CBN - A rádio que toca notícia

OPINIÃO

'Decisão do STF sobre Bolsonaro legitima o racismo no Brasil', diz professo

"Brancos podem ser racistas desde que seja na forma de 'humor'. Se for um racismo em tom jocoso, (para eles) não tem problema, mas ainda é uma expressão de desprezo e ódio", critica o docente

12/09/18, 23:12

A

decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de rejeitar a denúncia por racismo contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) é alvo de críticas. Para o professor de Direitos Humanos e doutor em Harvard Adilson José Moreira, a decisão mostra que ódio racial é livre e que não há proteção de direitos das pessoas negras.

Autor da obra "O que é Discriminação?", em parceria com a Editora Letramento, o professor afirma a decisão legitima o racismo. "Ela acompanha milhares de outras decisões acerca do racismo, na qual o Judiciário, um poder controlado por homens brancos, referenda a ideia de que o crime de racismo não tem punição", critica.

O Supremo julgou uma fala do deputado federal durante uma palestra palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril do ano passado, na qual fez a seguinte afirmação: "Fui em um quilombola (sic) em Eldorado Paulista. O afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas. Não fazem nada! Eu acho que nem para procriador eles servem mais".  A denúncia foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e dizia que o candidato "destilou ódio". A defesa do político argumenta que foi uma "piada".

"Brancos podem ser racistas desde que seja na forma de 'humor'. Se for um racismo em tom jocoso, (para eles) não tem problema, mas ainda é uma expressão de desprezo e ódio", critica o docente.

Nesta terça-feira (11), por três votos a dois, os ministros entenderam que o deputado não cometeu o crime, porque estava protegido pela liberdade de expressão e, alegando ainda a imunidade parlamentar de Bolsonaro, arquivaram o caso.

O professor Adilson classifica como "problemático" o fato de juízes brancos julgarem o que é racismo. "As pessoas julgam casos a partir de uma posição jurídica, mas também de uma posição subjetiva. Todos aqueles juízes são brancos, heterossexuais, de classe média alta, que nunca sofreram preconceito. Quando você está numa posição de privilégio, você não tem conhecimento das consequências psicológicas e sociais que isso tem na vida das pessoas", afirma.

Outro ponto criticado pelo especialista é o voto do ministro Alexandre de Moraes, que classificou a declaração de Bolsonaro como "grosseria". "Ele relativiza o racismo e também a moral das pessoas negras. Ele considerar que afirmar que 'negros não são cidadãos' é apenas mera grosseria é uma violação aos preceitos básicos dos direitos humanos."

Por fim, o professor alerta que a decisão terá impacto nas eleições presidenciais deste ano, já que, segundo ele, o STF endossou a construção da "agenda do ódio" construída por Bolsonaro contra grupos minoritários. "Os eleitores deles querem argumentos para manter seus privilégios e isso depende da continuidade do racismo, do sexismo e da homofobia", lamenta.

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/04/19, 16:47 | VATICANO - Papa se prostra diante de Jesus adorando o mistério da Santa Cruz
19/04/19, 16:32 | TRAGÉDIA - "O Exército matou meu filho", diz mãe de catador fuzilado por militares
19/04/19, 16:15 | POLÊMICA - Mello Franco: Toffoli tentou erguer um escudo para proteger a si mesmo
19/04/19, 15:48 | ARTIGO - Quando a nobreza se cala
19/04/19, 13:32 | HOMICÍDIO DOLOSO - Justiça do Rio decreta prisão de três pelas mortes em desabamento de prédios
19/04/19, 11:13 | ESPORTE - Concessão do Maracanã passa hoje para o Clube do Flamengo
19/04/19, 11:10 | INTERNACIONAL - Povo francês se une para reconstrução da Catedral de Notre-Dame
19/04/19, 11:06 | INTERNACIONAL - "Coletes amarelos" são proibidos de protestar na área da Notre-Dame
19/04/19, 10:02 | POLÍTICA - FHC, o apartamento na Avenue Foch e sua vida de rico em Paris
19/04/19, 09:48 | ENTREVISTA - 'Presidente brasileiro apoia assassinos e Moro quer militares agindo na impunidade', diz senador francês
19/04/19, 09:36 | POLÍTICA - FHC ataca Alan Garcia no dia do seu enterro e recebe respostas duras de internautas
19/04/19, 09:18 | ARTIGO - O Jair candidato e o Bolsonaro presidente
19/04/19, 09:14 | PERSEGUIÇÃO - Professor é demitido depois de criticar Bolsonaro durante aula em São José dos Campos
19/04/19, 09:09 | POLÊMICA - Dias Toffoli diz que no fim do inquérito a sociedade vai reconhecer acerto do STF
19/04/19, 08:46 | ARTIGO - Togas em chamas: Judiciário cai na instabilidade que ajudou a criar
19/04/19, 08:37 | POLÍTICA - 'Bolsonaro só foi viável com impeachment fajuto, prisão de Lula e fake news'
19/04/19, 06:38 | POLÍTICA - Lula é liberado pelo Supremo Tribunal Federal para conceder entrevistas
18/04/19, 21:57 | IMBRÓGLIO - Ministro revoga decisão que censurava sites e punia críticos do Supremo
18/04/19, 17:16 | POLÍTICA - Cesar Maia: 'Meu filho na Presidência da Câmara é um prêmio para Bolsonaro'
18/04/19, 17:08 | CRIMINALIDADE - A ascensão da Okaida, facção criminosa com 6 mil 'soldados' na Paraíba
18/04/19, 16:53 | IMBRÓGLIO - Marco Aurélio chama de ‘mordaça’ decisão de Moraes de tirar reportagens do ar
18/04/19, 16:36 | ESPORTE - Lateral do Fluminense sofre tentativa de assalto após jogo no Maracanã
18/04/19, 15:08 | EDUCAÇÃO - No Dia do Livro Infantil, escritora dá dicas para incentivar a leitura
18/04/19, 14:59 | ECONOMIA - Ministro da Economia diz que está preparando sequência de medidas fortes e positivas
18/04/19, 14:51 | DENÚNCIA - Jair Bolsonaro empregou doadores de campanha do filho Carlos Bolsonaro
18/04/19, 14:23 | EXECUÇÃO - Morre catador que tentou ajudar músico fuzilado pelo Exército no Rio
18/04/19, 14:09 | POLÊMICA - Servidores do Meio Ambiente criticam ministro em carta aberta à sociedade
18/04/19, 13:53 | ARTIGO - A razoável duração do processo
18/04/19, 13:02 | ENTREVISTA - ‘Não podemos deixar o ódio entrar na nossa sociedade’, afirma Dias Toffoli
17/04/19, 20:06 | POLÍTICA - Com governo desarticulado, Centrão dá as cartas e força mudança em reforma
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site