CBN - A rádio que toca notícia

MOVIMENTO

Centrais sindicais realizam paralisações contra a perda de direitos em todo país

Paralisações e marchas em diversos locais do Brasil lutam contra a perda de direitos e apoiam candidatura Lula

10/08/18, 16:58

C

onvocado pelas centrais sindicais e pelas frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, o Dia do Basta ocorre em todo o Brasil, nesta sexta-feira (10), com diversas paralisações, atrasos de turno e marchas. Com o objetivo de lutar contra a perda de direitos que ocorre no Brasil desde o golpe parlamentar de 2016, a mobilização também busca apoiar o direito a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba (PR). 

A iniciativa, aprovada em 6 de junho, no Fórum das Centrais, conta com a participação da CUT, CTB, Força Sindical, UGT, Nova Central, CSB, Intersindical e Conlutas. Os atos pretendem chamar a atenção dos trabalhadores e da sociedade para os graves problemas que o país está passando, como desemprego e a retirada de direitos sociais.

Entre as motivações para a mobilização estão a retomada do poder da Petrobrás e a questão do desemprego e o apoio ao presidente Lula pela capacidade que ele possui de barrar a perda de direitos. "É importante a volta da geração de emprego. Com essa reforma trabalhista, o desemprego e a precarização da mão-de-obra só vai se acentuar e o Lula pode mudar este quadro. Tem a reforma da Previdência também e dependendo de quem for eleito poderemos ter uma votação neste sentido, no próximo semestre", explica a secretária estadual de comunicação da CUT, Adriana Oliveira Magalhães.

"Eu também sou bancária. A categoria bancária está em campanha salarial e a gente se juntou a essa mobilização", afirma a dirigente que lembra ainda das altas taxas de lucros dos bancos. Magalhães também destaca que o atual governo de Michel Temer (MDB) quer abrir ainda mais o setor para capital privado, o que prejudicaria ainda mais a situação dos trabalhadores. 

Atos

Uma das principais mobilizações ocorre na Avenida Paulista, região central da cidade de São Paulo. A concentração aconteceu a partir das 10h, em frente a sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), e reuniu categorias como bancários, servidores públicos, químicos, petroleiros e eletricitários.

Os metalúrgicos do ABC realizam assembleia no pátio da Mercedes-Benz. No interior do estado e na Grande São Paulo, os trabalhadores dos transportes, ligados a sindicatos filiados à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte e Logística (CNTTL), paralisam as atividades no período da manhã. Os petroleiros de São Paulo fazem atrasos de turnos.

Em Fortaleza uma caminhada pelas principais ruas da cidade marcou a mobilização desta sexta. Em Salvador, paralisações ao longo da manhã foi seguida de uma caminhada no Comércio (Mercado Modelo). Em Vitória, aconteceu uma carreata pelas principais avenidas da capital capixaba até a Praça Costa Pereira, no centro da cidade. Na Praça, advogados explicaram à população os efeitos da cruel reforma trabalhista. Em São Luís, aconteceu uma grande mobilização e paralisação na barragem do Bacanga em frente a UFMA (Universidade Federal do Maranhão). 

Em Campo Grande, acontece passeata, com concentração no centro da cidade. Nenhuma escola vai funcionar no Dia Nacional do Basta em todo o estado. Em Porto Alegre, ocorre uma concentração em frente à sede da Fecomércio. Depois, os manifestantes sairão em caminhada até a Praça da Matriz, onde será realizado um ato em frente ao Palácio Piratini. Diversas outras cidades pelo país também realizaram atos semelhantes contra o desmonte de direitos e a defesa da democracia.

Fonte: JL/Brasil de Fato
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
22/02/19, 16:54 | PLANALTO - Bolsonaro faz reunião de emergência para tratar da crise na Venezuela
22/02/19, 16:47 | PREVENÇÃO - Bebianno entrega cartas a conhecidos: 'Se algo acontecer comigo, abram'
22/02/19, 16:41 | REFORMA - Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
22/02/19, 16:13 | CONFRONTO - Exército da Venezuela abre fogo contra opositores e mata 2 na fronteira
22/02/19, 16:10 | PREVIDÊNCIA - Reforma: contribuir por até 40 anos será desafio quase inalcançável
22/02/19, 16:05 | INVESTIGAÇÃO - Denúncias e pedido de foro ampliam suspeitas de corrupção no PSL
22/02/19, 13:53 | REFORMAS - 'Reforma' da Previdência abre caminho para Bolsonaro 'aposentar' ministros do STF
22/02/19, 13:15 | INVESTIGAÇÃO - Os novos rolos que envolvem Flávio Bolsonaro
22/02/19, 13:08 | POLÊMICA - Juristas representam contra Moro e pedem que MPF apure suspeita de improbidade administrativa
22/02/19, 12:59 | ECONOMIA - Declaração do IR deve ser entregue entre 7 de março e 30 de abril
22/02/19, 12:26 | ESCÂNDALO - Vaza capa de Istoé com ameaças de Bebianno a Jair Bolsonaro; revista ainda mira o filho, Flávio
22/02/19, 12:18 | POLÊMICA - Deputado denuncia manobra de Bolsonaro para aparelhar STF com reforma da Previdência
22/02/19, 12:14 | JUSTIÇA - Joice Hasselmann é condenada a indenizar Roberto Requião em R$ 20 mil
22/02/19, 12:02 | INVESTIGAÇÃO - Candidatas do partido de Bolsonaro declaram compra de 10 milhões de santinhos a 48 horas das eleições
22/02/19, 07:56 | INTERNACIONAL - Caravana que prepara ajuda humanitária é atacada na Venezuela
22/02/19, 07:50 | LARANJAL - Vice-presidente 'acha' que ministro do Turismo será demitido
22/02/19, 07:36 | SUSPEITA DE CORRUPÇÃO - Polícia Federal faz buscas em endereços do senador Ciro Nogueira
22/02/19, 07:20 | CRIME - MPF vai apurar se Flávio Bolsonaro lavou dinheiro com imóveis
21/02/19, 22:13 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Procuradora reitera ao Supremo que receba denúncia contra 'quadrilhão do MDB'
21/02/19, 21:40 | JUDICIÁRIO - Quatro ministros do STF votam para enquadrar homofobia como crime de racismo
21/02/19, 21:37 | INDENIZAÇÃO - Famílias recusam proposta do Flamengo e impasse continua
21/02/19, 21:28 | POLÍTICA - Senado pode antecipar indicação de relator da reforma da Previdência
21/02/19, 16:11 | ARTIGO - Previdência Social x Assistência Social
21/02/19, 15:52 | POLÊMICA - Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
21/02/19, 15:46 | PREVIDÊNCIA - 'Reforma' vai criar país de idosos pedindo esmola, diz economista
21/02/19, 14:04 | POLÍTICA - Oposição tranca pauta da Câmara em protesto à reforma da Previdência
21/02/19, 13:57 | POLÍTICA - Centrão ameaça e diz que reforma não avança sem diálogo com o Planalto
21/02/19, 13:45 | ECONOMIA - Ford anuncia fechamento de sua fábrica em São Bernardo do Campo
21/02/19, 13:43 | POLÍTICA - TSE rejeita consulta de Bolsonaro sobre doação de sobras de campanha
21/02/19, 07:47 | PREVIDÊNCIA - Reforma de Bolsonaro quer criar uma legião de idosos miseráveis no Brasil
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site