CBN - A rádio que toca notícia

VIOLÊNCIA

Escola em Teresina cria código de segurança para alunos entrarem na sala de aula e evitar assaltos

Código foi adotado para tentar diminuir o número de assaltos realizados dentro da escola. Secretaria estadual de Educação estuda adotação de segurança armada

13/04/18, 15:30

N

o bairro Poti Velho, Zona Norte de Teresina, duas unidades de educação do estado resolveram adotar uma iniciativa inovadora para tentar diminuir a quantidade de assaltos contra estudantes e funcionários: adotar um código para entrar nas salas onde acontecem mais assaltos. A medida foi aplicada após um aluno ser agredido por criminosos na última semana.

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) disse que avalia a possibilidade de disponibilizar segurança armada no prédio e a Polícia Militar do Piauí informou que intensificou o policiamento na rede escolar.

De acordo com a comunidade escolar os assaltos costumam acontecer nas salas que ficam em um mesmo corredor. A escola então adotou a estratégia de trancar as salas por dentro após a chegada dos alunos. Se um aluno precisar sair deve na volta tem de informar o nome completo e o número que está na chamada.

“A gente vem para escola para estudar, na intenção de um futuro melhor, mas a gente não está conseguindo pela falta de segurança. Fica a sensação de que qualquer hora pode acontecer novamente”, desabafou a estudante Kelly de Oliveira após a adoção da ideia na escola. O Piauí registra 48 casos de violência nas escolas a cada mês, segundo dados do Sindicato dos Trabalhadores na Educação Básica.

A decisão pela adoção do código aconteceu após cinco homens entrarem na Unidade Escolar Petrônio Portela armados e renderem professores e alunos nas salas de aula. Um estudante foi agredido na cabeça. "Mandou o pessoal ficar calado, baixar a cabeça e começou a recolher os objetos da sala. Eu estava com as mãos na cadeira e ele veio com o cabo da arma e bateu na minha cabeça. Mandou eu ficar quieto e depois saíram", contou o estudante Antônio Oliveira, sobre a agressão.

No mesmo prédio da Unidade Escolar Petrônio Portela funciona o Centro de Educação de Jovens e Adultos Gayoso e Almendra e não é a primeira vez que funcionários e alunos foram assaltados. Em uma mesma semana foram três registros de roubos no prédio. “Eles vem sempre no mesmo local, pulando o muro, por uma árvore que tem porque o muro está baixo. Tem gente que já não vem mais para a escola pela quantidade de assaltos ”, disse o estudante Thalisson Sousa.

Estudantes fazem coleta para ajudar a aumentar muro

O conselho escolar se reuniu para discutir a possibilidade de aumentar o muro da escola e colocar arames, mas faltam recursos. Os próprios alunos estão doando o material e mão de obra para realizar o serviço. "Nós vamos levantar o muro com parte dos recursos que veio da Seduc e outra parte com doações. Alunos estão doando sacos de cimento, mão de obra. Temos alunos que doam concertinas e hastes. Acreditamos que não vai resolver o problema, mas vai amenizar", comentou a secretária escolar Mauricéia Amaral.

A Secretaria Estadual de Educação informou que a Unidade Escolar Petrônio Portela fica situada em uma área vulnerável e que algumas medidas para ampliar a segurança da escola já foram tomadas. A secretaria avalia a possibilidade de disponibilizar segurança armada no prédio.

A Polícia Militar do Piauí informou que a Companhia Independente de Policiamento Escolar, juntamente com os batalhões da área vem intensificando o policiamento em toda a rede escolar. Ainda de acordo com a estatística da PM as prisões dos infratores tem sido feitas na área e geralmente são reincidentes em vários crimes.

Fonte: JL/G1PI
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
15/02/19, 17:51 | CRIME - Chefe do partido de Bolsonaro contratou empresa do filho na campanha
15/02/19, 17:35 | POLÍTICA - Noblat detona Bolsonaro: usa camisa falsa e posa como indigente
15/02/19, 17:17 | POLÊMICA - Vice manda recado para filho do presidente da República: 'Roupa suja se lava em casa'
15/02/19, 17:03 | POLÍTICA - Dica a Sergio Moro no caso dos laranjas do PSL: basta seguir o dinheiro
15/02/19, 16:50 | CRIME - Investigação sobre Queiroz vai para Grupo de Combate à Corrupção do MP
15/02/19, 16:39 | PROPOSTA - Reforma da previdência incluirá alíquota maior para servidor e aumento do prazo de contribuição de militar
15/02/19, 16:35 | POLÍTICA - FHC: Todo início de governo é desordenado, mas o atual está abusando
15/02/19, 16:29 | EVENTO - Ato na Candelária lembra vítimas de tragédias recentes no país
15/02/19, 13:18 | HISTÓRIA - CASA PAROQUIAL DE LUZILÂNDIA: A história e o primeiro batizado de uma filha da terra
15/02/19, 09:51 | CONCURSO - Brasil mostra alta gastronomia e fecha negócios na França
15/02/19, 09:46 | INSTITUCIONAL - Vice-presidente da República recebe governador do Maranhão
15/02/19, 09:43 | LUTO - Homenagem a jovens mortos no Ninho do Urubu emociona Maracanã
14/02/19, 18:48 | PROPOSTA - Previdência: proposta é de idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres
14/02/19, 18:12 | CRISE - Militares tentam conter clã Bolsonaro e evitar a demissão de Bebianno
14/02/19, 18:00 | DISCURSO - PSL abre guerra contra o clã e Alexandre Frota pede Queiroz preso
14/02/19, 17:50 | CRISE - 'Não é bom discutir isso em público', diz Mourão sobre Bolsonaros
14/02/19, 16:51 | CRISE - Laranjas do PSL 'selecionadas' por Bebianno fragilizam governo Bolsonaro
14/02/19, 16:46 | PREVIDÊNCIA - Bolsonaro usa discurso falso para atacar aposentadoria de agricultores
14/02/19, 16:40 | DISCUSSÃO - Estudo: Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
14/02/19, 16:07 | CRISE - 'Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado', diz Bebianno a interlocutores
14/02/19, 16:01 | CRISE - Padrão fritura dos Bolsonaros no caso Bebianno deixa aliados perplexos
14/02/19, 15:57 | CRISE - 'Está todo mundo dentro de uma saia muito justa', diz Joice Hasselmann
14/02/19, 13:29 | POLÍTICA - Primeira reunião da Câmara de Luzilândia de 2019 promete ser histórica
14/02/19, 13:25 | TRAGÉDIA - Parecer do MPF diz que Vale privilegiou lucros em detrimento da segurança
14/02/19, 13:10 | POLÍTICA - Humilhado publicamente, Bebianno pode se dedicar a derrubar Bolsonaro e filhos contando o que sabe
14/02/19, 13:05 | POLÍTICA - Na TV, Bolsonaro diz que ministro mentiu e adverte o vice Mourão
14/02/19, 13:02 | CRIME - Moro diz cumprir ordem de Bolsonaro para investigar laranjas no PSL
14/02/19, 12:54 | MEIO AMBIENTE - Desflorestamento da Amazônia, já em ascensão, pode subir sob Bolsonaro
14/02/19, 12:43 | INCOERÊNCIA - Governo Bolsonaro desvia R$ 600 bilhões da Previdência para pagar dívida
14/02/19, 09:12 | IMBRÓGLIO - Bolsonaro sobre laranjas do PSL: Determinei à Polícia Federal que investigue
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site