CBN - A rádio que toca notícia

SAÚDE

ANS: Envelhecimento da população eleva custo de planos de saúde

As operadoras de saúde que entram em processo de desequilíbrio econômico raramente são adquiridas por outras organizações, devido aos riscos sucessórios tributário e trabalhista

09/10/17, 13:55

A

expectativa de envelhecimento da população brasileira e o aumento dos custos médicos devem elevar os valores dos planos de saúde até 2030, de acordo com Leandro Fonseca, diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). O assunto foi debatido hoje (9) no Fórum da Saúde promovido pela Câmara Americana de Comércio para o Brasil (Amcham), na capital paulista.

Até 2060, a faixa etária com 80 anos ou mais somará 19 milhões de pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A ANS calcula que um em cada quatro brasileiros tem plano de saúde, o que movimentou R$ 160 bilhões em 2016. O setor realizou mais de 1 bilhão de procedimentos médicos no ano passado.

Para Leonardo Paiva, chefe de gabinete da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Brasil passará pela transição demográfica antes de se tornar um país desenvolvido, o que aumentará o desafio. “Teremos a mudança de doenças infecto-contagiosas para doenças crônicas [comum à terceira idade]. As indústrias [farmacêuticas] estão se movendo para isso. Hoje, 40% dos novos registros de medicamentos são para oncologia”, declarou Paiva.

Judicialização

Para o chefe de gabinete da Anvisa, o Sistema Único de Saúde (SUS) precisa se preparar para o aumento de gastos com medicamentos voltados à população mais madura, que sofre com doenças crônicas. Ele prevê elevação do número de decisões judiciais obrigando o Estado a custear medicamentos o que, atualmente, é predominante entre doenças raras. Em 2015 e 2016, foram gastos R$ 1 bilhão ao ano com os dez medicamentos mais solicitados por meio da Justiça.

Outra questão apontada pelo diretor da ANS é a falta de gestão de saúde adequada entre as operadoras dos planos. O país tem 900 operadoras, sendo que 125 delas respondem por 80% dos beneficiários. Segundo ele, os consumidores realizam muitos exames sem necessidade por falta de orientação.

No país, a saúde suplementar faz 132 exames de ressonância magnética por mil habitantes, média muito elevada. “Há um desperdício enorme de recursos porque os usuários do sistema não são orientados a transitar pela rede. As soluções são uso consciente do consumidor e a reorganização da rede”, disse.

Risco sucessório

As operadoras de saúde que entram em processo de desequilíbrio econômico raramente são adquiridas por outras organizações, devido aos riscos sucessórios tributário e trabalhista. Fonseca explica que, diante das dificuldades, as operadoras passam a deteriorar seus serviços e a perder as melhores prestadoras.

“Não tem uma alternativa saudável, no âmbito jurídico, para que [a operadora] seja adquirida. Ela vai deteriorando o serviço dela num processo que pode levar seis anos. Apenas em 20% dos casos, elas se recuperam e conseguem retornar ao mercado”, esclarece Fonseca.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
19/02/18, 16:10 | INCONSTITUCIONAL - Parlamentares vão ao STF contra reforma da Previdência durante intervenção
19/02/18, 15:56 | ESPORTE - Neymar tinha contrato com a Globo durante a Copa de 2014, diz jornal
19/02/18, 15:47 | INTERVENÇÃO - Eunício determina que todas as PECs parem de tramitar no Senado
19/02/18, 13:41 | CRIME - Ministério Público abre nova ação para investigar se Jucá é sócio oculto de TV
19/02/18, 13:33 | ECONOMIA - Em 10 anos, diminui diferença entre homens e mulheres no mercado de trabalho
19/02/18, 13:29 | CRIMINALIDADE - Por conta da violência, Correios não entregam em 44% dos CEPs do Rio
19/02/18, 13:18 | ECONOMIA - Brasil tem a 2ª gasolina mais cara do mundo
19/02/18, 12:51 | OPINIÃO PÚBLICA - Wellington Dias é líder na disputa pela reeleição com 70,80% dos votos
19/02/18, 11:32 | TRÂNSITO - Corredores de ônibus geram mudanças em avenida de Teresina
19/02/18, 10:52 | ACIDENTE - Adolescente do Piauí morre após sofrer choque elétrico em celular ligado na tomada
19/02/18, 10:37 | PROTESTO - Manifestantes interditam BR-316 em Teresina contra a Reforma da Previdência
19/02/18, 09:14 | POLÊMICA - Marco Aurélio está cético quanto aos resultados de intervenção
19/02/18, 09:07 | POLÊMICA - Governo já fala em intervenção em outros Estados
19/02/18, 00:06 | OPINIÃO - Jornalista: Como é possível enfrentar o crime se temos leis, um Judiciário e agentes do Estado que protegem criminosos?
18/02/18, 23:43 | RECUO - Temer cancela agenda e reúne Conselho da República e Conselho da Defesa Nacional nesta segunda-feira
18/02/18, 17:41 | PROTESTO - Mulher invade link ao vivo da GloboNews com “Globo Lixo” e “Fora, Temer”
18/02/18, 17:31 | CRIMINALIDADE - Temer determina envio de força-tarefa ao Ceará para combater crime organizado
18/02/18, 17:19 | VIOLÊNCIA - Policial militar de folga e mais duas pessoas são mortas em tiroteio no Rio
18/02/18, 16:34 | PROFISSÃO - No PI, menina que sonha em ser PM se emociona com surpresa de aniversário
18/02/18, 13:34 | SAÚDE - Hospital de Luzilândia recebe equipamentos e autorização para reforma de quase R$ 5 milhões
18/02/18, 12:47 | CARNAVAL - Vampirão da Tuiuti é proibido de desfilar com faixa que 'homenageia' Temer
18/02/18, 12:43 | POLÊMICA - Dieese: gestão da Previdência passa por revogação da reforma trabalhista
18/02/18, 12:21 | JUDICIÁRIO - Supremo Tribunal Federal já acumula 18 ações contra reforma trabalhista de Temer
18/02/18, 11:52 | CRÍTICA - Bispo critica intervenção que “avilta militares e traz sofrimento aos pobres e negros”
18/02/18, 11:49 | CORRUPÇÃO - Fernando Horta: se não derem imunidade que Temer quer, ele não permitirá eleições
17/02/18, 23:06 | ARTIGO - A inconstitucionalidade da intervenção no Estado do Rio
17/02/18, 22:47 | POLÊMICA - GOVERNADOR DO MARANHÃO: governo Temer pode gerar um caos jurídico
17/02/18, 22:32 | INVESTIGAÇÃO - Ex-executivos dizem que pagaram propina para Serra e o PSDB: R$ 30 milhões
17/02/18, 22:22 | CONTROVÉRSIA - “Se a polícia é corrupta, não se vence a violência”, diz coronel reformado da PM-SP
17/02/18, 22:16 | OPINIÃO - “A intervenção é grosseiramente inconstitucional”, diz doutor em Direito
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site