CBN - A rádio que toca notícia

LAVA-JATO

Odebrecht cede dados de contas no exterior que podem implicar políticos

Segundo envolvidos nas investigações, o material inclui planilhas com nomes de receptores de recursos ilícitos que ainda não apareceram

11/08/17, 12:04
 
A
força-tarefa da Lava Jato em Curitiba recebeu nesta semana uma leva de documentos da Odebrecht que podem comprometer os investigados na operação.

Segundo envolvidos nas investigações, o material inclui extratos bancários de pagamentos no exterior, destinados a políticos, e planilhas com nomes de receptores de recursos ilícitos que ainda não apareceram.

O material integra o MyWebDay, sistema que era usado no dia a dia da área de pagamentos de propina da Odebrecht, o Setor de Operações Estruturadas, para fazer o controle interno dos repasses.

Na avaliação de procuradores ouvidos pela reportagem, mais do que corroborar dados da delação da empresa, o material pode abrir novos flancos de investigação que não prosperaram por falta de provas.

Na segunda (7), a Folha de S.Paulo informou que o software ainda não tinha sido acessado pelo Ministério Público. A afirmação foi feita por procuradores à Justiça em resposta à defesa do ex-presidente Lula, que pediu acesso ao material.

O programa ficava hospedado na Suíça e foi apagado quando a Lava Jato ganhou força, em 2014. Nele estavam armazenadas planilhas com requisições e programações de pagamentos ilícitos, obras, valores e codinomes a eles vinculados, além de extratos e documentos enviados por operadores comprovando que os acertos foram realizados.

Ele foi desenvolvido pela própria empresa nos anos 1990 para uso interno, mas acabou como ferramenta de uso exclusivo do departamento de propina.

Apesar de ter sido apagado, grande parte do material foi recuperada pelas autoridades suíças e entregue para a Odebrecht após a empresa conseguir esse direito na Justiça. Os dados foram um dos trunfos para fechar o acordo com os procuradores brasileiros.

Nas negociações foi acertado, porém, que só depois da homologação da leniência (espécie de delação premiada da empresa) é que o material seria cedido à força-tarefa.

Apesar da validação ter acontecido em maio, os dados do MyWebDay chegaram a Curitiba somente na segunda semana de agosto, após a Odebrecht ser cobrada a entregar as informações.

A empreiteira também entregou novos dados recuperados do Drousys, o sistema usado por funcionários do departamento de propina para se comunicar com responsáveis por fazer entregas em espécie.

O Drousys chegou a ser transferido para a Suécia com a eclosão da Lava Jato. Os dados desse sistema estão com a força-tarefa desde março.

Para entender melhor as operações, o Ministério Público Federal pediu ajuda de Fernando Migliaccio, ex-funcionário da Odebrecht responsável pelo controles de pagamentos. Preso na Suíça, ele se tornou delator.

Fonte: JL/Folha
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/10/17, 19:20 | TRÁFEGO - Multas de trânsito poderão ser pagas em parcelas e com cartão de crédito
18/10/17, 19:05 | ARTIGO - Esse Congresso não caiu do céu
18/10/17, 18:56 | ARTIGO - A direita não se endireita
18/10/17, 18:47 | ESPORTE - Rodada da Champions tem vitória do PSG com golaço de Neymar; resultados
18/10/17, 18:42 | REPERCUSSÃO - PSDB nega acordo com Michel Temer para salvar Aécio Neves
18/10/17, 18:38 | PROPINA - Aécio retorna ao Senado e se diz vítima de 'ardilosa armação'
18/10/17, 18:05 | ARTIGO - Eleitoral - Improbidade Administrativa e Inelegibilidade
18/10/17, 13:17 | ECONOMIA - IBGE: número de trabalhadores em empresas de grande porte cai 29% em 1 ano
18/10/17, 13:13 | MANDATO - De volta ao Senado, Aécio ainda enfrentará desgaste político e jurídico
18/10/17, 12:54 | DENÚNCIA - Ainda na ressaca para manter Aécio, Congresso parte para salvar Temer
18/10/17, 12:49 | ANÁLISE - Retrocesso no combate ao trabalho escravo é parte de 'conspiração' para salvar Temer
18/10/17, 12:36 | POLÍTICA - Aécio precisa renunciar definitivamente à Presidência do PSDB, diz Tasso
18/10/17, 11:25 | TRAGÉDIAS - Portugal: mais de 100 mortos em menos de 4 meses em incêndios
18/10/17, 11:17 | CRIME - Agredida, mulher mata marido e manda chamar a polícia
18/10/17, 10:49 | MUNDO - Somália: após ataque, 70 seguem desaparecidos; mortos somam 302
18/10/17, 07:24 | ENTREVISTA - Juiz Sergio Moro pede mais rigor em acordos da Lava Jato
18/10/17, 07:20 | CORRUPÇÃO - Dos 44 votos a favor de Aécio, 19 são alvo da Operação Lava Jato
18/10/17, 07:14 | POLÊMICA - Lula pode concorrer em 2018 mesmo se condenado, diz parecer
17/10/17, 20:38 | DENÚNCIA - Clima na CCJ aponta para Temer mais frágil e Maia mais forte
17/10/17, 20:34 | CORRUPÇÃO - Maia vê risco de plenário da Câmara aceitar denúncia contra Temer
17/10/17, 20:25 | SENADO - Senadores decidem devolver mandato ao senador Aécio Neves por 44 a 26 votos
17/10/17, 19:34 | DECISÃO - Justiça condena filho do governador do PI a ressarcir cofres públicos por locação de avião
17/10/17, 19:05 | ACIDENTE - Avião do Greenpeace cai no Amazonas e mata uma pessoa
17/10/17, 19:02 | FISCALIZAÇÃO - MPF e MPT recomendam governo a revogar portaria do trabalho escravo
17/10/17, 18:58 | DEBOCHE - Michel Temer faz piada com vazamento de celular
17/10/17, 18:08 | DECISÃO - Aécio escreve carta a senadores pedindo apoio para voltar ao mandato
17/10/17, 18:04 | MUNDO - Polícia francesa prende 10 suspeitos de planejar 'matar políticos'
17/10/17, 17:50 | CONFUSÃO - Membros da CPI da JBS se acusam de 'vira-lata' e 'lambe botas de Temer'
17/10/17, 14:31 | PORTARIA - Brasil vira exemplo negativo no combate ao trabalho escravo
17/10/17, 14:26 | ESPORTE - CBF confirma amistoso da seleção brasileira contra a Rússia
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site