CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Médica que vaiou cubanos chefiará Mais Médicos em 2019

Alexandre Padilha disse que a escolha aponta para uma "mentalidade que pensa na população inserida na Saúde Pública como privilégio"

05/12/18, 16:29

A

médica pediatra Mayra Pinheiro, que ficou famosa por hostilizar os médicos cubanos no Ceará, foi escolhida para ser a futura secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (STGES), pasta responsável pelo programa Mais Médicos. A indicação foi feita pelo futuro ministro da Saúde, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS).

Em 2013, Mayra ficou conhecida após participar de protesto contra a chegada de médicos cubanos no Ceará. Uma foto publicada pela Folha de S.Paulo, mostra ela gritando e mandando eles de volta para a "senzala". 

Em sua conta no Twitter, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha criticou a escolha. "Esse ato preconceituoso aponta para uma mentalidade que não pensa a população inserida na Saúde Pública como direito, mas como privilégio da Casa Grande", publicou.

Após o caso, ela se candidatou duas vezes para o Congresso Nacional. Em 2014, disputou eleição para cargo de deputada federal, pelo PSDB, mas não se elegeu. Neste ano, tentou uma vaga no Senado pelo Ceará, mas também não obteve sucesso.

Ao jornal O Povo, a pediatra, que também presidiu o Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec), afirma que sua atuação será para corrigir o que chama de "distorções" do Mais Médicos. Segundo Mayra, o programa se resume a convocar profissionais de outros países quando, "na lei, contempla tanto a formação médica quanto o ensino nas universidades e especialização de profissionais".
 
Mais Médicos

Em novembro, o Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou a saída do Programa Mais Médicos no Brasil. O rompimento, de acordo com os cubanos, se deve a ataques feitos pelo presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, aos 8.300 profissionais do exterior. 

Até esta terça (4), dos 34.653 inscritos no Mais Médicos, apenas 3.276 já haviam se apresentado ou iniciado as atividades no programa. No novo edital também, o governo de Michel Temer (MDB) retirou 1.600 vagas de 1.000 municípios que aguardavam reposição de médicos cubanos.

A saída dos médicos cubanos – criticados pela futura gestora –, foi lamentada por boa parte da população mais carente.
 
Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
16/12/18, 19:22 | PRÊMIO - Bolsonaro vence na França prêmio 'Racista do Ano' e 'Misógino do Ano'
16/12/18, 19:14 | POLÍTICA - Roberto Requião prevê “curta duração” para o governo Bolsonaro
16/12/18, 19:11 | HOMENAGEM - Lula ganha Prêmio Chico Mendes e ressalta a luta em defesa da Amazônia
16/12/18, 17:00 | ESCÂNDALO SEXUAL - Médium João de Deus se entrega à polícia em Goiás após ser considerado foragido
16/12/18, 16:41 | ESCÂNDALO - Filhos de Bolsonaro homenagearam ex-assessor por 'brilhantismo'
16/12/18, 16:26 | SAÚDE - Tratamento brasileiro contra Aids se consolida como referência mundial
16/12/18, 16:19 | ESCÂNDALO - Oposição quer CPI sobre caso de ex-assessor de Flávio Bolsonaro
16/12/18, 15:35 | CONTAS PÚBLICAS - Um terço dos municípios deve fechar o ano com contas no vermelho
16/12/18, 15:29 | ENTREVISTA - Ministro Edson Fachin: 'STF é muito maior do que a Lava Jato'
16/12/18, 15:25 | ESCÂNDALO - Polícia Civil já fez buscas por João de Deus em mais de 30 endereços
16/12/18, 14:18 | RELATÓRIO - Omissão do Judiciário leva à morte uma em cada 10 vítimas de tortura
16/12/18, 14:14 | POLÍTICA - Bolsonaro verá realidade se impor a discurso em sua relação com o Congresso
16/12/18, 13:09 | ARTIGO - Direitos Humanos, Direito à Vida e Pena de Morte
16/12/18, 12:35 | SAÚDE - Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias
16/12/18, 12:30 | MEIO AMBIENTE - COP24: países definem regras para implementar Acordo de Paris
16/12/18, 12:21 | POLÍTICA - Bolsonaro reúne-se, na 4ª feira, pela 1ª vez com seus 22 ministros
16/12/18, 12:18 | POLÊMICA - Eduardo Bolsonaro quer plebiscito sobre pena de morte
16/12/18, 12:10 | POLÊMICA - Bolsonaro diz que pena de morte não será debatida em seu governo
15/12/18, 21:47 | CELEBRIDADE - Maisa é a adolescente com mais seguidores no Instagram no mundo
15/12/18, 21:16 | CRIMES - Ministério Público afirma que João de Deus já é considerado foragido
15/12/18, 21:05 | ECONOMIA - Aeroportos da Infraero devem receber 5 milhões de pessoas até janeiro
15/12/18, 20:58 | PROGRAMAÇÃO - Museu do Amanhã festeja 3 anos e mais de 3 milhões de visitantes
15/12/18, 20:13 | ANÁLISE - Queiroz precisa reaparecer e indicar para quem repassou o R$ 1,2 milhão
15/12/18, 16:02 | CRIMES - João de Deus retirou R$ 35 milhões de contas bancárias após primeiras denúncias, dizem investigadores
15/12/18, 15:24 | HISTÓRIA - Falsos profetas: relembre líderes espirituais metidos em escândalos
15/12/18, 15:10 | NOVO ESCÂNDALO - Funcionários doavam salários inteiros para campanha de Jair Bolsonaro
15/12/18, 14:47 | CRIMES - Caso João de Deus pode ser maior escândalo sexual do país, diz promotor
15/12/18, 13:50 | ESCÂNDALO - Jornal alemão diz que sombra da corrupção ronda clã Bolsonaro
15/12/18, 13:31 | INVESTIGAÇÃO - Ex-chefe de gabinete doava mais que o salário aos filhos de Bolsonaro
15/12/18, 13:24 | ENTREVISTA - Moro diz que Lula 'fez coisas boas' e lamenta condenação
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site