar contas
17/01/19, 13:18 | POLÊMICA - Gisele Bündchen diz à ministra da Agricultura que mau brasileiro é quem desmata
17/01/19, 13:11 | CONFLITO - Ministro do STF manda suspender investigação sobre Queiroz, diz MP
17/01/19, 12:52 | CRIME - Procuradora aposentada condenada por torturar criança é presa no Rio
16/01/19, 19:25 | VATICANO - Papa pede a bispos que evitem esconder casos de abusos contra crianças
16/01/19, 19:15 | ECONOMIA - Aposentadoria de quem ganha acima do mínimo sobe 3,43%
16/01/19, 19:10 | ECONOMIA - Contribuição previdenciária vai mudar no salário pago em fevereiro
16/01/19, 18:42 | REFORMA - Sem incluir militares, reforma da Previdência perde, diz Paulo Guedes
16/01/19, 18:37 | POLÊMICA - Decreto sobre posse de armas favorece quem tem antecedentes criminais
16/01/19, 18:01 | ESPORTE - Juventus vence o Milan e é campeão da Supercopa da Itália
16/01/19, 13:32 | NOVA REGRA - Presunção de "efetiva necessidade" de posse de arma viola Constituição
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site