CBN - A rádio que toca notícia

EDUCAÇÃO

Com tricô e oração, pais incentivam filhos e aguardam do lado de fora do Enem

Mesmo entre os pais que não vão passar a tarde no local da prova, a torcida é grande pelos filhos. A maioria acompanhou os estudantes até o portão e só deixou o local depois de se certificarem de que não estava faltando nada

12/11/17, 17:29
 

A

braços, orações, as últimas dicas, olhares de apreensão e palavras de incentivo. O ritual é o mesmo para vários pais que deixam os filhos nos locais de provas do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Alguns parecem tão ou mais ansiosos do que os filhos e há aqueles que fazem as mesmas perguntas até o último minuto: “pegou a água?”, “está com a caneta preta?”. Alguns deles vão passar a tarde no local da prova aguardando o fim do exame. As provas começam às 13h30 e tem a duração máxima de quatro horas e meia.

Lúcia Maria de Aquino, 53 anos, chegou prevenida para esperar a filha. Com seu tricô em mãos, ela quer adiantar o trabalho de uma encomenda para passar o tempo até o final da prova. “Estou aguardando porque ela tem medo de voltar só. É bem melhor porque a gente fica menos preocupada, ela é uma menina muito receosa. E também fico abençoando para que ela faça uma prova boa”, disse Lúcia.

Para chegar com tranquilidade, Lúcia saiu de sua casa com sua filha ainda ontem, em Águas Claras, e dormiram na casa de um familiar que mora mais próximo do local da prova. “Às 11h40 nós já estávamos aqui. Aí eu também trouxe um lanchinho e eu gosto de jogar meu joguinho no celular. É um passatempo bom né, melhor do que ficar sem fazer nada. A gente une o útil ao agradável", completou Lúcia.

Maria de Lourdes Barbosa, 53 anos, empregada doméstica, chegou pouco depois das 11h junto com sua filha ao local onde a menina de 15 anos faz a prova. Ela vai esperar em frente à universidade até o fim da prova porque mora longe e não compensa voltar para casa. A mãe disse que vai aproveitar o tempo para passear pela região, conversar com outras pessoas e orar pela filha. “Eu incentivo demais, pago cursinho para ela, ela é tudo pra mim. Espero que ela atinja os objetivos dela porque só os estudos abrem as portas”, afirmou Lourdes.

Para a filha, a presença da mãe tranquiliza e ajuda a distrair a tensão antes da prova. “Eu acho que se não tivesse o apoio da minha mãe e do meu pai eu não teria nem estudado. Me deixa mais calma, ainda mais no meio de tanta gente”, afirmou Manuela Raíssa Barbosa, 19 anos, que quer cursar direito.

Mesmo entre os pais que não vão passar a tarde no local da prova, a torcida é grande pelos filhos. A maioria acompanhou os estudantes até o portão e só deixou o local depois de se certificarem de que não estava faltando nada.

“A gente fica sempre na expectativa se vai dar tudo certo, o registro, o material, o documento, se ele não vai precisar de alguma coisa. Então, a gente fica aqui esperando mais um pouquinho para ver se ele liga e precisa de alguma coisa”, disse Clair Santos Rodrigues, que acompanhou o filho de 16 anos.

O pai também se preparou antes como se fosse fazer a prova e preferiu ir a pé para o local da prova para evitar o engarrafamento que e formou na região. “A gente faz uma alimentação mais leve, come tranquilo, traz também lanchinhos leves, água, para vir descansado, sem correria. Estou confiante, ele disse que foi bem na prova passada e ele gosta mais de exatas, então acho que ele vai bem hoje”, disse o pai.

Neste domingo, estão sendo aplicadas 90 questões objetivas de matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). O aluno pode deixar o local após duas horas do início da prova. Só é possível sair com o caderno de questões nos últimos 30 minutos antes do fim das provas.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
23/01/18, 21:50 | JULGAMENTO HISTÓRICO - As armas de Lula e Moro: os principais argumentos de cada lado
23/01/18, 19:49 | POLÊMICA - Conselho da Caixa destitui três vice-presidentes afastados e um volta ao cargo
23/01/18, 19:33 | MANDATO - PGR denuncia vice-líder do governo Temer por omitir depósitos do IR
23/01/18, 19:28 | JUDICÁRIO - Saiba como será o julgamento de Lula em Porto Alegre
23/01/18, 19:21 | DESCONFIANÇA - Procuradoria investiga troca na chefia da Polícia Federal de Santos
23/01/18, 19:13 | ARTIGO - O que está por trás da campanha da Globo
23/01/18, 19:00 | ARTIGO - TJ-PI – Um colegiado com número par e não ímpar!
23/01/18, 14:12 | SAÚDE - OMS vem ao Brasil para acompanhar fracionamento da vacina contra febre amarela
23/01/18, 13:45 | VIOLÊNCIA - Homem é preso após alugar arma e matar rival com tiros e pauladas em Teresina
23/01/18, 13:38 | CORRUPÇÃO - Ex-secretário de Obras do Rio é preso em operação da PF e do Ministério Público
23/01/18, 13:28 | POLÍTICA - Odorico Paraguaçu completa 45 anos e segue atual na política brasileira
23/01/18, 12:05 | REPERCUSSÃO - New York Times: partidário, Moro jogou a democracia brasileira no abismo
23/01/18, 12:01 | ECONOMIA - IBGE: gastos maiores com alimentos e transportes pressionam inflação
23/01/18, 11:58 | VÍRUS - Ministro da Saúde diz que febre amarela está 'sob controle'
23/01/18, 11:29 | BENEFÍCIOS - Rombo na Previdência revela que militar pesa 16 vezes mais que segurado do INSS
23/01/18, 11:18 | LAVA JATO - Defesa de Lula pede prescrição de crimes no caso do triplex
23/01/18, 11:13 | POLÍTICA - Mulheres são apenas 9,9% dos pré-candidatos aos governos estaduais
23/01/18, 11:08 | POLÊMICA - ‘PL da Eletrobras, como está, não passa em 2018 nem nunca’, diz Aleluia
23/01/18, 10:27 | CLT - Lula a sindicalistas: FHC prometeu, mas foi Temer que acabou com 'Era Vargas'
23/01/18, 10:23 | ACIDENTE - Globocop cai e deixa pelo menos dois mortos no Recife
23/01/18, 10:07 | CRIMES - Com ficha polical imensa, ex-prefeito Ronaldo Lages é preso em Esperantina
23/01/18, 09:39 | HISTÓRIA - Primeira negra diplomata no Itamaraty é filha do Piauí
22/01/18, 18:32 | INVESTIGAÇÃO - FAB: avião que caiu com Teori não registrou pane ou mau funcionamento
22/01/18, 18:28 | POLÊMICA - Pré-candidata à presidência, ex-apresentadora da Globo chama Bolsonaro de mentiroso e o desafia para um debate público
22/01/18, 16:26 | DESMANDOS - TCE-PI investigará gastos de carnaval em municípios com dificuldades financeiras
22/01/18, 15:59 | VIOLÊNCIA - Jovem baleada em praia do Rio continua internada em estado grave
22/01/18, 15:54 | POLÊMICA - Governo encaminha ao Congresso projeto com regras para privatizar Eletrobras
22/01/18, 15:50 | LAVA JATO - Moro pede que PF justifique uso de algemas durante transferência de Cabral
22/01/18, 13:35 | VIOLÊNCIA - Jovem é assassinado e namorada morre por engano com tiro na cabeça em Teresina
22/01/18, 13:23 | MANIFESTAÇÃO - Temer é xingado durante caminhada, sorri e ignora protesto
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site