CBN - A rádio que toca notícia

EDUCAÇÃO

Com tricô e oração, pais incentivam filhos e aguardam do lado de fora do Enem

Mesmo entre os pais que não vão passar a tarde no local da prova, a torcida é grande pelos filhos. A maioria acompanhou os estudantes até o portão e só deixou o local depois de se certificarem de que não estava faltando nada

12/11/17, 17:29
 

A

braços, orações, as últimas dicas, olhares de apreensão e palavras de incentivo. O ritual é o mesmo para vários pais que deixam os filhos nos locais de provas do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Alguns parecem tão ou mais ansiosos do que os filhos e há aqueles que fazem as mesmas perguntas até o último minuto: “pegou a água?”, “está com a caneta preta?”. Alguns deles vão passar a tarde no local da prova aguardando o fim do exame. As provas começam às 13h30 e tem a duração máxima de quatro horas e meia.

Lúcia Maria de Aquino, 53 anos, chegou prevenida para esperar a filha. Com seu tricô em mãos, ela quer adiantar o trabalho de uma encomenda para passar o tempo até o final da prova. “Estou aguardando porque ela tem medo de voltar só. É bem melhor porque a gente fica menos preocupada, ela é uma menina muito receosa. E também fico abençoando para que ela faça uma prova boa”, disse Lúcia.

Para chegar com tranquilidade, Lúcia saiu de sua casa com sua filha ainda ontem, em Águas Claras, e dormiram na casa de um familiar que mora mais próximo do local da prova. “Às 11h40 nós já estávamos aqui. Aí eu também trouxe um lanchinho e eu gosto de jogar meu joguinho no celular. É um passatempo bom né, melhor do que ficar sem fazer nada. A gente une o útil ao agradável", completou Lúcia.

Maria de Lourdes Barbosa, 53 anos, empregada doméstica, chegou pouco depois das 11h junto com sua filha ao local onde a menina de 15 anos faz a prova. Ela vai esperar em frente à universidade até o fim da prova porque mora longe e não compensa voltar para casa. A mãe disse que vai aproveitar o tempo para passear pela região, conversar com outras pessoas e orar pela filha. “Eu incentivo demais, pago cursinho para ela, ela é tudo pra mim. Espero que ela atinja os objetivos dela porque só os estudos abrem as portas”, afirmou Lourdes.

Para a filha, a presença da mãe tranquiliza e ajuda a distrair a tensão antes da prova. “Eu acho que se não tivesse o apoio da minha mãe e do meu pai eu não teria nem estudado. Me deixa mais calma, ainda mais no meio de tanta gente”, afirmou Manuela Raíssa Barbosa, 19 anos, que quer cursar direito.

Mesmo entre os pais que não vão passar a tarde no local da prova, a torcida é grande pelos filhos. A maioria acompanhou os estudantes até o portão e só deixou o local depois de se certificarem de que não estava faltando nada.

“A gente fica sempre na expectativa se vai dar tudo certo, o registro, o material, o documento, se ele não vai precisar de alguma coisa. Então, a gente fica aqui esperando mais um pouquinho para ver se ele liga e precisa de alguma coisa”, disse Clair Santos Rodrigues, que acompanhou o filho de 16 anos.

O pai também se preparou antes como se fosse fazer a prova e preferiu ir a pé para o local da prova para evitar o engarrafamento que e formou na região. “A gente faz uma alimentação mais leve, come tranquilo, traz também lanchinhos leves, água, para vir descansado, sem correria. Estou confiante, ele disse que foi bem na prova passada e ele gosta mais de exatas, então acho que ele vai bem hoje”, disse o pai.

Neste domingo, estão sendo aplicadas 90 questões objetivas de matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). O aluno pode deixar o local após duas horas do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
22/10/18, 17:59 | INSTITUCIONAL - Conselho aprova primeiro Plano Nacional de Segurança Pública
22/10/18, 17:56 | LAVA JATO - PGR recorre de decisão que mandou soltar irmão de Beto Richa
22/10/18, 17:52 | ECONOMIA - Saiba o que Bolsonaro e Haddad propõem para a economia
22/10/18, 17:48 | POLÍTICA - TSE e TREs divulgam carta defendendo segurança das urnas eletrônicas
22/10/18, 17:40 | REAÇÃO - “Atacar Poder Judiciário é atacar a democracia”, diz presidente do STF
22/10/18, 15:58 | FECHAR O SUPREMO - Ministro diz que filho de Bolsonaro cometeu crime contra a Lei de Segurança Nacional
22/10/18, 15:53 | MOVIMENTO - CNBB e mais seis entidades pedem equilíbrio às vésperas das eleições
22/10/18, 15:46 | POLÍTICA - Para Haddad, instituições não estão reagindo a ameças à democracia
22/10/18, 15:36 | CRISE - Parte do Exército busca blindar imagem da Forças Armadas caso Bolsonaro fracasse
22/10/18, 15:34 | CRIMES - Polícia Federal abriu 469 inquéritos para investigar crimes eleitorais
22/10/18, 14:47 | REPERCUSSÃO NEGATIVA - New York Times chama Bolsonaro de 'triste escolha' e 'risco à democracia'
22/10/18, 14:17 | AGRESSÃO - Em vídeo, coronel chama presidente do TSE de 'vagabunda' e 'corrupta'
22/10/18, 10:58 | POLÊMICA - Ministros do STF consideram declaração de filho de Bolsonaro extremamente grave
21/10/18, 22:06 | POLÍTICA - Em guerra nada santa, Edir Macedo mira a Globo e os católicos
21/10/18, 22:01 | ANÁLISE POLÍTICA - Encorajados por discurso de ódio, preconceituosos saem do armário
21/10/18, 21:47 | POLÍTICA - Observadores da OEA voltam ao Brasil para o segundo turno das eleições
21/10/18, 21:24 | COLETIVA - Ministra rebate Eduardo Bolsonaro e diz que instituições são sólidas
21/10/18, 21:18 | ABSURDO - Bolsonaro repudia fala do filho: tem que consultar um psiquiatra
21/10/18, 21:04 | POLÍTICA - FHC diz que declarações de filho de Bolsonaro 'cheiram a fascismo'
21/10/18, 20:50 | POLÍTICA - “Bolsonaro é louco, vingativo e insano”, diz Roger Waters
21/10/18, 20:40 | ESPORTE - Em jogo disputado e cheio de lances curiosos, Palmeiras vence o Ceará no Pacaembu
21/10/18, 16:40 | AGRESSÃO - Filho de Bolsonaro ameaça fechar o Supremo Tribunal com um soldado e um cabo
21/10/18, 16:14 | SISTEMA - Órgãos lançam observatório para registrar atos de violência por intolerância política
21/10/18, 16:09 | DECISÃO - Corregedor Nacional do CNJ atende OAB e revoga Provimento nº 68
21/10/18, 16:05 | EVENTO - Profissionais debaterão sobre suas áreas de atuação durante evento na OAB-PI
21/10/18, 15:15 | POLÍTICA - Alvo de protestos, Bolsonaro diz defender a liberdade de expressão
21/10/18, 15:10 | ELEIÇÕES 2018 - No Nordeste, Haddad promete limitar preço do gás de cozinha
21/10/18, 15:07 | MANIFESTAÇÕES - Brasileiros no exterior protestam contra ditadura e pela democracia
21/10/18, 15:04 | ELEIÇÕES 2018 - TSE prepara anúncio de medidas de combate às fake news
21/10/18, 15:01 | EDUCAÇÃO - Enem: estudantes podem confirmar inscrição a partir desta 2ª feira
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site