CBN - A rádio que toca notícia

CRIME

Médium de Goiás é suspeito de quatro mortes em dois estados

Antônio Miguel Rodrigues, de 53 anos, está sendo investigado pela polícia em lugares onde parentes das vítimas registram queixas desde a semana passada

11/01/19, 15:27

U

m médium de Aparecida de Goiânia (GO) que faz cirurgias espirituais é considerado suspeito em quatro casos de homicídios e um de lesão corporal grave em pessoas que se submeteram aos seus procedimentos na Bahia e em Goiás. Antônio Miguel Rodrigues, de 53 anos, está sendo investigado pela polícia dos dois Estados, onde parentes das vítimas registram queixas desde a semana passada.

As primeiras denúncias ocorreram no dia 4 na delegacia de Barreiras (BA), onde mais de 500 pessoas da Bahia, Sergipe, Piauí e Tocantins se submeteram às cirurgias em 10 de novembro do ano passado.

A polícia informou que há mais de um ano o médium fazia as cirurgias espirituais na Bahia, ao menos uma vez por mês, e cobrava por elas e pelos medicamentos manipulados e alimentos para uma dieta que a pessoa deveria seguir.

Entre as vítimas estão Vanderluce Soares dos Santos, de 42 anos, e Arnaldo Domingos dos Passos, de 78 anos, que morreram de infecção generalizada, respectivamente, nos dias 29 e 31 de dezembro de 2018 no Hospital do Oeste, em Barreiras.

Uma das filhas de Passos, que procurou a delegacia e prefere não divulgar o nome, contou que após o pai começar a ter os problemas, "o médium ainda falou que não era para a gente levá-lo ao médico". Para ela, "o médium é um charlatão".

A vítima de lesão corporal grave é o aposentado Mário Joaci Pereira Rocha, de 71 anos, que fez cirurgias para a retirada de líquidos nos testículos. Segundo o idoso, os órgãos foram perfurados com oito agulhas pelo médium. "Os relatos eram de que ele fazia cirurgia espiritual, mas na hora lá ele enfiou oito agulhas nos meus testículos", contou ele.

Ainda de acordo com Rocha, ele foi colocado deitado em uma sala com outras 20 pessoas, que também foram operadas de uma vez pelo médium. "Ele mexia em um, depois outro. Ia passando e a gente vendo aquilo, assustado", disse. Os testículos dele foram furados sem anestesia.

"A primeira furada foi uma dor horrível, depois veio a segunda, maior ainda, e da terceira em diante fiquei anestesiado de tanta dor. Nunca senti tanta dor na vida", conta o aposentado.

A polícia investiga as condições do ambiente onde eram realizados os procedimentos em Barreiras, uma vez que parentes das vítimas relataram que o médium usava objetos como tesoura, bisturis e agulhas.

Em Aparecida de Goiânia, onde as denúncias contra o médium apareceram depois que a polícia da Bahia iniciou as investigações, relatos apontam até para o uso de martelo nos procedimentos.

As vítimas em Aparecida de Goiânia são Sebastiana Peixoto Pires, de 73 anos, morta ano passado, e Raimunda Souza Matos, de 52 anos, morta em 2015 no centro espírita do médium.

"Uma das filhas (de Sebastiana) que acompanhou a mãe na cirurgia falou que ele usava instrumentos, como bisturi, tesouras, seringa, e relatou uma história que ele usou um martelo numa situação específica, dentro da sala de cirurgia", disse a delegada Cybelli Tristão.

Resposta

À polícia, o médium alegou inocência com relação aos casos da Bahia. Ele é responsável por um centro espírita chamado Grupo Espírita Bezerra de Menezes, em Aparecida de Goiânia. Ele chegou a se apresentar à polícia de Goiás no dia 5, mas ainda não havia registro de denúncias contra ele na cidade goiana. O depoimento do médium no Estado será na próxima semana.

A reportagem não conseguiu contato com o médium Antônio Miguel Rodrigues nem com o centro espírita Bezerra de Menezes nesta quinta-feira, 10. Já a Federação Espírita Brasileira (FEB) declarou que não poderia se manifestar sobre o assunto porque não tem conhecimento se o médium tem sua atividade reconhecida pela representação estadual da entidade. O escritório regional não foi localizado nesta quinta-feira.
 
Fonte: JL/Estadão
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/01/19, 09:27 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Coaf aponta que Flávio Bolsonaro recebeu 48 depósitos suspeitos em 1 mês, no total de R$ 96 mil
18/01/19, 17:19 | ESCÂNDALO - As principais contradições da família Bolsonaro no caso Queiroz
18/01/19, 17:09 | SUPREMO - ‘Foro só vale no cargo’, diz Marco Aurélio sobre pedido de Flávio
18/01/19, 17:05 | ESCÂNDALO - Heleno diz que Bolsonaro vê caso Queiroz como ‘assunto do Flávio’
18/01/19, 16:50 | POLÍTICA - Bolsonaro nomeia secretária acusada de improbidade e danos ao erário
18/01/19, 16:16 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Caso Fabrício Queiroz: origens, cronologia dos fatos e personagens
18/01/19, 15:08 | PRÊMIO - Unesco anuncia Rio como primeira Capital Mundial da Arquitetura
18/01/19, 15:05 | EDUCAÇÃO - Aumenta pela primeira vez desde 2011 nota máxima na redação do Enem
18/01/19, 15:02 | DECISÃO - Governo prorroga por um ano Operação Acolhida a venezuelanos
18/01/19, 14:35 | INTERNACIONAL - Apoio de Bolsonaro à oposição venezuelana coloca Brasil em risco de guerra
18/01/19, 14:32 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Para jurista, Bolsonaro ‘passou recibo’ sobre sua relação com caso Queiroz
18/01/19, 14:30 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Em duas campanhas, Onyx recebeu R$ 200 mil de fabricante de armas
18/01/19, 13:35 | PARLAMENTO - Senadores gastaram R$ 21 milhões da Cota Parlamentar em 2018
18/01/19, 13:16 | REPERCUSSÃO - Mourão sobre pedido de Flávio Bolsonaro: 'Vou aguardar esclarecer'
18/01/19, 13:14 | REPERCUSSÃO - Ministro diz que pedidos como o de Flávio Bolsonaro vão para o 'lixo'
17/01/19, 22:02 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Fux diz que “protege” processo ao suspender o caso Queiroz
17/01/19, 21:59 | REPERCUSSÃO - Líderes do MBL criticam Flávio Bolsonaro por caso Queiroz
17/01/19, 21:54 | INTERNACIONAL - Atentado com carro-bomba mata ao menos dez em Bogotá
17/01/19, 21:41 | POLÍTICA - Área militar do governo mostra desconforto com suspensão da investigação do caso Queiroz
17/01/19, 21:21 | POLÊMICA - Ministros do STF ficaram surpresos com pedido de Flávio Bolsonaro
17/01/19, 17:59 | CRIME - Bernardo Mello Franco: Flávio Bolsonaro diz que não é, mas age como investigado
17/01/19, 17:48 | CASO QUEIROZ - 'Eu não quero foro privilegiado', disse Jair Bolsonaro ao lado de Flávio em 2017
17/01/19, 17:40 | POLÊMICA - Desembargadora que atacou Marielle diz que Boulos vai ser 'recebido a bala'
17/01/19, 16:41 | ARTIGO JURÍDICO - Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica
17/01/19, 16:22 | POLÊMICA - Liberação da posse de armas é 'projeto de morte mal-intencionado'
17/01/19, 16:17 | POLÊMICA - Ativistas temem explosão da violência no campo com flexibilização da posse de armas
17/01/19, 16:12 | REPERCUSSÃO - Decreto sobre armas pode elevar feminicídios e suicídios, aponta Sou da Paz
17/01/19, 14:35 | DESCASO - Prefeito de Luzilândia comete crime de improbidade e Receita bloqueia recursos
17/01/19, 13:54 | DESCASO - Deputado defensor da liberação da caça de animais vai comandar órgão de proteção florestal
17/01/19, 13:46 | CRIME - Policiais prendem suspeito de ter participado de ataque a Martha Rocha
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site