CBN - A rádio que toca notícia

CONDENAÇÃO

Julgamento de Lula em segunda instância pode demorar cerca de um ano

Os advogados de Lula têm até dez dias para abrir a intimação. A partir de então, passa a correr novo prazo de cinco dias para que a defesa apresente recurso

13/07/17, 15:56

A

8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), responsável pelos processos da Operação Lava Jato, julgará em segunda instância o processo que levou ontem (12) à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.  Os desembargadores, sediados em Porto Alegre, têm levado em média um ano para julgar os casos da operação.

Se for condenado em segunda instância até 15 de agosto do ano que vem, quando se encerra o prazo para registro de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lula não poderá concorrer a cargo eletivo. Isso porque a sentença de Moro prevê que Lula fique interditado para o exercício de cargo ou função pública por 19 anos, caso a decisão seja confirmada pelos desembargadores. Aliados do ex-presidente têm afirmado que a decisão tem como objetivo inviabilizar sua candidatura à presidência da República em 2018.

Tramitação e prazos

O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, estipulou pena de 9 anos e meio de prisão e determinou que Lula poderá responder em liberdade a fase recursal. O resultado do julgamento em primeira instância foi comunicado às partes por meio de intimações publicadas no sistema eletrônico da Justiça Federal do Paraná (JFPR).

Os advogados de Lula têm até dez dias para abrir a intimação. A partir de então, passa a correr novo prazo de cinco dias para que a defesa apresente recurso.

Em um primeiro momento, a apelação será recebida pelo próprio juiz de primeira instância, Sérgio Moro, que fará uma avaliação técnica da peça e a remeterá ao tribunal. No TRF4, os processos são encaminhados à 8ª Turma, composta pelos desembargadores federais João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus. Ao chegar no tribunal, as ações são abertas para vistas do Ministério Público Federal, responsável pela acusação, que pode gerar recursos contra as argumentações da defesa.

No papel de relator, Gebran será o responsável por analisar o processo de Lula e, em seguida, apresentar um relatório e a sua decisão a respeito do caso a Paulsen, revisor da 8ª Turma. Quando este trâmite for finalizado, a data do julgamento será marcada.

Paulsen e Laus podem acompanhar ou discordar do voto do relator. Caso a decisão da 8ª Turma seja contrária ao pedido da defesa de Lula, os advogados podem entrar com novo recurso. Caso a decisão colegiada seja unânime, encerra-se o julgamento em segunda instância.

Os desembargadores da 8ª Turma poderão votar pela absolvição de Lula, pela confirmação da sentença de Moro ou pela alteração da pena para mais ou para menos.

Julgamento de processos

Desde a deflagração da Operação Lava Jato, o TRF4 concluiu o julgamento de 12 apelações contra 48 sentenças proferidas em primeira instância.

Até o momento, o tribunal absolveu cinco pessoas que haviam sido condenadas por Moro — inclusive o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, em um dos processos a que responde na Lava Jato. Ele havia sido condenado a 15 anos e 4 meses de prisão, mas a 8ª Turma entendeu que a sentença em primeira instância havia sido fundamentada em depoimentos que não foram comprovados com outras provas.

O TRF4 manteve, ainda, dez sentenças condenatórias da 13ª Vara. Oito réus tiveram a pena reduzida e 16 tiveram a pena aumentada pelo Tribunal.

A 8ª Turma está atualmente com 16 apelações oriundas da Lava Jato pendentes para julgamento. Destas, sete já estão sob análise do revisor. Outras três apelações foram registradas recentemente e ainda estão na fase de processamento inicial.

Fonte: JL/Agência Brasil
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/07/17, 18:03 | ECONOMIA - Governo Temer aumenta impostos, e gasolina sobe de preço
20/07/17, 14:32 | CLIMA - País vive maior onda de frio dos últimos 4 anos
20/07/17, 13:15 | FESTA - Confira a programação da 1ª edição do Luzilândia Julina, dias 29 e 30 de Julho
20/07/17, 12:16 | ESPORTE - Clássicos definirão briga entre Corinthians e Grêmio no 1º turno
20/07/17, 12:12 | SAÚDE - Número de mortes por aids diminuiu 12% na América Latina desde 2000
20/07/17, 12:06 | ARTIGO - Emendas: mal aplicadas
20/07/17, 11:48 | HOMENAGEM - Artistas promovem show solidário em tributo a Dominguinhos no Theatro 4 de Setembro
20/07/17, 11:45 | CRIME - Homem mata primo e é preso enquanto ajudava nos preparativos do velório no Piauí
20/07/17, 11:41 | EMPREGO - Demissão em massa no antigo cartório Naila Bucar gera protesto e prejudica atendimento
20/07/17, 11:17 | POLÍTICA - Mais de 3 mil pessoas se filiam ao PT após condenação de Lula
20/07/17, 11:13 | PROPINA - Lobista confessa propina de R$ 11,5 mi a Renan, Jader e Aníbal
20/07/17, 11:01 | CORRUPÇÃO - Valério sobre Aécio: 'levava 2% dos contratos do BB desde os anos 90'
19/07/17, 17:57 | EMPREGO - Conheça os direitos dos trabalhadores demitidos após a reforma
19/07/17, 15:55 | SENTENÇA - Por decisão de Moro, BC bloqueia mais de R$ 600 mil de Lula
19/07/17, 15:52 | INVESTIGAÇÃO - Defesa de Temer quer ter acesso a gravações periciadas pela PF
19/07/17, 15:49 | CORRUPÇÃO - Petrobras recebe mais R$ 56 milhões recuperados pela Lava Jato
19/07/17, 14:04 | VIOLÊNCIA - Ex-jogador Branco deixa o RJ após reagir a tentativa de assalto
19/07/17, 13:59 | REPÚDIO - Aos gritos de "golpista" senador precisa ser escoltado pela PM
19/07/17, 13:54 | POLÍTICA - 'Não sou petista, sou lulista', dizem os apoiadores de Lula
19/07/17, 13:06 | CRIMINALIDADE - Policiais reforçam segurança no litoral do PI até o fim de julho
19/07/17, 12:54 | VIOLÊNCIA - Jovem é baleada com 4 tiros próximo a maternidade em Teresina
19/07/17, 12:50 | CORRUPÇÃO - Marcos Valério fecha acordo de delação com a Polícia Federal
19/07/17, 12:28 | INTERNACIONAL - Ex-assessor de Evo Morales é preso com 99 kg de cocaína em SP
19/07/17, 12:23 | CASSAÇÃO - OAB pode apresentar novo pedido de impeachment contra Temer
19/07/17, 12:01 | CRIME - Senador Ivo Cassol é flagrado em investigação sobre prostituição
18/07/17, 18:37 | CASSAÇÃO - Câmara divulga detalhes da votação da denúncia contra Temer em plenário
18/07/17, 18:11 | CRIME - PF apreende 3,7 kg de cocaína escondidos em livros infantis
18/07/17, 18:07 | VATICANO - Relatório diz que irmão de Bento XVI sabia de abusos em coral
18/07/17, 18:04 | MUNDO - Trump fala em 'simplesmente revogar' Obamacare após revés
18/07/17, 17:53 | FAMA - Globo quer especial de fim de ano só com mulheres que estão em alta
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site