CBN - A rádio que toca notícia

CORRUPÇÃO

Ex-ministros de Temer teriam recebido R$ 322 mil de propina por obra no PI

Ex-ministros teriam recebido dinheiro ilícito da Odebrecht e Queiroz Galvão por conta da construção dos Tabuleiros Litorâneos. Políticos negaram acusações

18/04/17, 13:44

O

s ex-ministros Henrique Eduardo Alves e Geddel Vieira Lima vão ser investigados pela Procuradoria da República no Piauí pelo suposto recebimento de pagamento de propina de duas empreiteiras para a realização da obra Tabuleiros Litorâneos, no litoral do estado. Os dois foram citados em delações premiadas na Operação Lava Jato pelo recebimento de um total de R$ 322 mil.

As informações foram divulgadas após o ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), retirar o sigilo sobre o processo e determinar o envio dos autos para a Procuradoria da República, com cópia para a Justiça Federal no estado.

Segundo o Ministério Público, as delações premiadas de Ariel Parente Costa, João Antônio Pacífico Ferreira, Cláudio Melo Filho e Paulo Falcão Corrêa Lima Filho, mostraram que houve acordo de mercado entre empreiteiras na obra Tabuleiros Litorâneos, em Parnaíba, e pagamento de vantagens indevidas a Henrique Alves, que teria recebido R$ 112 mil, e Geddel Vieira Lima, que teria recebido R$ 210 mil. O MPF afirmou ainda que a informação da propina teria sido corroborada pelos documentos relativos às trocas de e-mails entre as empreiteiras e os agentes públicos.

Em nota, Henrique Eduardo Alves afirmou que nunca tratou com Ariel Parente Costa ou qualquer outro dirigente da Odebrecht sobre qualquer obra no Brasil. "Relação unicamente institucional, inclusive ao receber, via Diretório Nacional do PMDB, doações legais para campanha eleitoral. A Justiça com minha colaboração provará o que afirmo", finaliza a nota.

Geddel Viera Lima nega todas as acusações e diz que as delações nas quais ele é citado não passam de ficção.

O MPF defende que seis empreiteiras combinaram para ganhar três obras, entre elas a dos Tabuleiros Litorâneos. As obras eram de responsabilidade do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS), que fazia parte do acerto com as empreiteiras e colocava exigências técnicas no edital da licitação com a intenção de restringir a competividade e direcionar o certame. De acordo com o MP, o acordo deu certo e as empreiteiras Odebrecht e Queiroz Galvão venceram a licitação para a obra no litoral do Piauí.

Fonte: JL/G1PI
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
18/10/17, 20:10 | POLÊMICA - Maia: Planalto disseminou ‘falsa versão’ de encontro com Temer
18/10/17, 20:06 | CORRUPÇÃO - Por 39 votos a 26, CCJ recomenda que Câmara 'enterre' denúncia contra Temer
18/10/17, 19:20 | TRÁFEGO - Multas de trânsito poderão ser pagas em parcelas e com cartão de crédito
18/10/17, 19:05 | ARTIGO - Esse Congresso não caiu do céu
18/10/17, 18:56 | ARTIGO - A direita não se endireita
18/10/17, 18:47 | ESPORTE - Rodada da Champions tem vitória do PSG com golaço de Neymar; resultados
18/10/17, 18:42 | REPERCUSSÃO - PSDB nega acordo com Michel Temer para salvar Aécio Neves
18/10/17, 18:38 | PROPINA - Aécio retorna ao Senado e se diz vítima de 'ardilosa armação'
18/10/17, 18:05 | ARTIGO - Eleitoral - Improbidade Administrativa e Inelegibilidade
18/10/17, 13:17 | ECONOMIA - IBGE: número de trabalhadores em empresas de grande porte cai 29% em 1 ano
18/10/17, 13:13 | MANDATO - De volta ao Senado, Aécio ainda enfrentará desgaste político e jurídico
18/10/17, 12:54 | DENÚNCIA - Ainda na ressaca para manter Aécio, Congresso parte para salvar Temer
18/10/17, 12:49 | ANÁLISE - Retrocesso no combate ao trabalho escravo é parte de 'conspiração' para salvar Temer
18/10/17, 12:36 | POLÍTICA - Aécio precisa renunciar definitivamente à Presidência do PSDB, diz Tasso
18/10/17, 11:25 | TRAGÉDIAS - Portugal: mais de 100 mortos em menos de 4 meses em incêndios
18/10/17, 11:17 | CRIME - Agredida, mulher mata marido e manda chamar a polícia
18/10/17, 10:49 | MUNDO - Somália: após ataque, 70 seguem desaparecidos; mortos somam 302
18/10/17, 07:24 | ENTREVISTA - Juiz Sergio Moro pede mais rigor em acordos da Lava Jato
18/10/17, 07:20 | CORRUPÇÃO - Dos 44 votos a favor de Aécio, 19 são alvo da Operação Lava Jato
18/10/17, 07:14 | POLÊMICA - Lula pode concorrer em 2018 mesmo se condenado, diz parecer
17/10/17, 20:38 | DENÚNCIA - Clima na CCJ aponta para Temer mais frágil e Maia mais forte
17/10/17, 20:34 | CORRUPÇÃO - Maia vê risco de plenário da Câmara aceitar denúncia contra Temer
17/10/17, 20:25 | SENADO - Senadores decidem devolver mandato ao senador Aécio Neves por 44 a 26 votos
17/10/17, 19:34 | DECISÃO - Justiça condena filho do governador do PI a ressarcir cofres públicos por locação de avião
17/10/17, 19:05 | ACIDENTE - Avião do Greenpeace cai no Amazonas e mata uma pessoa
17/10/17, 19:02 | FISCALIZAÇÃO - MPF e MPT recomendam governo a revogar portaria do trabalho escravo
17/10/17, 18:58 | DEBOCHE - Michel Temer faz piada com vazamento de celular
17/10/17, 18:08 | DECISÃO - Aécio escreve carta a senadores pedindo apoio para voltar ao mandato
17/10/17, 18:04 | MUNDO - Polícia francesa prende 10 suspeitos de planejar 'matar políticos'
17/10/17, 17:50 | CONFUSÃO - Membros da CPI da JBS se acusam de 'vira-lata' e 'lambe botas de Temer'
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site