CBN - A rádio que toca notícia

COTIDIANO

Pais devem acompanhar o acesso de crianças à internet, alertam especialistas

O especialista não recomenda o monitoramento dos filhos com o uso de softwares espiões. Segundo ele, esses programas passam uma falsa sensação de segurança e podem comprometer a relação de confiança entre pais e filhos

16/07/17, 18:38

J

ulho é o mês das férias escolares e, com elas, vêm a preocupação de muitos pais sobre como os filhos aproveitam o tempo livre. O acesso à internet e às redes sociais é uma das formas de passar o tempo, mas deve ser feito com cuidado para não prejudicar as crianças e adolescentes.

Especialistas concordam que o acesso à rede mundial é um caminho sem volta, e a proibição do uso não é a melhor opção para os pais. O presidente da organização não governamental Safernet, Thiago Tavares, diz que a melhor estratégia continua sendo o diálogo, a conversa franca e a relação de confiança que deve existir entre pais e filhos.

“Da mesma forma que você conversa com seus filhos sobre os riscos que existem ao sair na rua, na escola, no cinema, você diz para ele não aceitar bala de estranhos, você também deve orientá-lo em relação ao uso seguro da internet”, diz. Ele recomenda também o uso de versões customizadas de sites e aplicativos, que selecionam o conteúdo apropriado para crianças.

O especialista não recomenda o monitoramento dos filhos com o uso de softwares espiões. Segundo ele, esses programas passam uma falsa sensação de segurança e podem comprometer a relação de confiança entre pais e filhos. “Proibir o uso da internet não adianta. E monitorar o que seu filho faz por meio de softwares espiões também não ajuda, porque quebra uma relação de confiança e é ineficiente, porque as crianças não acessam a internet de um único dispositivo”, justifica.

Espaço público

A mestre em psicologia clínica Laís Fontenelle orienta aos pais acompanhar os acessos virtuais dos filhos da mesma forma como é feito no mundo real. “O mesmo cuidado que tem de ter na internet é o cuidado que tem de ter em um espaço público. Os pais têm de monitorar da mesma forma que monitora a casa do amigo que o filho vai, a praça que vai frequentar, a festa, porque é como se fosse um espaço público, só que virtual”, explica.

No caso de crianças não alfabetizadas, o acesso à internet precisa sempre ser feito com a supervisão de um adulto, diz a psicóloga. “A mediação é imprescindível principalmente para crianças que não estão alfabetizadas. Elas vão com o dedinho no touchscreen [tela do celular ou tablet] e podem cair em um conteúdo que não é adequado para elas, e não têm a maturidade para lidar com o conteúdo que está ali”, adverte.

A psicóloga também “puxa a orelha” dos pais, alertando para a responsabilidade do exemplo dado às crianças. “Não adianta a gente fazer um overposting dos nossos filhos nas redes sociais, expondo tudo que acontece na vida deles: 'ganhou um peniquinho, comeu a primeira papinha' e dizer para eles não fazerem isso. Se a gente não sabe lidar com esses limites claros sobre o que pode ser publicizado sobre a intimidade das nossas vidas, eles nunca vão saber”, diz Laís.

Os principais riscos do uso da internet por crianças e adolescentes são os acessos a conteúdos inapropriados para a idade, como pornografia, a exposição da privacidade em redes sociais, o cyberbulling e a exposição da intimidade, principalmente na adolescência. “Os casos de vazamento de nudes [fotos de nudez] não param de crescer ano a ano”, diz o presidente da Safernet. Além disso, há o perigo do contato com estranhos, que pode resultar em tentativas de assédio, aliciamentos ou golpes.

Uma pesquisa divulgada no ano passado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil mostrou que 87% crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos têm perfil em redes sociais, e 66% acessam a internet mais de uma vez por dia. Segundo o estudo TIC Kids Online Brasil, 11% dos entrevistados acessaram a internet antes dos 6 anos de idade.

Trem-bala

A jornalista Melissa Gass levou um susto quando viu que o canal no Youtube da filha Lívia, de 7 anos, tinha mais de 15 mil visualizações. O sucesso veio quando a menina postou um vídeo dançando o hit Trem-Bala, da cantora Ana Vilela. “Como ela não posta muita coisa, eu não esperava, mas por causa desse vídeo acabou tendo uma repercussão maior. É muita exposição, a gente fica meio preocupado”, conta a mãe.

Em seu canal, Lívia mostra brincadeiras, músicas, livros e até receitas culinárias. “Eu gosto de ser famosa”, diz a menina, que também participa de aulas de canto, dança e vai começar a fazer teatro.

Para Melissa, não tem como proibir o acesso das crianças à internet, mas é preciso monitorar as atividades dos pequenos na rede. “A tecnologia é uma realidade. Com um ano de idade, ela mexia no celular, então não tem como fugir. Quando a gente proíbe, é pior, porque vai fazer escondido. Então a gente monitora, acompanha, incentiva o que pode incentivar”, explica.

Entre as orientações que os pais dão para Lívia, estão não seguir canais de adultos e não comentar nem trocar mensagem privada com desconhecidos. “A gente fala que têm adultos que querem fazer maldades para as crianças, então que ela tem de tomar cuidado, a gente dá essa orientação”, diz Melissa. A mãe também monitora as redes sociais da filha e, quando vê algo suspeito, desabilita o contato.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/11/17, 14:25 | FISCALIZAÇÃO - Receita passa a cobrar CPF de dependentes a partir de 8 anos de idade
20/11/17, 14:22 | EDUCAÇÃO - Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado para 30 de novembro
20/11/17, 14:18 | ELEIÇÕES 2018 - TSE lança canal no Twitter para tirar dúvidas do eleitor
20/11/17, 14:15 | POLÍTICAS - Secretário da Igualdade defende mais políticas públicas para negros no país
20/11/17, 12:59 | CARGO - Segóvia toma posse ao lado de Temer, investigado pela Polícia Federal
20/11/17, 12:54 | CORRUPÇÃO - Indicado por Temer para Ministério foi citado em CPI como 'menino de ouro' de Cachoeira
20/11/17, 12:48 | POLÍTICA - Por reforma da Previdência, Temer autoriza Maia a negociar cargos
20/11/17, 12:40 | POLÊMICA - CPI da JBS é investida contra o Ministério Público Federal, diz Janot
20/11/17, 09:35 | OPINIÃO - Leia o artigo de Deusval Lacerda: Destroço do governo no Brasil,
19/11/17, 20:23 | OPERAÇÃO - Eletrobras fará cortes de energia de 9 mil inadimplentes na Zona Norte de Teresina
19/11/17, 16:22 | HISTÓRIA - Pelé celebra 48 anos do seu milésimo gol: ‘Mais do que um número’
19/11/17, 16:16 | POLÍTICA - Senador elogia Lava Jato e lança pré-candidatura à Presidência
19/11/17, 16:09 | ACIDENTE - Criança perde o dedo após acidente em escada rolante em Teresina
19/11/17, 14:40 | EMPREGO - Redação do concurso do Corpo de Bombeiros-PI tem como tema ‘preservação dos valores humanos’
19/11/17, 14:35 | ARTIGO - Direito à Saúde – a busca incessante da judicialização
19/11/17, 14:27 | VATICANO - Papa Francisco oferece almoço a milhares de excluídos na Jornada Mundial dos Pobres
19/11/17, 14:05 | INCLUSÃO - Só políticas de saúde, educação e cidadania promovem justiça ante o racismo
19/11/17, 13:57 | INCIDENTE - Marinha do Brasil e FAB auxiliam em buscas por submarino argentino
19/11/17, 13:38 | LOTERIA - Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 50 milhões
19/11/17, 13:07 | NOVA LEI - Total de ações trabalhistas cai mais de 90% após reforma
18/11/17, 22:27 | CONGRESSO - Governo libera quase R$ 600 milhões para emendas parlamentares
18/11/17, 22:24 | PROPINA - MP entra com ação para anular sessão que libertou Picciani, Melo e Albertassi
18/11/17, 22:16 | INVESTIGAÇÕES - Diretor-geral da PF revela data para fim da operação Lava Jato
18/11/17, 22:11 | CELEBRIDADE - Lívia Andrade curte passeio de barco e exibe corpão
18/11/17, 19:51 | INFRAESTRUTURA - Iniciado asfaltamento da Rodovia MA 110 entre São Bernardo e Luzilândia para impulsionar economia e turismo
18/11/17, 19:39 | VATICANO - Papa nomeia arcebispo de Brasília como relator geral do Sínodo de 2018
18/11/17, 19:33 | CASO DE ÓDIO - Por dizer que votaria em Lula, mulher é agredida por apoiador de Bolsonaro
18/11/17, 19:24 | POLÍTICA - Tucanos não garantem apoio incondicional à reforma da Previdência
18/11/17, 19:19 | ESPORTE - PSG goleia Nantes com dois gols de Cavani; Neymar passou em branco
18/11/17, 19:12 | DISCURSO - 'Povo não tem que pagar Imposto de Renda sobre salário', diz Lula
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site