CBN - A rádio que toca notícia

PRIVATIZAÇÃO

Federação de planos de saúde apresenta proposta que decreta o fim do SUS

Projeto da Fepraplan quer que até 2038 metade da população seja obrigada a contratar um plano privado ou pagar exames e consultas particulares, caso precise de atendimento médico

17/04/18, 07:43

O

Sistema Único de Saúde (SUS) completa 30 anos em 2018, mas seu futuro é incerto diante de projeto defendido pelas empresas, por meio da Federação Brasileira de Planos de Saúde (Febraplan). O novo sistema foi apresentado no 1º Fórum Brasil – Agenda Saúde, na última semana. Segundo o projeto, em 2038 apenas 50% da população terá acesso ao SUS, e o sistema seria privatizado.

Ainda de acordo com a federação, a outra parcela de usuários seria obrigada a contratar um plano privado ou pagar exames e consultas particulares caso precise de atendimento médico. Durante o seminário foi apresentada a proposta de desconstrução do SUS por meio de sua capacidade de financiamento.

Segundo o deputado federal Esperidião Amin (PP-SC), a justificativa está no fato do SUS ser "um projeto comunista cristão". De acordo com Arthur Chioro, ex-ministro da Saúde e professor de Medicina na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a proposta é uma aberração.

"Essa entidade que produziu o evento não tem nenhuma importância, nem para o mercado de planos de saúde. Ela conseguiu aglutinar um grupo de atores políticos muito secundários, como um deputado decadente. Em tempos de golpe, essas propostas não podem passar em branco", disse Chioro, em entrevista à repórter Nahama Nunes, da Rádio Brasil Atual.

Alexandre Padilha, também ex-ministro da Saúde, lembra que o atual governo e empresários têm interesse em sufocar o SUS e forçar os brasileiros a comprarem planos de saúde. "Os vampiros estão mostrando as garras. Quando aprovaram a regra de congelar os recursos públicos por 20 anos, na prática isso prepara o terreno para uma ideia de retirar o papel do SUS de atender as pessoas, piorando mais o atendimento, obrigando-as a migrar para o serviço privado. O dinheiro está à frente da saúde."

Padilha explica ainda que o projeto trata a saúde como mercadoria, não como um direito universal e gratuito previsto na Constituição Federal de 1988. "Essa proposta na prática quer que o Brasil volte ao passado, quando quem tinha atendimento à saúde eram aqueles com carteira assinada."

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) revelou que 70% dos brasileiros dependem do SUS para ter atendimento médico. Chioro reconhece que os usuários têm dificuldade de acessar o SUS e explica que isso ocorre porque o programa sempre foi subfinanciado.

"As pessoas dizem que o SUS não é tudo aquilo que está na Constituição, mas é preciso entender que o sistema não conseguiu garantir tudo aquilo porque, historicamente, ele foi subfinanciado. O financiamento do SUS, juntando as três esferas de governos, no ano passado foi de R$ 3,20 por dia por usuário. Uma passagem de ônibus em São Paulo é R$ 4. Isso é uma estratégia deliberada para sufocar e destruir o SUS, vendendo o serviço privado como alternativa."

Fonte: JL/RBA
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/04/18, 17:04 | SEM LICITAÇÃO - Sem licitação, a pintura de um retrato de Serra para parede custou R$ 85 mil
20/04/18, 16:59 | CORRUPÇÃO - Ex-ministro diz ter sofrido pressões de Aécio e Renan para alterar curso de investigações
20/04/18, 16:49 | PROPINA - Joesley liga Aécio a repasse de R$ 110 milhões
20/04/18, 15:53 | SAÚDE PÚBLICA - Número de casos de febre amarela cresce 57%; mortes aumentam 41%
20/04/18, 15:34 | POLÍTICA - Michel Temer e Rodrigo Maia colecionam insatisfações com cenário político
20/04/18, 15:21 | DISCURSO - Temer se compara a Tiradentes e diz que seu governo ainda será reconhecido
20/04/18, 14:26 | CRIME - MP-SP abre inquérito para investigar Alckmin por R$ 10 milhões na Lava Jato
20/04/18, 12:06 | POLÍTICA - Ex-tucano Álvaro Dias diz que aliança com PSDB está 'totalmente descartada'
20/04/18, 12:02 | POLÊMICA - Justiça mantém contribuição sindical extinta pela reforma trabalhista
20/04/18, 11:59 | CORRUPÇÃO & PROPINA - Suíça mantém R$ 2,8 bilhões da Operação Lava Jato bloqueados
20/04/18, 11:35 | CORRUPÇÃO - Fachin libera denúncia contra Geddel para análise da 2ª Turma do STF
20/04/18, 11:33 | PROPINA - Joesley diz que pagou mesada de R$ 50 mil para Aécio por dois anos
20/04/18, 10:36 | SOCIAL - Luzilândia recebe da Defesa Civil ajuda humanitária para desabrigados pelas chuvas e enchentes do Rio Parnaíba
19/04/18, 20:58 | ENCHENTES - Emergência do governo será para Batalha, Barras, Esperantina, José de Freitas, Lagoa Alegre, Cabeceiras, Campo Maior e Pimenteiras
19/04/18, 19:27 | JULGAMENTO - Marco Aurélio manda nova ação sobre 2ª instância para plenário do STF
19/04/18, 19:23 | PROPINA - Empresário diz à PF que coronel Lima arrecadava dinheiro para campanhas de Temer
19/04/18, 19:18 | PRISÃO - Supremo Tribunal concede prisão domiciliar a Paulo Maluf
19/04/18, 17:16 | CRIME - Torcedores do Corinthians são alvos de injúria racial na Argentina
19/04/18, 17:04 | CORRUPÇÃO - Gilmar Mendes prorroga investigações sobre Aécio no Mensalão
19/04/18, 16:51 | ELEIÇÕES 2018 - Joaquim Barbosa comemora pesquisa: ‘Para quem não dá entrevista, está muito bom’
19/04/18, 16:15 | ECONOMIA - Brasil precisa continuar reformas, diz chefe do FMI
19/04/18, 16:10 | ECONOMIA - Banco Central estuda criar sistema de pagamento instantâneo
19/04/18, 16:03 | TRANSPARÊNCIA - Brasil avança no controle contra lavagem de dinheiro, diz relatório
19/04/18, 14:12 | ARTIGO - Alienação Parental e a “Síndrome dos Órfãos de Pais Vivos”
19/04/18, 14:03 | ARTIGO - O feminismo e o assédio sexual
19/04/18, 13:57 | ARTIGO - Aposta na revolta
19/04/18, 13:21 | PUNIÇÃO - Lei Seca fica mais rígida a partir desta 5ª feira para punir infratores; saiba as mudanças
19/04/18, 13:09 | JUDICIÁRIO - CNJ amplia lista de informações que devem ser fornecidas por tribunais
19/04/18, 12:34 | POLÊMICA - Ao lado de Temer, comandante do Exército critica ‘banalização da corrupção’
19/04/18, 08:26 | LIBERTADORES - Apatia dentro e fora de campo: ''novo'' Flamengo é reprovado em 1º grande teste
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site