CBN - A rádio que toca notícia

SAÚDE

Boneca com órteses auxilia no tratamento de crianças deficientes em Teresina

Sessões de terapia psicopedagógicas de crianças deficientes contam com a presença da Lili, uma boneca que passa pelo tratamento junto com crianças de 1 a 4 anos

12/03/18, 11:02
 
U
ma paciente bastante especial tem chamado atenção durante as sessões de terapia psicopedagógica do Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) em Teresina. É a pequena Lili, uma bonequinha de cabelos castanhos e vestido florido que tem um importante detalhe: ela possui órteses nas pernas e nas mãos iguaizinhas às usadas pelas crianças com deficiências psicomotoras.

A boneca Lili participa das sessões de terapia psicopedagógicas junto com crianças de 1 a 4 anos de idade que têm paralisia cerebral ou outras deficiências. A boneca realiza as mesmas atividades que os pequenos, e tem sido usada pelas psicólogas e pedagogas do centro como uma ferramenta para estimular as crianças no tratamento e ajuda-las a aceitarem melhor as órteses.

Já no primeiro encontro a boneca conquistou a pequena Larissa, de dois anos e cinco meses. De acordo com a mãe de Larissa, a comerciante Francisca das Chagas, a menina não gosta de nenhuma de suas próprias bonecas. "Ela tem medo de bonecas. As dela ficam todas guardadas. Já com a Lili ela viu e gostou. Eu creio que é por causa das órteses, que ela também tem", disse Francisca. "É muito bom você ter uma boneca como ela para ajudar no tratamento. Ela se identificou com a Lili".

A boneca Lili chegou ao Ceir através da comerciante Shirley Oliveira, mãe do Lucas, de três anos. "Ela nasceu de uma dificuldade que todas nós, mães, enfrentamos: as crianças não aceitam as órteses, que tira completamente o conforto deles", relatou Shirley. A Lili foi um presente da pequena Clara, de sete anos, irmã do Lucas. "Ela já tem essa consciência, via a dificuldade do irmão em aceitar a órtese", conta a mãe.

No Ceir, a Lili passou pelo mesmo processo que as crianças e ganhou duas órteses feitas sob medida: uma para a mão e outra para a perna, ficando parecida com a maioria das crianças que passam pelo tratamento. E assim começou a frequentar as terapias em grupos de seis a oito crianças.

De acordo com Shirley, a ideia fez grande diferença para seu filho Lucas. "Quando ele chegava na escola, ele tirava as órteses e jogava no lixo", conta. Hoje, o Lucas tem uma foto da Lili no seu quarto. "Toda vez que ele queria tirar a órtese eu mostrava a foto e dizia: 'Olha, a Lili também usa, você pode usar também. E ela não tira, ela é bem comportada', e daí ele não tirava mais", relata Shirley com um sorriso no rosto.

"A Lili é o modelo deles. É a amiguinha que participa de todo o processo, e ela faz parte de todas as atividades", explicou a psicóloga Marta Soares, que faz parte da equipe psicopedagógica do Ceir. "Ela é uma integrante do grupo. Muitas crianças têm medo de fazer as atividades, mas quando a Lili vai primeiro, e a Lili não chora, elas se sentem encorajadas a participar", disse Marta.

O trabalho visa estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças para que possam ser inseridas na sociedade, e principalmente na escola. Segundo explicou a pedagoga Jucineide Cavalcante, o tratamento busca reduzir as dificuldades e barreiras que possam surgir por conta da deficiência das crianças, como o bullying. "É uma terapia diferente, por que a criança está interagindo com os diferentes lá fora e aqui com os iguais. A gente vê uma evolução excelente", comentou Jucineide.

Além do grupo de crianças de 1 a 4 anos, a Lili também auxilia nos tratamentos de outras crianças do Ceir, de acordo com a necessidade. A boneca se tornou uma ferramenta de inclusão e representatividade para os pacientes do centro de todas as idades, e a equipe pensa até mesmo em expandir a ideia. Segundo a psicóloga Marta Soares, há um projeto, ainda em avaliação de se criar um boneco de um menino com um aparelho auditivo, para trabalhar outras demandas.

Fonte: JL/G1PI
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/01/19, 17:19 | ESCÂNDALO - As principais contradições da família Bolsonaro no caso Queiroz
18/01/19, 17:09 | SUPREMO - ‘Foro só vale no cargo’, diz Marco Aurélio sobre pedido de Flávio
18/01/19, 17:05 | ESCÂNDALO - Heleno diz que Bolsonaro vê caso Queiroz como ‘assunto do Flávio’
18/01/19, 16:50 | POLÍTICA - Bolsonaro nomeia secretária acusada de improbidade e danos ao erário
18/01/19, 16:16 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Caso Fabrício Queiroz: origens, cronologia dos fatos e personagens
18/01/19, 15:08 | PRÊMIO - Unesco anuncia Rio como primeira Capital Mundial da Arquitetura
18/01/19, 15:05 | EDUCAÇÃO - Aumenta pela primeira vez desde 2011 nota máxima na redação do Enem
18/01/19, 15:02 | DECISÃO - Governo prorroga por um ano Operação Acolhida a venezuelanos
18/01/19, 14:35 | INTERNACIONAL - Apoio de Bolsonaro à oposição venezuelana coloca Brasil em risco de guerra
18/01/19, 14:32 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Para jurista, Bolsonaro ‘passou recibo’ sobre sua relação com caso Queiroz
18/01/19, 14:30 | PRESTAÇÃO DE CONTAS - Em duas campanhas, Onyx recebeu R$ 200 mil de fabricante de armas
18/01/19, 13:35 | PARLAMENTO - Senadores gastaram R$ 21 milhões da Cota Parlamentar em 2018
18/01/19, 13:16 | REPERCUSSÃO - Mourão sobre pedido de Flávio Bolsonaro: 'Vou aguardar esclarecer'
18/01/19, 13:14 | REPERCUSSÃO - Ministro diz que pedidos como o de Flávio Bolsonaro vão para o 'lixo'
17/01/19, 22:02 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Fux diz que “protege” processo ao suspender o caso Queiroz
17/01/19, 21:59 | REPERCUSSÃO - Líderes do MBL criticam Flávio Bolsonaro por caso Queiroz
17/01/19, 21:54 | INTERNACIONAL - Atentado com carro-bomba mata ao menos dez em Bogotá
17/01/19, 21:41 | POLÍTICA - Área militar do governo mostra desconforto com suspensão da investigação do caso Queiroz
17/01/19, 21:21 | POLÊMICA - Ministros do STF ficaram surpresos com pedido de Flávio Bolsonaro
17/01/19, 17:59 | CRIME - Bernardo Mello Franco: Flávio Bolsonaro diz que não é, mas age como investigado
17/01/19, 17:48 | CASO QUEIROZ - 'Eu não quero foro privilegiado', disse Jair Bolsonaro ao lado de Flávio em 2017
17/01/19, 17:40 | POLÊMICA - Desembargadora que atacou Marielle diz que Boulos vai ser 'recebido a bala'
17/01/19, 16:41 | ARTIGO JURÍDICO - Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica
17/01/19, 16:22 | POLÊMICA - Liberação da posse de armas é 'projeto de morte mal-intencionado'
17/01/19, 16:17 | POLÊMICA - Ativistas temem explosão da violência no campo com flexibilização da posse de armas
17/01/19, 16:12 | REPERCUSSÃO - Decreto sobre armas pode elevar feminicídios e suicídios, aponta Sou da Paz
17/01/19, 14:35 | DESCASO - Prefeito de Luzilândia comete crime de improbidade e Receita bloqueia recursos
17/01/19, 13:54 | DESCASO - Deputado defensor da liberação da caça de animais vai comandar órgão de proteção florestal
17/01/19, 13:46 | CRIME - Policiais prendem suspeito de ter participado de ataque a Martha Rocha
17/01/19, 13:41 | INVESTIGAÇÃO - BOMBA: Investigado preso por assassinato de Marielle incrimina vereador aliado de Bolsonaro
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site