CBN - A rádio que toca notícia

ILEGALIDADE

“Em paz com minha consciência”, diz juiz no MA que abriu mão de auxílio-moradia

O juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), dá exemplo a milhares de juízes do País ao recusar, desde novembro, receber auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e outros penduricalhos

10/02/18, 17:40
 
O
juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, auxiliar no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), é um dos pouquíssimos magistrados que abriram mão de receber auxílio-moradia de R$ 4,3 mil e outros penduricalhos oferecidos a magistrados em todo o País.

Ele diz que a decisão trouxe sensação de "bem-estar e leveza com a própria consciência". "Isso [auxilio-moradia] fragiliza e diminui a credibilidade do poder Judiciário. Precisamos estabelecer regras mais claras em relação a isso. A Constituição Federal não permite e não autoriza que o juiz receba esse auxilio. A única coisa que ela diz é que se deve receber subsídio em parcela única, à exceção de verbas indenizatórias pagas, por exemplo, no caso de gastos de viagem que precisem ser ressarcidos", afirmou em reportagem do UOL.

Além de abrir mão dos auxílios de novembro em diante, o magistrado ainda concedeu formalmente ao TJ-MA, em janeiro passado, a devolução dos valores recebidos nos últimos quatro anos. Estabeleceu um percentual mínimo de 4% sobre o salário bruto mensal –o que dá em torno de R$ 1,1 mil – até que possa aumentar o desconto e quitar a devolução mais rapidamente. A devolução ainda não começou, já que a Presidência determinou que o valor total seja calculado.

"Devolver esse dinheiro e abrir mão dos auxílios que eu recebia me deixou bem e completamente em paz com a minha consciência. Sempre me incomodei e sempre me senti constrangido em receber esse dinheiro, mas não tive coragem de abrir mão antes", relatou.

O juiz admitiu que recebeu críticas ao abrir mão da verba, pois seu ato poderia colocar pressão sobre outros magistrados, mas preferiu não entrar em detalhes. Também não quis falar sobre casos específicos, como os de Moro e Bretas –"são juízes de grande competência", limitou-se a classificar --, tampouco sobre as associações de magistrados que, nos últimos dias, criticaram a exposição de casos como os dos dois juízes da Lava Jato à opinião pública.

Uma dessas associações, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais), é presidida por um magistrado maranhense, Roberto Veloso, que foi professor de Oliveira Paula.

A reportagem questionou se ele espera ser um exemplo a outros colegas. "Passei meses sem dar uma entrevista depois que anunciei essa renúncia, em novembro, mas entendo que falar sobre isso é necessário para o debate. Ainda mais porque vejo que o Judiciário, que é valoroso, está receoso ou refletindo sobre como se colocar a respeito disso. Vários colegas estão, sim, preocupados com isso", disse. "E debater isso é importante para que não apenas saiamos mais fortes, como mais antenados com a realidade brasileira", opinou.

Fonte: JL/Notícias ao Minuto
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
21/06/18, 23:48 | DENÚNCIA - Lava Jato 'sequestra' mulher e filho para incriminar Lula, denunciam deputados
21/06/18, 23:44 | ESPORTE - França despacha o Peru da Copa do Mundo: 1 x 0
21/06/18, 23:40 | COPA DO MUNDO - Em jogo tecnicamente pobre, Dinamarca empata com Austrália
21/06/18, 23:32 | ESPORTE - Festa da Croácia e desespero argentino no oitavo dia de Copa do Mundo
21/06/18, 19:59 | INSTITUCIONAL - Procuradora Kerinne Pinheiro toma posse na Procuradoria-Geral do Estado do Amazonas
21/06/18, 10:50 | AGENDA PRIORITÁRIA - Centrais entregam 'agenda dos trabalhadores' a líderes do Congresso
21/06/18, 10:47 | CRIME DE LESA-PÁTRIA - Câmara aprova projeto que tira até 70% do pré-sal da Petrobras
21/06/18, 10:40 | ECONOMIA PÚBLICA - Estados e municípios são os que mais contribuem para sustentar SUS
20/06/18, 18:51 | LAVA JATO - STF decide que polícias federal e civil podem fechar acordos de delação premiada
20/06/18, 18:46 | TRAGÉDIA SOCIAL - Jornalista do EUA chora ao vivo ao noticiar crianças imigrantes separadas dos pais
20/06/18, 18:14 | ESTATÍSTICA - Feminicídios em Teresina já ultrapassaram todos os casos de 2017 em mais de 30%
20/06/18, 18:11 | CRIME - TJ-PI tem maior taxa de processos de violência doméstica não julgados
20/06/18, 18:05 | COPA - Espanha tem dificuldades contra o Irã, mas vence por 1 a 0
20/06/18, 17:57 | COPA DO MUNDO - Uruguai vence a Arábia Saudita e define classificados do grupo A
20/06/18, 17:46 | COPA DO MUNDO - Portugal é pressionado por Marrocos, mas vence com gol de CR7
19/06/18, 21:58 | COPA - Seleção de Tite se hospedará no hotel Corinthia, na Rússia
19/06/18, 21:51 | CRIME - Cantor tem US$ 800 mil em bens roubados de quarto na Rússia
19/06/18, 21:45 | COPA DO MUNDO - Capitão da Costa Rica declara: "Sonho em derrotar o Brasil"
19/06/18, 19:53 | ESPORTE - Emoções em jogos de Copa aumentam em até 8% número de infartos
19/06/18, 19:42 | SAÚDE PÚBLICA - A três dias do fim, campanha de vacinação contra a gripe ainda precisa alcançar 17% do público-alvo
19/06/18, 19:26 | ESPORTE - Neymar com dores, gols contra e Rússia perto das oitavas; o 6º dia da Copa
19/06/18, 19:23 | LAVA JATO - Ciro Nogueira, Eduardo da Fonte e Márcio Junqueira são denunciados por crime de obstrução da Justiça
19/06/18, 19:20 | CRIME - Caso Aretha: Justiça nega pela 2ª vez pedido de exame psiquiátrico a suspeito de feminicídio
19/06/18, 15:47 | ESPORTE - Primeiro gol de Pelé em Copas do Mundo completa 60 anos
19/06/18, 15:38 | POLÍTICA - Financial Times bate em Bolsonaro e diz que ele é “granada” em país com “destino antidemocrático”
19/06/18, 15:35 | SOCORRO - Governo Federal reconhece situação de emergência em cidades do PI e mais seis estados
19/06/18, 15:30 | COPA DO MUNDO - Senegal aproveita erro da Polônia e vence na estreia por 2x1
19/06/18, 14:03 | POLÊMICA - DÍVIDA DA AGESPISA: Vereador denuncia mentira e desmascara prefeito de Luzilândia
19/06/18, 12:14 | COPA DO MUNDO - Seleção de mercenários: o título sairá por R$ 40 milhões
19/06/18, 12:05 | ECONOMIA - Governo debate gestão de verbas repassadas a estados e municípios
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site