CBN - A rádio que toca notícia

COTIDIANO

Pais devem acompanhar o acesso de crianças à internet, alertam especialistas

O especialista não recomenda o monitoramento dos filhos com o uso de softwares espiões. Segundo ele, esses programas passam uma falsa sensação de segurança e podem comprometer a relação de confiança entre pais e filhos

16/07/17, 18:38

J

ulho é o mês das férias escolares e, com elas, vêm a preocupação de muitos pais sobre como os filhos aproveitam o tempo livre. O acesso à internet e às redes sociais é uma das formas de passar o tempo, mas deve ser feito com cuidado para não prejudicar as crianças e adolescentes.

Especialistas concordam que o acesso à rede mundial é um caminho sem volta, e a proibição do uso não é a melhor opção para os pais. O presidente da organização não governamental Safernet, Thiago Tavares, diz que a melhor estratégia continua sendo o diálogo, a conversa franca e a relação de confiança que deve existir entre pais e filhos.

“Da mesma forma que você conversa com seus filhos sobre os riscos que existem ao sair na rua, na escola, no cinema, você diz para ele não aceitar bala de estranhos, você também deve orientá-lo em relação ao uso seguro da internet”, diz. Ele recomenda também o uso de versões customizadas de sites e aplicativos, que selecionam o conteúdo apropriado para crianças.

O especialista não recomenda o monitoramento dos filhos com o uso de softwares espiões. Segundo ele, esses programas passam uma falsa sensação de segurança e podem comprometer a relação de confiança entre pais e filhos. “Proibir o uso da internet não adianta. E monitorar o que seu filho faz por meio de softwares espiões também não ajuda, porque quebra uma relação de confiança e é ineficiente, porque as crianças não acessam a internet de um único dispositivo”, justifica.

Espaço público

A mestre em psicologia clínica Laís Fontenelle orienta aos pais acompanhar os acessos virtuais dos filhos da mesma forma como é feito no mundo real. “O mesmo cuidado que tem de ter na internet é o cuidado que tem de ter em um espaço público. Os pais têm de monitorar da mesma forma que monitora a casa do amigo que o filho vai, a praça que vai frequentar, a festa, porque é como se fosse um espaço público, só que virtual”, explica.

No caso de crianças não alfabetizadas, o acesso à internet precisa sempre ser feito com a supervisão de um adulto, diz a psicóloga. “A mediação é imprescindível principalmente para crianças que não estão alfabetizadas. Elas vão com o dedinho no touchscreen [tela do celular ou tablet] e podem cair em um conteúdo que não é adequado para elas, e não têm a maturidade para lidar com o conteúdo que está ali”, adverte.

A psicóloga também “puxa a orelha” dos pais, alertando para a responsabilidade do exemplo dado às crianças. “Não adianta a gente fazer um overposting dos nossos filhos nas redes sociais, expondo tudo que acontece na vida deles: 'ganhou um peniquinho, comeu a primeira papinha' e dizer para eles não fazerem isso. Se a gente não sabe lidar com esses limites claros sobre o que pode ser publicizado sobre a intimidade das nossas vidas, eles nunca vão saber”, diz Laís.

Os principais riscos do uso da internet por crianças e adolescentes são os acessos a conteúdos inapropriados para a idade, como pornografia, a exposição da privacidade em redes sociais, o cyberbulling e a exposição da intimidade, principalmente na adolescência. “Os casos de vazamento de nudes [fotos de nudez] não param de crescer ano a ano”, diz o presidente da Safernet. Além disso, há o perigo do contato com estranhos, que pode resultar em tentativas de assédio, aliciamentos ou golpes.

Uma pesquisa divulgada no ano passado pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil mostrou que 87% crianças e adolescentes entre 9 e 17 anos têm perfil em redes sociais, e 66% acessam a internet mais de uma vez por dia. Segundo o estudo TIC Kids Online Brasil, 11% dos entrevistados acessaram a internet antes dos 6 anos de idade.

Trem-bala

A jornalista Melissa Gass levou um susto quando viu que o canal no Youtube da filha Lívia, de 7 anos, tinha mais de 15 mil visualizações. O sucesso veio quando a menina postou um vídeo dançando o hit Trem-Bala, da cantora Ana Vilela. “Como ela não posta muita coisa, eu não esperava, mas por causa desse vídeo acabou tendo uma repercussão maior. É muita exposição, a gente fica meio preocupado”, conta a mãe.

Em seu canal, Lívia mostra brincadeiras, músicas, livros e até receitas culinárias. “Eu gosto de ser famosa”, diz a menina, que também participa de aulas de canto, dança e vai começar a fazer teatro.

Para Melissa, não tem como proibir o acesso das crianças à internet, mas é preciso monitorar as atividades dos pequenos na rede. “A tecnologia é uma realidade. Com um ano de idade, ela mexia no celular, então não tem como fugir. Quando a gente proíbe, é pior, porque vai fazer escondido. Então a gente monitora, acompanha, incentiva o que pode incentivar”, explica.

Entre as orientações que os pais dão para Lívia, estão não seguir canais de adultos e não comentar nem trocar mensagem privada com desconhecidos. “A gente fala que têm adultos que querem fazer maldades para as crianças, então que ela tem de tomar cuidado, a gente dá essa orientação”, diz Melissa. A mãe também monitora as redes sociais da filha e, quando vê algo suspeito, desabilita o contato.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
22/09/17, 15:49 | DECISÃO - Corrupção é crime contra a humanidade, diz juiz responsável pela Lava Jato no RJ
22/09/17, 15:18 | CRIME - Miss do PR é presa suspeita de participar de sequestro de empresário
22/09/17, 15:13 | FUTEBOL - Alex Sandro é convocado para substituir Marcelo na seleção brasileira
22/09/17, 15:04 | LAVA JATO - Juiz bloqueia R$ 224 milhões de Sérgio Cabral, Adriana e outros nove
22/09/17, 14:53 | PERSONA NON GRATA - Deputados de SC revogam honraria concedida a Geddel
22/09/17, 14:13 | MISTÉRIO - Ex-médico condenado por matar e esquartejar paciente é encontrado morto em casa
22/09/17, 14:00 | CRISE - Lula: estou preocupado com defesa de intervenção militar por general
22/09/17, 13:40 | SUCESSÃO - Rede já fala em trocar Marina por Joaquim Barbosa para disputar Planalto em 2018
22/09/17, 13:12 | REVEILLON - Globo inicia produção de especial de fim de ano de Roberto Carlos
22/09/17, 13:08 | GUERRA - Ministro da Defesa autoriza cerco do Exército à Rocinha, no Rio
22/09/17, 13:05 | ESPORTE - Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo concorrem a melhor do mundo
22/09/17, 13:00 | POLÊMICA - Mendes ironiza Estado laico: 'Espírito Santo seria espírito de porco'
22/09/17, 12:50 | GREVE - Sob ameaça de rebelião, forças de segurança voltam a ocupar Casa de Custódia para garantir visitas
22/09/17, 12:45 | VIOLÊNCIA - Menino de 4 anos agredido a pauladas na cabeça morre em hospital de Teresina
21/09/17, 21:22 | REIVINDICAÇÃO - Governador do Piauí descarta aumento para agentes penitenciários
21/09/17, 21:18 | VIOLÊNCIA - Homem que agrediu menino com golpes é preso em Teresina
21/09/17, 21:14 | EVENTO - Criança Feliz deve levar mais de 60 mil ao Parque da Cidadania
21/09/17, 20:57 | ECONOMIA - Brasil cria 35,5 mil vagas de trabalho formal em agosto, diz governo
21/09/17, 20:54 | CORRUPÇÃO - Câmara dos Deputados recebe denúncia contra MIchel Temer
21/09/17, 20:48 | MUNDO - México: 250 mortes e menina soterrada vira símbolo de resistência
21/09/17, 20:39 | CORRUPÇÃO - Cármen Lúcia envia denúncia sobre Temer à Câmara dos Deputados
21/09/17, 15:55 | INVESTIGAÇÃO - Michel Temer recebeu propina por hidrelétrica em Rondônia, diz Funaro
21/09/17, 15:50 | PROPINA - PF identifica compra de Porsche a Eduardo Cunha pelo dono da Gol
21/09/17, 15:10 | OPINIÃO PÚBLICA - DataPoder360: Aprovação de Temer é zero na faixa de jovens até 24 anos
21/09/17, 14:43 | DISCURSO - Nos Estados Unidos, Temer omite problemas e 'vende' otimismo
21/09/17, 14:37 | ESPORTE - COI apresenta medalhas dos Jogos de Inverno de 2018
21/09/17, 14:32 | PREVISÃO - Astrônomo anuncia o fim da terra neste sábado após impacto com planeta
21/09/17, 13:24 | POLÍTICA - Maia faz novas críticas ao governo em jantar com Renan e adversários de Temer
21/09/17, 13:17 | ASSEMBLEIA GERAL - Na ONU, discurso de Temer foi considerado mentiroso e farsante
21/09/17, 13:12 | INICIATIVA POPULAR - PLEBISCITO: Congresso não votará reforma política que atenda aos anseios populares
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site