CBN - A rádio que toca notícia

MUNDO

Após acordo com Justiça dos EUA, Odebrecht pagará multa de US$ 2,6 bilhões em caso de corrupção

Construtora declarou-se culpada de acusações de suborno no país em dezembro. Dinheiro será dividido entre EUA, Brasil e Suíça. Advogado da empresa não comentou

17/04/17, 17:24

A

Justiça dos Estados Unidos e a Odebrecht fecharam um acordo para que a empresa pague US$ 2,6 bilhões em multas para autoridades brasileiras, norte-americanas e suíças.

Em audiência na corte federal do Brooklyn, em Nova York, o juiz distrital Raymond Dearie determinou que cerca de US$ 93 milhões (R$ 288,7 milhões) serão destinados aos EUA, US$ 2,39 bilhões (R$ 7,42 bilhões) ao Brasil e US$ 116 milhões (R$ 360,1 milhões) à Suíça.

O jornal espanhol “El País” afirma que essa é a multa mais alta da história dos Estados Unidos para um caso estrangeiro de suborno.

A Odebrecht, juntamente com a petroquímica afiliada Braskem SA, declarou-se culpada de acusações de suborno nos Estados Unidos em dezembro. As autoridades americanas acusaram a Odebrecht de pagar cerca de US$ 788 milhões em subornos para obter contratos lucrativos a funcionários de 12 países, principalmente na América Latina.

A determinação judicial acontece no momento em que a Odebrecht tenta negociar acordos com outros países, como Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, República Dominicana, Venezuela, Panamá e Portugal.

Pela regra da leniência, que é a negociação que beneficia a pessoa jurídica, o acordo com cada país deve ser assinado separadamente para que tenha efeito jurídico.

Os acordos com os Estados Unidos foram assinados porque parte do dinheiro da propina paga pela Odebrecht foi destinada a bancos norte-americanos e a projetos da empreiteira no país. Há, ainda, a suspeita do governo americano de que cidadãos ou empresas daquele país tenham cometido crimes em acordos com a Odebrecht.

No caso da Suíça, grande parte das propinas pagas no esquema de corrupção foram transferidas e movimentadas em bancos no país europeu.

William Burck, advogado da Odebrecht nos Estados Unidos, não comentou a decisão logo após aaudiência. Procurado pelo G1, a empresa ainda não se pronunciou.

As acusações contra a Odebrecht são resultados de uma investigação de quase três anos no Brasil sobre corrupção na estatal Petrobras, que levou a dúzias de detenções e agitação política brasileira.

Acordos de leniência

Em dezembro, o Ministério Público brasileiro informou que as empresas brasileiras Odebrecht e Braskem assinaram acordos de leniência com a Suíça e com os Estados Unidos para suspender ações judiciais contra as duas empresas nos dois países.

Esses acordos, ainda segundo o MP, permitem a preservação das empresas e a continuidade de suas atividades, inclusive para gerar valores necessários à reparação dos ilícitos.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
28/04/17, 15:08 | GREVE - BRASIL PAROU PARA TEMER
28/04/17, 14:55 | MUNDO - Com Papa, al-Sisi pede estratégia global contra terrorismo
28/04/17, 14:50 | ECONOMIA - Número de desempregados já passa de 14 milhões no Brasil
28/04/17, 14:46 | REFORMAS - Temer não recua e chama manifestantes de 'privilegiados'
28/04/17, 13:53 | DECLARAÇÃO - Filha de Temer é a favor do aborto e da legalização das drogas
28/04/17, 13:13 | PARALISAÇÃO - Greve geral: atos em 26 estados; veja como foi a manhã no Brasil
27/04/17, 21:34 | PARALISAÇÃO - Greve esvazia Congresso e gera corrida de parlamentares ao aeroporto
27/04/17, 20:48 | AFOGAMENTO - Corpo de Bombeiros resgata corpo no Lagoas do Norte, em Teresina
27/04/17, 20:46 | INVESTIGAÇÃO - Ex-prefeito do PI é alvo em ação por fraude em licitações, diz Polícia
27/04/17, 20:41 | SUCESSÃO - Procurador diz que PEC que exclui promotores é inconstitucional
27/04/17, 16:21 | DECISÃO - STF decide que servidores públicos podem receber mais que o teto constitucional
27/04/17, 15:38 | PARALISAÇÃO - Justiça concede liminar contra as paralisações de metrô, trem e ônibus em SP
27/04/17, 15:24 | CRÍTICAS - Reforma trabalhista aprofunda desigualdade social, acusa Renan
27/04/17, 14:43 | DECISÃO - TCE-PI bloqueia contas de Luzilândia e mais 31 prefeituras por atraso nas prestações de contas de 2016
27/04/17, 14:23 | CONTAS PÚBLICAS - TCE-PI fará inspeção extraordinária em 48 municípios piauienses
27/04/17, 14:18 | PARALISAÇÃO - Trabalhadores dos Correios do Piauí aderem à greve
27/04/17, 14:11 | CRIMINALIDADE - Vândalos picham e quebram duas estações de passageiros em Teresina
27/04/17, 14:01 | SORTE - Prefeito de cidade de MT está entre os 20 ganhadores da Mega-Sena
27/04/17, 13:49 | REFORMA - Veja o que muda com a reforma trabalhista aprovada na Câmara
27/04/17, 13:47 | VATICANO - Papa diz que vai ao Egito como "peregrino da paz"
27/04/17, 13:43 | SAÚDE - Presidente do Senado é diagnosticado com encefalite viral e continua na UTI
27/04/17, 13:37 | POLÍTICA - TSE desaprova contas de 2011 e aplica sanção de R$ 10 milhões ao PSDB
27/04/17, 08:50 | CONFUSÃO - Palmeirenses falam em 'tocaia' e de agressão de jornalista com tripé
27/04/17, 08:43 | POLÍTICA - Lula diz ver espaço para falar com FHC, mas refuta diálogo com Temer
27/04/17, 08:16 | LEI TRABALHISTA - Após votação da reforma, governo convoca reunião com infiéis
26/04/17, 21:42 | LUTO - Morre aos 79 anos o jornalista, professor e advogado Carlos Chagas
26/04/17, 21:15 | FUTEBOL - Copa América no Brasil terá 16 seleções e pode ter convidados europeus
26/04/17, 21:06 | LAVA-JATO - STF deixou claro que Sergio Moro passou dos limites, afirma Gilmar Mendes
26/04/17, 21:03 | SUICÍDIO - Polícia Federal investigará envolvidos no jogo Baleia Azul
26/04/17, 20:57 | MOBILIZAÇÕES - Michel Temer decide cortar ponto de quem aderir à greve geral
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site