CBN - A rádio que toca notícia

DEPOIMENTO

Amigo de Temer diz à PF que presidente tem um andar inteiro em prédio de luxo em SP

O único negócio com Temer citado no depoimento de Yunes à PF foi o andar no prédio aonde fica localizado o escritório político do presidente

08/01/18, 18:35

I

nvestigado pela Operação Lava Jato, o advogado e ex-assessor da presidência da República José Yunes relatou em depoimento à Polícia Federal que fez apenas uma operação de venda de imóvel para Michel Temer; ele respondeu a 30 perguntas sobre sua relação com o peemedebista, de quem é amigo há 50 anos e de quem foi assessor no Palácio do Planalto, no inquérito que investiga suposta propina a Temer no Porto de Santos

Advogado e ex-assessor da Presidência da República José Yunes relatou em depoimento à Polícia Federal, no dia 30 de novembro, que realizou apenas uma operação de venda de imóvel para o presidente Michel Temer. A GloboNewsobteve a íntegra do depoimento de Yunes, que é investigado por suspeita de corrupção na Lava Jato.

Ele respondeu a 30 questões sobre a sua relação com presidente, de quem é amigo há 50 anos e de quem foi assessor no Palácio do Planalto, no inquérito que investiga suposta propina a Temer no Porto de Santos. Yunes pediu demissão do cargo em dezembro de 2016, após ser delatado pela Odebrecht.
 
Na pergunta de número 24, Yunes é questionado pelo delegado Ricardo Ishida sobre quais negócios realizou com Temer e se já havia vendido algum imóvel ou repassado algum valor ao presidente. Yunes respondeu:

“QUE nunca vendeu nenhum imóvel para ele como pessoa física; QUE há cerca de vinte anos, quando o declarante tinha uma incorporadora, MICHEL TEMER comprou um andar em um prédio comercial da incorporadora do declarante à época; QUE o andar adquirido é o da Rua Pedroso Alvarenga, 900, 10º andar, sendo tudo contabilizado e informado nas declarações de imposto de renda do declarante e de MICHEL TEMER; QUE não se recorda de nenhum outro negócio envolvendo o Presidente TEMER; QUE nunca fez repasses de valores para Presidente TEMER ou para qualquer emissário dele ou do partido PMDB”.

O único negócio com Temer citado no depoimento de Yunes à PF foi o andar no prédio aonde fica localizado o escritório político do presidente.

O advogado de Yunes, José Luís Oliveira Lima, negou ao blog que tenha havido qualquer omissão no depoimento de Yunes à PF. Segundo ele, quando Yunes prestou depoimento, respondeu a todas as perguntas que lhe foram feitas: “Esclareceu que o presidente Temer comprou há vinte anos um imóvel comercial de uma incorporadora que lhe pertenceu. Essa operação foi devidamente registrada no IR”, explicou.

Yunes é apontado pelo operador financeiro Lúcio Funaro, que fez uma delação premiada, como um dos responsáveis por administrar as propinas supostamente pagas ao presidente e por fazer o “branqueamento” dos valores. De acordo com Funaro, para lavar o dinheiro e disfarçar a origem, Yunes investia os valores ilícitos em sua incorporadora imobiliária.

Em julho passado, a revista “Veja” revelou que a família de Temer comprou do advogado dois escritórios, uma casa e o andar de um prédio em áreas nobres de São Paulo que valeriam atualmente, segundo a reportagem, R$ 18,4 milhões, e foram adquiridos entre os anos 2000 e 2010, quando Temer era deputado federal.

Indagado sobre o fato de não terem sido citados outros imóveis que foram negociados entre as famílias Yunes e Temer, o advogado afirmou que não houve perguntas a respeito.

Um desses imóveis é um andar do edifício Spazio Faria Lima, no Itaim Bibi. Em relação a ele, Oliveira Lima disse que o imóvel foi “vendido pela empresa YUNY, a qual José Yunes não tem nenhuma relação societária”. A empresa YUNY foi fundada por Yunes, mas hoje pertence aos filhos dele. O imóvel foi comprado por Temer três anos antes do seu lançamento, em 2003.

Em junho de 2010, Yunes comprou uma casa no bairro Alto de Pinheiros, zona também nobre de São Paulo, por R$ 750 mil. Um mês depois o imóvel foi vendido à atual primeira-dama Marcela Temer por R$ 830 mil, quantia doada a ela pelo marido antes da compra, segundo informou a assessoria do Planalto à revista.

Sobre a casa de Marcela Temer, primeira-dama, o advogado afirmou que “em momento algum José Yunes foi indagado pela autoridade policial sobre qualquer operação comercial efetuada com a Sra. Marcela Temer, se tivesse sido perguntado teria esclarecido pois a mesma foi absolutamente regular e inserida no IR”.

Yunes e Temer são amigos há 50 anos. Costumam se encontrar quando o presidente viaja a São Paulo, nos finais de semana. Uma dessas vezes ocorreu no dia 10 de novembro, na casa do presidente da Fiesp, Paulo Skaf. Outra, no dia 26 de novembro, quatro dias antes do depoimento à Polícia Federal. Temer estava em recuperação no hospital Sírio Libanês e foi visitado pelo advogado. Uma semana após o depoimento, já em dezembro, eles se encontraram novamente em São Paulo no escritório político do presidente.

Sobre o encontro de Yunes com Temer quatro dias antes do depoimento, o advogado José Luís Oliveira Lima disse que “José Yunes e o presidente, como é sabido, são amigos há 50 anos e a visita ao hospital Sírio Libanês foi fruto dessa amizade”.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/12/18, 18:35 | ABUSOS SEXUAIS - Justiça de Goiás nega habeas corpus para o médium João de Deus
18/12/18, 18:12 | POLÍTICA - Maia e Renan são favoritos para presidir Câmara e Senado, apontam líderes
18/12/18, 18:09 | POLÊMICA - Ministro do STF: Bolsonaro não pode rever demarcação Raposa Serra do Sol
18/12/18, 18:02 | DEPOIMENTO - Futura ministra de Bolsonaro conta que foi estuprada por pastores
18/12/18, 14:52 | POLÊMICA - CNJ aprova auxílio-moradia mais restritivo com ressarcimento de até R$ 4.377,73
18/12/18, 14:50 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Flávio Bolsonaro diz que ex-assessor é que tem de se explicar, não ele
18/12/18, 13:54 | SAÚDE - Crianças são recebidas por Mamãe Noel em sala de vacina de UBS em Teresina
18/12/18, 13:50 | EDUCAÇÃO - Aluna de escola municipal de Teresina é aprovada em seleção para estudar no Rio de Janeiro
18/12/18, 13:20 | POLÍTICA - FHC afirma ter votado nulo para presidente no 2º turno
18/12/18, 13:11 | INVESTIGAÇÃO CRIMINAL - Ministério Público abre 22 apurações com base no Coaf e envolve filho de Bolsonaro
18/12/18, 13:03 | ESPORTE - Copa América 2019: Brasil fará dois jogos em São Paulo na primeira fase
18/12/18, 12:53 | ECONOMIA - Salário de dezembro dos servidores municipais de Teresina será pago antecipado
18/12/18, 12:50 | ESCÂNDALO - Piauiense faz denúncia contra médium João de Deus, diz Ministério Público
18/12/18, 12:47 | EDUCAÇÃO - Instituições públicas do Piauí ofertam quase 10 mil vagas no Sisu
18/12/18, 12:41 | JUDICIÁRIO - Para 2019, STF marca julgamento de 2ª instância, homofobia e drogas
18/12/18, 12:39 | EDUCAÇÃO - Mais de 1 milhão de jovens não concluem o ensino médio até os 19 anos
18/12/18, 12:36 | ACIDENTE - Temer oferece ajuda federal para vítimas de incêndio em Manaus
18/12/18, 12:27 | ACIDENTE - Manaus monta esquema de atendimento a famílias vítimas de incêndio
17/12/18, 20:55 | POLÊMICA - Mulher de Bolsonaro manda retirar todas as obras católicas do Palácio da Alvorada
17/12/18, 20:26 | EDUCAÇÃO - Primeira edição do Sisu 2019 deve abrir mais de 235 mil vagas
17/12/18, 20:23 | POLÊMICA - Mais Médicos: quase 1/3 dos profissionais ainda não se apresentou
17/12/18, 20:19 | CRIMES - MP de Goiás recebe mais de 500 relatos contra médium João de Deus
17/12/18, 19:31 | POLÍTICA - Família Bolsonaro repete velhas práticas condenadas pelo eleitor
17/12/18, 19:25 | TRANSIÇÃO - Bolsonaro indicará juízes “duros com o crime”, diz Sérgio Moro
17/12/18, 19:17 | ECONOMIA - Paulo Guedes diz que pretende cortar até 50% das verbas do Sistema S
17/12/18, 18:44 | OPERAÇÃO - Anac começa operação de fiscalização de empresas aéreas no país
17/12/18, 18:39 | TRANSIÇÃO - Moro anuncia subprocuradora para Secretaria Nacional de Justiça
17/12/18, 18:28 | ACIDENTE - Em nota, refinaria diz que incêndio não causou vítimas
17/12/18, 11:38 | BELEZA - Filipina vence Miss Universo 2018
17/12/18, 11:27 | PROGRAMA - Em carta, Lula agradece médicos cubanos por cuidados aos brasileiros
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site