CBN - A rádio que toca notícia

ECONOMIA

Sonegação não aparece em delação premiada, mas retira R$ 500 bi públicos

Empresário que sonega é visto como vítima do Estado

16/07/17, 15:20

Q

uais são os fatores que separam mocinhos e vilões? Temos acompanhado uma narrativa nada tediosa sobre os “bandidos” nacionais, o agente público e o político corruptos, culpados por um rombo nos cofres públicos que pode chegar a R$ 85 bilhões.

Mas vivemos um outro lado da história, ultimamente esquecido: o da sonegação de impostos, que impede R$ 500 bilhões de chegarem às finanças nacionais. Longe dos holofotes das delações premiadas, essa face da corrupção nos faz confundir mocinhos e bandidos. O sonegador passa por empresário, gerador de empregos e produtor da riqueza, que sonega para sobreviver aos abusos do poder público. Disso resulta uma espécie de redenção à figura, cuja projeção social está muito mais próxima à de uma vítima do Estado do que à de um fora da lei.

Da relação quase siamesa entre corrupção e sonegação, brota uma diferença sutil: enquanto a corrupção consiste no desvio de parte da receita pública, a sonegação é um desvio ainda mais grave, na medida em que o dinheiro sequer chega aos cofres públicos. Aqui me refiro à sonegação dos impostos indiretos embutidos no preço dos bens e serviços pagos pelo consumidor. No mais, esses d2 crimes sociais igualam-se, porque ambos sangram os cofres públicos e reduzem drasticamente a possibilidade de nos constituirmos como um país socialmente justo.

Se ao menos existe um caminho traçado para controlar os níveis de corrupção, a sua parente colateral segue desprezada na estratégia de ação estatal. Para resolver essa questão, destaco ao menos duas alternativas, entre muitas outras possíveis e necessárias:

1. A extinção da punibilidade ao sonegador mediante o pagamento do tributo sonegado (esse privilégio, contido na Lei Federal nº 9.430/1996, serve de estímulo à sonegação, na medida em que atribui como pena máxima o pagamento do tributo sonegado).

2. Aprovação da Proposta de Emenda Constitucional nº 186/2007, que prevê a edição da Lei Orgânica Nacional das Administrações Tributárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e as conferem autonomia administrativa, financeira e funcional.

As autoridades tributárias não atuam em nome de governos, mas da sociedade, e, por desenvolverem atividade medular entre o interesse público e o privado, carecem de prerrogativas que lhes assegurem proteção contra eventuais pressões e conveniências dos agentes políticos.

A mesma imparcialidade e autonomia que se requer de um promotor ou de um juiz no exercício de suas funções, exige-se de uma autoridade tributária, razão pela qual não se justificam as condições institucionais, funcionais e materiais diferentes entre essas carreiras.

Fonte: JL/PODER 360
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
22/09/17, 15:49 | DECISÃO - Corrupção é crime contra a humanidade, diz juiz responsável pela Lava Jato no RJ
22/09/17, 15:18 | CRIME - Miss do PR é presa suspeita de participar de sequestro de empresário
22/09/17, 15:13 | FUTEBOL - Alex Sandro é convocado para substituir Marcelo na seleção brasileira
22/09/17, 15:04 | LAVA JATO - Juiz bloqueia R$ 224 milhões de Sérgio Cabral, Adriana e outros nove
22/09/17, 14:53 | PERSONA NON GRATA - Deputados de SC revogam honraria concedida a Geddel
22/09/17, 14:13 | MISTÉRIO - Ex-médico condenado por matar e esquartejar paciente é encontrado morto em casa
22/09/17, 14:00 | CRISE - Lula: estou preocupado com defesa de intervenção militar por general
22/09/17, 13:40 | SUCESSÃO - Rede já fala em trocar Marina por Joaquim Barbosa para disputar Planalto em 2018
22/09/17, 13:12 | REVEILLON - Globo inicia produção de especial de fim de ano de Roberto Carlos
22/09/17, 13:08 | GUERRA - Ministro da Defesa autoriza cerco do Exército à Rocinha, no Rio
22/09/17, 13:05 | ESPORTE - Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo concorrem a melhor do mundo
22/09/17, 13:00 | POLÊMICA - Mendes ironiza Estado laico: 'Espírito Santo seria espírito de porco'
22/09/17, 12:50 | GREVE - Sob ameaça de rebelião, forças de segurança voltam a ocupar Casa de Custódia para garantir visitas
22/09/17, 12:45 | VIOLÊNCIA - Menino de 4 anos agredido a pauladas na cabeça morre em hospital de Teresina
21/09/17, 21:22 | REIVINDICAÇÃO - Governador do Piauí descarta aumento para agentes penitenciários
21/09/17, 21:18 | VIOLÊNCIA - Homem que agrediu menino com golpes é preso em Teresina
21/09/17, 21:14 | EVENTO - Criança Feliz deve levar mais de 60 mil ao Parque da Cidadania
21/09/17, 20:57 | ECONOMIA - Brasil cria 35,5 mil vagas de trabalho formal em agosto, diz governo
21/09/17, 20:54 | CORRUPÇÃO - Câmara dos Deputados recebe denúncia contra MIchel Temer
21/09/17, 20:48 | MUNDO - México: 250 mortes e menina soterrada vira símbolo de resistência
21/09/17, 20:39 | CORRUPÇÃO - Cármen Lúcia envia denúncia sobre Temer à Câmara dos Deputados
21/09/17, 15:55 | INVESTIGAÇÃO - Michel Temer recebeu propina por hidrelétrica em Rondônia, diz Funaro
21/09/17, 15:50 | PROPINA - PF identifica compra de Porsche a Eduardo Cunha pelo dono da Gol
21/09/17, 15:10 | OPINIÃO PÚBLICA - DataPoder360: Aprovação de Temer é zero na faixa de jovens até 24 anos
21/09/17, 14:43 | DISCURSO - Nos Estados Unidos, Temer omite problemas e 'vende' otimismo
21/09/17, 14:37 | ESPORTE - COI apresenta medalhas dos Jogos de Inverno de 2018
21/09/17, 14:32 | PREVISÃO - Astrônomo anuncia o fim da terra neste sábado após impacto com planeta
21/09/17, 13:24 | POLÍTICA - Maia faz novas críticas ao governo em jantar com Renan e adversários de Temer
21/09/17, 13:17 | ASSEMBLEIA GERAL - Na ONU, discurso de Temer foi considerado mentiroso e farsante
21/09/17, 13:12 | INICIATIVA POPULAR - PLEBISCITO: Congresso não votará reforma política que atenda aos anseios populares
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site