CBN - A rádio que toca notícia

MUNDO

Após acordo com Justiça dos EUA, Odebrecht pagará multa de US$ 2,6 bilhões em caso de corrupção

Construtora declarou-se culpada de acusações de suborno no país em dezembro. Dinheiro será dividido entre EUA, Brasil e Suíça. Advogado da empresa não comentou

17/04/17, 17:24

A

Justiça dos Estados Unidos e a Odebrecht fecharam um acordo para que a empresa pague US$ 2,6 bilhões em multas para autoridades brasileiras, norte-americanas e suíças.

Em audiência na corte federal do Brooklyn, em Nova York, o juiz distrital Raymond Dearie determinou que cerca de US$ 93 milhões (R$ 288,7 milhões) serão destinados aos EUA, US$ 2,39 bilhões (R$ 7,42 bilhões) ao Brasil e US$ 116 milhões (R$ 360,1 milhões) à Suíça.

O jornal espanhol “El País” afirma que essa é a multa mais alta da história dos Estados Unidos para um caso estrangeiro de suborno.

A Odebrecht, juntamente com a petroquímica afiliada Braskem SA, declarou-se culpada de acusações de suborno nos Estados Unidos em dezembro. As autoridades americanas acusaram a Odebrecht de pagar cerca de US$ 788 milhões em subornos para obter contratos lucrativos a funcionários de 12 países, principalmente na América Latina.

A determinação judicial acontece no momento em que a Odebrecht tenta negociar acordos com outros países, como Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, República Dominicana, Venezuela, Panamá e Portugal.

Pela regra da leniência, que é a negociação que beneficia a pessoa jurídica, o acordo com cada país deve ser assinado separadamente para que tenha efeito jurídico.

Os acordos com os Estados Unidos foram assinados porque parte do dinheiro da propina paga pela Odebrecht foi destinada a bancos norte-americanos e a projetos da empreiteira no país. Há, ainda, a suspeita do governo americano de que cidadãos ou empresas daquele país tenham cometido crimes em acordos com a Odebrecht.

No caso da Suíça, grande parte das propinas pagas no esquema de corrupção foram transferidas e movimentadas em bancos no país europeu.

William Burck, advogado da Odebrecht nos Estados Unidos, não comentou a decisão logo após aaudiência. Procurado pelo G1, a empresa ainda não se pronunciou.

As acusações contra a Odebrecht são resultados de uma investigação de quase três anos no Brasil sobre corrupção na estatal Petrobras, que levou a dúzias de detenções e agitação política brasileira.

Acordos de leniência

Em dezembro, o Ministério Público brasileiro informou que as empresas brasileiras Odebrecht e Braskem assinaram acordos de leniência com a Suíça e com os Estados Unidos para suspender ações judiciais contra as duas empresas nos dois países.

Esses acordos, ainda segundo o MP, permitem a preservação das empresas e a continuidade de suas atividades, inclusive para gerar valores necessários à reparação dos ilícitos.

Fonte: JL/Globo
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
24/04/18, 18:02 | ADMINISTRAÇÃO - Governador trata com equipe sobre queda no Fundo de Participação dos Estados
24/04/18, 17:51 | INVESTIGAÇÃO - PF apreende R$ 200 mil na casa do senador Ciro Nogueira
24/04/18, 17:43 | CRIME - Condenação do tucano Eduardo Azeredo é mantida pelo TJ de Minas
24/04/18, 17:39 | CONDENAÇÃO - Poderá haver redução da pena de Lula no STJ ou no STF, diz Gilmar
24/04/18, 17:31 | INVESTIGAÇÃO - Ciro Nogueira e Dudu da Fonte tentaram comprar silêncio de ex-assessor
24/04/18, 17:22 | DECISÃO - STF retira de Moro processos do Sítio de Atibaia, do Instituto Lula e de palestras do ex-presidente
24/04/18, 17:06 | POLÊMICA - Ministros do STF admitem possibilidade de soltura e candidatura de Lula
24/04/18, 16:54 | DENÚNCIA - Eletrobras pagou quase R$ 2 milhões para que falassem mal da própria empresa
24/04/18, 12:44 | SAÚDE - Prontuário eletrônico será implantado em hospitais do Piauí
24/04/18, 12:14 | SUPREMO - Marco Aurélio diz a Cármen que ações sobre 2ª instância estão prontas
24/04/18, 12:07 | MUNDO - Número de mortos em incidente em Toronto sobe para dez
24/04/18, 08:40 | LAVA JATO - PF faz buscas na casa e no gabinete do senador Ciro Nogueira em Brasília
24/04/18, 08:09 | CORRUPÇÃO - MP pede 'prisão imediata' de Azeredo, ex-presidente do PSDB
24/04/18, 07:56 | LEGISLAÇÃO - Sancionados projetos de lei que criam vaga de desembargador do TJ-PI e reajuste de servidores
24/04/18, 07:50 | DECISÃO - Tribunal de Justiça do Piauí aprova resolução que prevê fim do expediente único
24/04/18, 07:31 | PESQUISA - Ibope: só 19% dos brasileiros pretendem ter filhos nos próximos 2 anos
24/04/18, 07:26 | ESTUDO - Mais de 17 milhões de jovens brasileiros até 14 anos vivem na pobreza
23/04/18, 23:09 | GREVE - Prefeito de Luzilândia não honra acordo salarial e decepciona professores
23/04/18, 17:04 | CRIME - Sancionada lei que endurece pena para roubo a caixa eletrônico
23/04/18, 16:57 | CRIME - PSDB expulsa prefeito acusado de abusar de criança de 8 anos
23/04/18, 16:50 | POLÍTICA - Presidenciáveis são alvo de mais de 160 casos na Justiça
23/04/18, 16:32 | INVESTIGAÇÃO - Raquel Dogde pede acesso a material apreendido pela PF em inquérito que investiga propina a Temer
23/04/18, 16:08 | MISTÉRIO - Mulher é encontrada morta com perfuração no pescoço na zona Sul de Teresina
23/04/18, 15:49 | MUNDO - Nasce o terceiro bebê de Kate Middleton e príncipe William
23/04/18, 15:47 | ECONOMIA - Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado
23/04/18, 15:43 | EDUCAÇÃO - Inep aprova 87% dos pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem
23/04/18, 14:19 | POLÊMICA - Restrição de foro privilegiado deve tirar 95% dos processos de parlamentares no STF, diz estudo
23/04/18, 14:04 | ESPORTE - Futebol feminino: Brasil conquista no Chile sua sétima Copa América
23/04/18, 13:55 | POLÍTICA - Filme sobre o golpe contra Dilma vence festival na Suíça
23/04/18, 13:48 | POLÍTICA - Jornal diz que Lula está sendo mantido preso por criticar o Judiciário
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site