CBN - A rádio que toca notícia

SAÚDE

Boneca com órteses auxilia no tratamento de crianças deficientes em Teresina

Sessões de terapia psicopedagógicas de crianças deficientes contam com a presença da Lili, uma boneca que passa pelo tratamento junto com crianças de 1 a 4 anos

12/03/18, 11:02
 
U
ma paciente bastante especial tem chamado atenção durante as sessões de terapia psicopedagógica do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) em Teresina. É a pequena Lili, uma bonequinha de cabelos castanhos e vestido florido que tem um importante detalhe: ela possui órteses nas pernas e nas mãos iguaizinhas às usadas pelas crianças com deficiências psicomotoras.

A boneca Lili participa das sessões de terapia psicopedagógicas junto com crianças de 1 a 4 anos de idade que têm paralisia cerebral ou outras deficiências. A boneca realiza as mesmas atividades que os pequenos, e tem sido usada pelas psicólogas e pedagogas do centro como uma ferramenta para estimular as crianças no tratamento e ajuda-las a aceitarem melhor as órteses.

Já no primeiro encontro a boneca conquistou a pequena Larissa, de dois anos e cinco meses. De acordo com a mãe de Larissa, a comerciante Francisca das Chagas, a menina não gosta de nenhuma de suas próprias bonecas. "Ela tem medo de bonecas. As dela ficam todas guardadas. Já com a Lili ela viu e gostou. Eu creio que é por causa das órteses, que ela também tem", disse Francisca. "É muito bom você ter uma boneca como ela para ajudar no tratamento. Ela se identificou com a Lili".

A boneca Lili chegou ao Ceir através da comerciante Shirley Oliveira, mãe do Lucas, de três anos. "Ela nasceu de uma dificuldade que todas nós, mães, enfrentamos: as crianças não aceitam as órteses, que tira completamente o conforto deles", relatou Shirley. A Lili foi um presente da pequena Clara, de sete anos, irmã do Lucas. "Ela já tem essa consciência, via a dificuldade do irmão em aceitar a órtese", conta a mãe.

No Ceir, a Lili passou pelo mesmo processo que as crianças e ganhou duas órteses feitas sob medida: uma para a mão e outra para a perna, ficando parecida com a maioria das crianças que passam pelo tratamento. E assim começou a frequentar as terapias em grupos de seis a oito crianças.

De acordo com Shirley, a ideia fez grande diferença para seu filho Lucas. "Quando ele chegava na escola, ele tirava as órteses e jogava no lixo", conta. Hoje, o Lucas tem uma foto da Lili no seu quarto. "Toda vez que ele queria tirar a órtese eu mostrava a foto e dizia: 'Olha, a Lili também usa, você pode usar também. E ela não tira, ela é bem comportada', e daí ele não tirava mais", relata Shirley com um sorriso no rosto.

"A Lili é o modelo deles. É a amiguinha que participa de todo o processo, e ela faz parte de todas as atividades", explicou a psicóloga Marta Soares, que faz parte da equipe psicopedagógica do Ceir. "Ela é uma integrante do grupo. Muitas crianças têm medo de fazer as atividades, mas quando a Lili vai primeiro, e a Lili não chora, elas se sentem encorajadas a participar", disse Marta.

O trabalho visa estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças para que possam ser inseridas na sociedade, e principalmente na escola. Segundo explicou a pedagoga Jucineide Cavalcante, o tratamento busca reduzir as dificuldades e barreiras que possam surgir por conta da deficiência das crianças, como o bullying. "É uma terapia diferente, por que a criança está interagindo com os diferentes lá fora e aqui com os iguais. A gente vê uma evolução excelente", comentou Jucineide.

Além do grupo de crianças de 1 a 4 anos, a Lili também auxilia nos tratamentos de outras crianças do Ceir, de acordo com a necessidade. A boneca se tornou uma ferramenta de inclusão e representatividade para os pacientes do centro de todas as idades, e a equipe pensa até mesmo em expandir a ideia. Segundo a psicóloga Marta Soares, há um projeto, ainda em avaliação de se criar um boneco de um menino com um aparelho auditivo, para trabalhar outras demandas.

Fonte: JL/G1PI
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/10/18, 22:59 | CRIME - TSE manda Facebook e Google retirarem do ar links com conteúdo falso contra Fernando Haddad e o PT
20/10/18, 18:17 | MOVIMENTO - Mulheres fazem ato pelo país contra Bolsonaro e pela democracia
20/10/18, 17:33 | ENTREVISTA - ‘Sociedade não aceita mais financiar corrupção’, avalia presidente do Ipea
20/10/18, 17:30 | CRIME - WhatsApp confirma que bloqueou conta de Flávio Bolsonaro
20/10/18, 17:20 | VIOLÊNCIA - Morre em Sergipe terceira pessoa esfaqueada: matador grita Bolsonaro!
20/10/18, 17:03 | POLÍTICA - Haddad: 'A elite ficou dois anos procurando candidato e escolheu o que há de pior'
20/10/18, 16:48 | PROPOSTA - Representante do Senado visita rede de atenção à mulher de Teresina e propõe observatório
20/10/18, 14:03 | ARTIGO JURÍDICO - TCO lavrado por policial militar é constitucional
20/10/18, 13:25 | CRIME - Mais de 100 mil contas são banidas do Whatsapp do Brasil por causa de eleições
20/10/18, 12:14 | POLÍTICA - Aliados de Bolsonaro já começaram a brigar pela presidência da Câmara
20/10/18, 11:51 | POLÍTICA - Com PSDB fragilizado, Novo pode eleger seu 1º governador em Minas
20/10/18, 11:47 | CLIMA TENSO - Universidades são ameaçadas de "massacre" por eleitores de Bolsonaro
20/10/18, 11:24 | POLÍTICA - Movimentos realizam manifestação nacional pela democracia neste sábado (20)
20/10/18, 11:15 | POLÍTICA - Mineradora é punida pelo TRT por coagir funcionários a votar em Bolsonaro
19/10/18, 21:28 | CRIME - TSE abre investigação sobre Bolsonaro e mensagens contra Haddad na internet
19/10/18, 21:16 | REPERCUSSÃO - Imprensa internacional destaca 'rede de notícias criminosas' de Bolsonaro
19/10/18, 21:13 | DECLARAÇÃO - 'Me preocupa o que está no horizonte', diz ministro do STF
19/10/18, 21:02 | CRIME - WhatsApp exclui contas com mentiras para prejudicar Haddad
19/10/18, 19:09 | PESQUISA - Vox Populi coloca Bolsonaro e Haddad quase empatados: 53% x 47%
19/10/18, 19:03 | ELEIÇÕES - Prefeitos saem do PSDB após declararem apoio a França
19/10/18, 18:51 | POLÍTICA - Maioria dos eleitores considera debates importantes, aponta Datafolha
19/10/18, 18:38 | POLÊMICA - TSE e PGR foram omissos diante de atos violentos e fake news, diz CNDH
19/10/18, 18:34 | REAÇÃO - Manifestantes criticam propostas de Bolsonaro para meio ambiente
19/10/18, 18:32 | SAÚDE - Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo
18/10/18, 21:56 | ANÁLISE POLÍTICA - É hora de se debruçar sobre a propaganda em rede de Bolsonaro
18/10/18, 21:50 | ELEIÇÕES NO BRASIL - Empresas compram pacotes ilegais de envio de mensagens contra o PT no WhatsApp, diz jornal
18/10/18, 21:15 | CRIME - PDT vai pedir anulação das eleições por fraude de Bolsonaro contra Haddad
18/10/18, 21:08 | CRIME ELEITORAL - Diretor do Datafolha: salto de Bolsonaro nas pesquisas indica fraude
18/10/18, 20:49 | LEVANTAMENTO - Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário
18/10/18, 20:47 | POLÍTICA - Bolsonaro não vai participar de debates com Haddad
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site