CBN - A rádio que toca notícia

POLÊMICA

Cristiane Brasil diz ter influência em ministério mesmo sem poder assumi-lo

Conta como foi afetada por imbróglio. Diz que criança deveria poder trabalhar

09/03/18, 09:03

E

m entrevista ao Poder360, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) afirma que exerce influência no Ministério do Trabalho mesmo tendo sido impedida de tomar posse como ministra. O atual ministro, Helton Yomura, é seu amigo pessoal e ex-assessor.

Cristiane conta que, por causa das críticas que recebeu quando foi indicada ao Ministério, teve que ir ao psiquiatra e começou a tomar remédios. A quase ministra defende que crianças deveriam poder trabalhar, ajudando os pais e aprendendo 1 ofício.

Leia trechos da entrevista:

Poder360 – Como foi o período em que a sua posse no Ministério do Trabalho foi impedida?
Cristiane Brasil – Minha vida ficou em suspenso. Fiquei sem dormir, minha saúde foi afetada, meus filhos também. Foi 1 período muito difícil. Cheguei a ir para o psiquiatra, tomar remédio. Tive perda de cabelo. Agora passou, graças à Deus. Mas cheguei a ter fobia de local com muita gente. Pedi escolta da Polícia Legislativa.

Se sentiu ameaçada?
Recebi diversas ameaças pela internet, mensagens por WhatsApp. As pessoas ficaram furiosas sem eu ter feito nada. Eu não respondia. Registrei todas as ameaças na Polícia Legislativa. A partir da semana que vem, vou dar entrada para pedir quebra do IP (endereço do computador) dessas pessoas. Vou processar uma por uma.

E fora da internet, também recebeu ameaça?
Escutei 1 monte de piada. As pessoas quase quebravam o pescoço para me olhar. “E aí, vai ser ministra?”, e caíam na risada. As pessoas são ruins. Mas muitos vieram me abraçar, prestar solidariedade, dizer que era maldade o que faziam comigo. Recebi solidariedade dos deputados também. Até da oposição.

Há boatos de que a senhora defende que crianças poderiam trabalhar. É isso mesmo?
Em algum momento já me manifestei neste sentido. No passado, as crianças trabalhavam, ajudavam os pais, aprendiam o ofício junto com eles. Hoje em dia não pode. Acho isso errado. Acho que deveriam aprender a trabalhar como uma brincadeira. Isso não ofende e nem maltrata a criança. Acho 1 erro a criança não poder aprender a trabalhar. O ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) proíbe a criança de aprender 1 oficio.

A senhora será candidata?
A luta que vivi me fez enxergar que as mulheres precisam de mim na Câmara para lutar pelos direitos das mulheres parlamentares. Somos muito agredidas. O fato de ter sido indicada ministra, ser solteira, ter perfil em aplicativo de relacionamento, tudo isso foi criticado, virou matéria jornalística. Hoje em dia não tenho tempo de buscar relacionamento e não quero conhecer político, então uso o aplicativo. Tenho vários colegas solteiros que usam, e eu, por ser mulher, viro matéria. Fiz projeto contra as formas de constranger mulheres no mandato ou na candidatura. Isso acontece muito, com ameaças, falta de recursos.

Funcionários do Ministério do Trabalho dizem que a senhora exerce influência sobre a pasta, mesmo sem ter sido empossada. Procede?
Quando o seu partido, o PTB, tem 1 ministério, o que pressupõe? Isso pressupõe que você vai ajudar aquele ministro a propor políticas públicas. Se minha influência ajuda o Helton [Yomura, ministro interino] a ter boas politicas públicas, se é influência positiva, que assim seja. É a influência que tenho. A gente conversa republicanamente.

O que gostaria de fazer se fosse ministra?
Eu adoraria ter pego a lista de trabalho escravo e ter feito diligências em todas aquelas fazendas. Queria ir pessoalmente em cada lugar e erradicar o trabalho escravo no Brasil.

O que a senhora diz sobre as acusações que recebeu?
A acusação sobre o tráfico de drogas foi fruto de uma denúncia anônima, de 1 cara que se identificou como Cristiano Ronaldo. Provavelmente 1 adversário político da região. Alguém que trabalhava comigo deve ter arrancado as placas da campanha dele, só pode. Agora estou esperando que a PGR (Procuradoria Geral da República) se manifeste. Depois deve ser arquivado. Não tem nada ali. Causou constrangimento absurdo e não tem nada de concreto.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
17/01/19, 22:02 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Fux diz que “protege” processo ao suspender o caso Queiroz
17/01/19, 21:59 | REPERCUSSÃO - Líderes do MBL criticam Flávio Bolsonaro por caso Queiroz
17/01/19, 21:54 | INTERNACIONAL - Atentado com carro-bomba mata ao menos dez em Bogotá
17/01/19, 21:41 | POLÍTICA - Área militar do governo mostra desconforto com suspensão da investigação do caso Queiroz
17/01/19, 21:21 | POLÊMICA - Ministros do STF ficaram surpresos com pedido de Flávio Bolsonaro
17/01/19, 17:59 | CRIME - Bernardo Mello Franco: Flávio Bolsonaro diz que não é, mas age como investigado
17/01/19, 17:48 | CASO QUEIROZ - 'Eu não quero foro privilegiado', disse Jair Bolsonaro ao lado de Flávio em 2017
17/01/19, 17:40 | POLÊMICA - Desembargadora que atacou Marielle diz que Boulos vai ser 'recebido a bala'
17/01/19, 16:41 | ARTIGO JURÍDICO - Responsabilidade Penal da Pessoa Jurídica
17/01/19, 16:22 | POLÊMICA - Liberação da posse de armas é 'projeto de morte mal-intencionado'
17/01/19, 16:17 | POLÊMICA - Ativistas temem explosão da violência no campo com flexibilização da posse de armas
17/01/19, 16:12 | REPERCUSSÃO - Decreto sobre armas pode elevar feminicídios e suicídios, aponta Sou da Paz
17/01/19, 14:35 | DESCASO - Prefeito de Luzilândia comete crime de improbidade e Receita bloqueia recursos
17/01/19, 13:54 | DESCASO - Deputado defensor da liberação da caça de animais vai comandar órgão de proteção florestal
17/01/19, 13:46 | CRIME - Policiais prendem suspeito de ter participado de ataque a Martha Rocha
17/01/19, 13:41 | INVESTIGAÇÃO - BOMBA: Investigado preso por assassinato de Marielle incrimina vereador aliado de Bolsonaro
17/01/19, 13:26 | ECONOMIA - Estados fazem pressão por socorro federal para equilibrar contas
17/01/19, 13:18 | POLÊMICA - Gisele Bündchen diz à ministra da Agricultura que mau brasileiro é quem desmata
17/01/19, 13:11 | CONFLITO - Ministro do STF manda suspender investigação sobre Queiroz, diz MP
17/01/19, 12:52 | CRIME - Procuradora aposentada condenada por torturar criança é presa no Rio
16/01/19, 19:25 | VATICANO - Papa pede a bispos que evitem esconder casos de abusos contra crianças
16/01/19, 19:15 | ECONOMIA - Aposentadoria de quem ganha acima do mínimo sobe 3,43%
16/01/19, 19:10 | ECONOMIA - Contribuição previdenciária vai mudar no salário pago em fevereiro
16/01/19, 18:42 | REFORMA - Sem incluir militares, reforma da Previdência perde, diz Paulo Guedes
16/01/19, 18:37 | POLÊMICA - Decreto sobre posse de armas favorece quem tem antecedentes criminais
16/01/19, 18:01 | ESPORTE - Juventus vence o Milan e é campeão da Supercopa da Itália
16/01/19, 13:32 | NOVA REGRA - Presunção de "efetiva necessidade" de posse de arma viola Constituição
16/01/19, 13:27 | EFEITO REBOTE - Comunidade jurídica diverge quanto à eficácia de decreto de armas
16/01/19, 12:41 | VIOLÊNCIA - Após decreto, interesse por armas cresce em lojas, mas preço assusta
16/01/19, 12:35 | ENTREVISTA - Autor do texto, Moro minimiza alteração no decreto de armas
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site