CBN - A rádio que toca notícia

ARTIGO

O magistrado e o exaurimento da jurisdição

Portanto, uma vez prolatada e publicada a sentença o juiz cumpre e encerra o ofício jurisdicional no respectivo processo-crime. Encerrada sua função, não mais cabe ao magistrado se manifestar sobre a causa

10/07/18, 13:41

Por Nixonn Freitas Pinheiro, advogado (foto)

N

o Direito Penal e no Processual Penal, tal qual no âmbito civil, colhemos uma questão jurídica de substancial relevância constitucional: “o exaurimento da função jurisdicional” ou simplesmente o “exaurimento da jurisdição”.

Segundo Ricardo Benevenuti Santolini, especialista em Direito Penal e Processo Penal, em seu compêndio “A Jurisdição no Processo Penal”, jurisdição existe para vários ramos do direito. Pela definição de Giuseppe Chiovenda - cita o especialista -, jurisdição é “a função do Estado que tem por escopo a atuação da vontade concreta da lei por meio da substituição, pela atividade de órgãos públicos, na atividade de particulares ou de outros órgãos públicos, já no afirmar da existência da vontade da lei, já no torná-la, praticamente, efetiva.” José Frederico Marques é ainda mais objetivo, dizendo que é “a função estatal de aplicar as normas da ordem jurídica em relação a uma pretensão”.

Quando se exaure, então, a função jurisdicional? Em outros termos, interroga-se: “Quando termina a função do juiz no processo-crime, por exemplo?” A resposta é simples: “Quando há a prolação da sentença”. É justamente aqui que se encerra a prestação jurisdicional, a função judicante no processo-crime. Aqui surge a figura jurídica do “juiz sentenciante”. Após, o juiz tem apenas uma oportunidade para se manifestar processo-crime: quando julga admitindo ou não o recurso de embargos de declaração.

Havendo recurso de apelação contra uma sentença condenatória ou absolutória, seja pelo Ministério Público ou pelo sentenciado (quando condenado), o juiz sentenciante se desliga do processo-crime.

Transitada em julgado a sentença, o juiz sentenciante somente voltará ao respectivo processo-crime se ele próprio for o juízo competente da execução da pena. Isso ocorre quando em uma determinada Comarca ou jurisdição houver Vara Única. Caso contrário, transitada em julgado ou não a sentença o processo-crime segue para o juízo da execução da pena e não para o juízo sentenciante, seja para a execução provisória ou definitiva da pena.

Portanto, uma vez prolatada e publicada a sentença o juiz cumpre e encerra o ofício jurisdicional no respectivo processo-crime. Encerrada sua função, não mais cabe ao magistrado se manifestar sobre a causa.

Esgotada a função jurisdicional do juiz sentenciante, seja para executar a pena provisoriamente, seja para executá-la definitivamente, a competência e a função jurisdicional se transfere para a alçada do juízo da Execução da Pena, que tem por objetivo efetivar as disposições da sentença ou de decisão criminal e proporcionar condições para a harmônica integração social do condenado e do internado. Portanto, a execução penal competirá ao Juiz indicado na lei local de organização judiciária e, na sua ausência, ao da sentença. Seja execução provisória ou definitiva.

O art. 66, da Lei Federal nº 7.210, de 11 de julho de 1984, define as competências do juiz da execução penal, entre as quais a de aplicar aos casos julgados lei posterior que de qualquer modo favoreça o condenado; declarar extinta a punibilidade; decidir sobre soma ou unificação de penas; progressão ou regressão nos regimes; detração e remição da pena; suspensão condicional da pena; livramento condicional; incidentes da execução, etc., etc.

Fonte: JL
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
17/07/18, 19:38 | ECONOMIA - Aneel reajusta tarifas e conta de luz vai ficar até 3,86% mais cara
17/07/18, 15:00 | POLÍTICA - Agência Xeque analisa a campanha da Globo contra Crivella
17/07/18, 14:51 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Na Justiça de Minas, PF encontra barreiras para investigar Aécio
17/07/18, 14:48 | ESTATÍSITCA - Mortes por intervenção policial dão salto no RJ, diz ISP
17/07/18, 14:42 | VIOLÊNCIA - Suspeito de assaltos finge desmaio para escapar de linchamento
17/07/18, 14:16 | CRIME - PF prende 13 em operação contra roubo de cargas em 6 estados
17/07/18, 14:12 | ESPORTE - Neymar sofre desvalorização de 11,1% após a Copa do Mundo
17/07/18, 14:07 | METEOROLOGIA - Catástrofe deixa 224 mortos e 17 desaparecidos no Japão
17/07/18, 14:03 | ESTIMATIVAS - Mortalidade infantil do Brasil sobe pela 1ª vez desde 1990
17/07/18, 12:40 | FRAUDE - PF desarticula grupo que clonava celulares de ministros de Temer
17/07/18, 12:32 | AÇÃO PENAL - Perícia comprova: verba da Odebrecht não foi para o sítio de Atibaia
17/07/18, 12:15 | ARTIGO - Juiza diz que perseguição a desembargador federal lembra ditadura
17/07/18, 11:56 | ECONOMIA - Acordo comercial UE-Japão desafia protecionismo de Trump
17/07/18, 11:53 | EPIDEMIA - PEC do Corte dos Gastos vai aumentar ainda mais a mortalidade de crianças no Brasil
16/07/18, 18:23 | CRIME - Mãe do jogador Taison é resgatada pela polícia após ter sido sequestrada
16/07/18, 18:09 | INVESTIGAÇÃO - Juiz determina bloqueio de bens de Marcelo Crivella e de mais 8
16/07/18, 17:36 | INADIMPLÊNCIA - Hospitais mantêm suspensos atendimentos pelo Iaspi e Plamta no PI
16/07/18, 17:05 | INVESTIGAÇÃO - Documento aponta que empresa de coronel Lima intermediava pagamentos ilícitos a Temer na década de 90
16/07/18, 16:25 | ACIDENTE - Engavetamento com 11 veículos deixa mortos e dezenas de feridos em MG
16/07/18, 16:10 | ESPORTE - Seleção francesa é recebida com tapete vermelho na chegada a Paris
16/07/18, 15:59 | ESPORTE - Estátua de mascote oficial da Copa de quase 2 m é roubada na Rússia
16/07/18, 15:45 | ESPORTE - “O rei sempre continuará sendo rei”, diz Mbappé em resposta a Pelé
16/07/18, 14:41 | SAÚDE - Mortalidade infantil no Brasil aumenta pela 1ª vez em 26 anos
16/07/18, 14:36 | POLÊMICA - Cármen Lúcia suspende resolução que permitia cobrar até 40% por exames
16/07/18, 14:24 | SAÚDE - Operadoras de planos de saúde deixam de ressarcir SUS em quase R$ 2 bi
16/07/18, 13:46 | ECONOMIA - Inadimplência atinge 63,6 milhões de consumidores no primeiro semestre
16/07/18, 13:22 | POLÍTICA - Lula completa 100 dias preso, lidera pesquisas e mantém presença na mídia
16/07/18, 13:20 | EDUCAÇÃO - MEC divulga resultado da segunda chamada do ProUni
16/07/18, 13:15 | HISTÓRIA - No centenário de Mandela, cartas que ele escreveu na prisão viram livro
16/07/18, 12:53 | SUSPEITAS - Ministério do Trabalho amanhece com salas reviradas
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site