CBN - A rádio que toca notícia

POLÍTICA

Dica a Sergio Moro no caso dos laranjas do PSL: basta seguir o dinheiro

Quando a notícia estourou na Folha, Bebianno apontou Luciano Bivar como o responsável pelos repasses. Bivar negou e devolveu. Bolsonaro, quando viu o risco, se fez de desentendido e autorizou o filho a atacar o ministro, que reagiu

15/02/19, 17:03

Q

uem circula no submundo das negociações partidárias não ficou surpreendido com as revelações da Folha sobre a malversação dos recursos do fundo eleitoral pelo PSL. Segundo essas fontes, o caso do laranjal pernambucano seria a ponta do iceberg da operação que levou Jair Bolsonaro e aliados ao partido. A direção do PSL , dizem, teria tido no mínimo 12 milhões de motivos para acolher o candidato e dar a seu então braço direito, Gustavo Bebianno, o posto de presidente da legenda durante a campanha.

Ninguém arrisca um palpite sobre o grau de participação, ou até de conhecimento, de Bolsonaro nos detalhes dessas negociações, travadas entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. Os principais interlocutores do acordo foram o próprio Bebianno, pelos bolsonaristas, e Luciano Bivar, pelo PSL. Mas o relato se encaixa perfeitamente na reação desproporcional, exagerada mesmo, de Bolsonaro e seu filho 02 às denúncias sobre o laranjal pernambucano – que, por si só, não parece ser motivo suficiente para o tamanho da crise que gerou no Planalto.

As ameaças nada veladas de Bebianno, que em entrevista à Crusoé chegou a dizer que o presidente estaria temendo que o episódio “respingasse” nele, jogaram mais lenha na fogueira. Não haveria muito sentido em que Bolsonaro tivesse medo de que respingassem nele acusações relativas a repasses de recursos a candidatas sem chances de ganhar em Pernambuco. Obviamente, o ministro se referiu a um esquema maior – que, quem sabe, poderia acabar revelando caso fosse chutado do governo depois de destratado por Carlos Bolsonaro e desmoralizado pelo próprio presidente.

É uma história que se repete a cada eleição.

No caso, Bolsonaro havia acabado de quebrar a cara no PSC e no Patriotas e Bebianno acertou a ida do grupo, em bloco, para o PSL, que pertencia a um profissional estabelecido há muito tempo, Luciano Bivar.

Na negociação, Bivar concordou inclusive em ceder seu posto de presidente eterno do PSL a Bebianno, mas apenas durante o período das eleições. Bebianno conduziu o partido e todas as negociações pertinentes durante o período combinado. A gestão do fundo eleitoral era uma dessas atribuições. Isso costuma dar brigas de faca.

Não dá para imaginar que Bivar tenha cedido seu posto vitalício por motivos ideológicos ou patrióticos. Deve ter havido negociação envolvendo dinheiro para campanhas, como se fazia na politica tradicional, à qual o PSL diz que não pertence mais. Quem conhece os caminhos dos recursos acredita que parte do pagamento teria sido feita com dinheiro do fundo eleitoral.

Como a lei eleitoral obriga que um percentual (5%) do fundo tem que ser aplicado em campanhas de mulheres, explica-se o gênero preferencial das laranjas. Podem ter repassado o dinheiro e as candidatas pagaram gráficas. Nada impede que tenham feito um punhado de panfletos para elas e também material de campanha dos verdadeiros candidatos. Com a possibilidade, inclusive, de superfaturamento para devolução, pela gráfica, de parte dos recursos para pagamentos de outros tipos de despesas (cabos eleitorais, por exemplo).

Quando a notícia estourou na Folha, Bebianno apontou Luciano Bivar como o responsável pelos repasses. Bivar negou e devolveu. Bolsonaro, quando viu o risco, se fez de desentendido e autorizou o filho a atacar o ministro, que reagiu.

É bem possível que a reforma da Previdência, que virou panaceia para todos os males da política brasileira, salve não apenas Bebianno, mas todo mundo. Se o ex-juiz Sérgio Moro quiser ir a fundo nas investigações que o chefe anunciou, porém, é possível que nem tenha muito trabalho.

É só seguir o dinheiro, Moro!
 
Fonte: JL/por Helena Chagas
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
23/03/19, 09:52 | CRIMES - Bolsonaro abandona Temer e diz ter vergonha da corrupção
23/03/19, 09:39 | RISCO - Barragem da Vale em Barão de Cocais entra em alerta máximo
23/03/19, 09:27 | INTERNACIONAL - Polícia chilena reprime protesto contra visita de Bolsonaro
23/03/19, 09:15 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Vizinho de Temer é apontado como 'caixa-forte' do ex-presidente
23/03/19, 09:02 | CRISE - Governo é “deserto” de ideias e trabalhou contra minha reeleição, diz Maia. “Quem foi contra a reforma foi Bolsonaro”
23/03/19, 08:44 | ECONOMIA - Preço da gasolina sobe pela 4ª semana e acumula alta de 3,5% em um mês
22/03/19, 21:22 | POLÍTICA - Dois assessores de Bolsonaro doaram mais de R$ 100.000 reais a campanhas da família
22/03/19, 20:45 | CRISE - Bolsonaro compara Maia a namorada que separa e pede diálogo
22/03/19, 20:36 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Ministro do Supremo nega liberdade ao ex-ministro Moreira Franco
22/03/19, 17:45 | ARTIGO - Prisão de Temer não merece comemoração e nem solidariedade
22/03/19, 17:23 | ARTIGO - Entregou o coração da Democracia numa bandeja e foi para a cadeia
22/03/19, 16:53 | ECONOMIA - Devedores contumazes da União poderão ter CNPJ cancelado
22/03/19, 16:47 | POLÍTICA - 'Será necessário o uso da força na Venezuela', diz filho de Bolsonaro
22/03/19, 16:42 | POLÍTICA - Isolado, Temer vivia amargurado desde que deixou a presidência
22/03/19, 16:20 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Michel Temer fica em silêncio em depoimento na Políca Federal no Rio
22/03/19, 16:13 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Desembargador nega liminar em habeas corpus e Temer permanece preso
22/03/19, 13:48 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Veja as 10 investigações e acusações contra o ex-presidente Temer
22/03/19, 13:15 | NOMEAÇÕES - Comissionado que não atender critério de idoneidade será exonerado
22/03/19, 13:12 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Associação dos Delegados da PF defende ação na prisão de Temer
22/03/19, 13:10 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Temer, Moreira e coronel Lima prestam depoimento na PF no Rio
22/03/19, 12:51 | EDITORIAL O GLOBO - Prisão do ex-presidente Temer é demonstração de força da Lava-Jato
22/03/19, 11:58 | PREVENÇÃO - Com alerta de temporais, Governo envia mais 20 bombeiros a Parnaíba-PI
22/03/19, 11:48 | MELHOR AMIGO - Cães permanecem ao lado de motorista após acidente e são resgatados
22/03/19, 11:36 | CRIME - Justiça bloqueia bens de investigados por fraude em licitações de obras no Piauí
22/03/19, 11:30 | ARTIGO - As elites racharam e o pacto que lhes deu poder agora corre risco
22/03/19, 11:23 | POLÍTICA - Rodrigo Maia avisa Guedes que está fora da articulação para Reforma da Previdência
22/03/19, 11:05 | POLÍTICA - Maia se irrita com Carlos e ameaça 'abandonar' Previdência
22/03/19, 10:56 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Delação que pode atingir Fux faz STF ligar sinal vermelho
21/03/19, 20:39 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Juiz: Prisão de Temer é para evitar destruição de provas
21/03/19, 20:35 | PRISÃO - Sobre prisão de Temer, Bolsonaro diz: 'Justiça nasceu para todos'
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site