CBN - A rádio que toca notícia

PROCESSOS JUDICIAIS

DADOS ASSUSTADORES: 70% dos casos de violência contra idosas são de filhos e netos

70% dos 8 mil processos de violência doméstica são de netos que agridem as avós ou mães idosas por dinheiro

16/03/14, 19:28

T
ramitam na Justiça, exclusivamente em Teresina, 8 mil processos relacionados com violência contra a mulher. Deste total, 70% são de avós e mães que foram vítimas, principalmente, de seus netos, e de seus filhos, que exigem o cartão de saque para a retirada de seus proventos de aposentadoria. Na maioria das vezes, os agressores querem o dinheiro para comprar drogas porque são dependentes químicos.

O diagnóstico foi divulgado pelo promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima (foto), da Promotoria da Mulher e da Aplicação da Lei Maria da Penha, em Teresina.

Os 8 mil processos são desde o início da promulgação da Lei Maria da Penha, em 2006. Em 2013, o número de novos processos ficou estabilizado.

No início, quando a mulher não se sentia seguro para denunciar os processos não existiam. Na medida em que os órgãos foram se aparelhando e a rede de proteção estendendo, as mulheres se sentiram mais encorajadas e vêm denunciando. Por isso, esse número assustador”, falou Francisco de Jesus Lima.

O promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima falou que a maioria dos casos é de ameaça e a grande maioria envolve o neto ou o filho da mulher idosa.

Os casos de avós e mães apanhando dos filhos e netos já representam 70% do total dos processos. Nós temos que fazer um trabalho urgentemente sobre isso. O filho ou o neto que agride essa mulher idosa, principalmente para o uso da droga e do álcool. Às vezes, exigem que essas mulheres entreguem o dinheiro de sua aposentadoria, furtam as coisas de casa. Isso também é uma violência doméstica contra a mulher. A violência doméstica não é só do marido contra a mulher, do parceiro contra a mulher. É contra toda a violência contra a mulher dentro do espaço doméstico e percebemos que esse índice se alastrou por conta da mulher segura”, declarou Francisco de Jesus Lima.

E continua o promotor: “Nós temos um número muito elevado de processo de violência contra a mulher. Nós temos mais de 8 mil processos em tramitação. È uma situação que ocorre todos os dias. O que nós, do Ministério Público, estamos tentando e fazendo diariamente? Primeiro, mostrar que a violência ocorre durante, antes e depois do Dia 9 de Março (Dia Internacional da Mulher). Nós temos desenvolvendo companhas constantes de enfrentamento dessa violência. Estamos buscando parcerias, com a Polícia Militar, por exemplo, para fazer esse enfrentamento a cada dia, a cada hora, conscientizando e buscando na educação uma ferramenta muito grande para que a gente possa transformar valores. Não adianta a gente reprimir. A gente reprime e novas gerações são criadas com educação sexista, machista e sem igualdade de gênero. Isso vai somando, somando até que um dia se perde o controle”.

Francisco de Jesus defende que o trabalho seja preventivo, resultado de uma ação de parceria e privilegiando a educação. São necessárias ações repressivas”, lembrou. Ele informou ainda que a Promotoria da Mulher está desenvolvimento o projeto de interiorização de divulgação e aplicação da Lei Maria da Penha. Francisco de Jesus esteve em Demerval Lobão, em Capitão de Campos e algumas Prefeituras Municipais.

A Prefeitura de Cocal de Telha aderiu à Promotoria da Mulher e vai organizar conteúdo a ser ministrados nas escolas públicas sobre a Lei Maria da Penha e a Violência Doméstica. O trabalho do Ministério Público tem que se elastecer a toda a sociedade civil, a todos os atores no enfrentamento contra a violência contra a mulher”, falou Francisco de Jesus Lima.

Ele disse que as mesmas práticas de violência contra as mulheres se repetem com os homens da nova geração. Os novos valores coexistem com os valores já construídos. Para você tentar desfazer esses valores é mais complexo, mas acredito que isso seja superado” - finalizou.

Fonte: JL/Efrém Ribeiro
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
27/11/14, 10:25 | COMENTÁRIOS - ARTIGO: Re-reeleição é burlar a lei
27/11/14, 10:04 | SAÚDE - Câncer de mama: médicos defendem incorporação ao SUS do teste de perfil genético
27/11/14, 09:59 | SUICÍDIO - Um ano depois, investigação sobre morte de Júlia Rebeca continua no PI
27/11/14, 00:24 | PARLAMENTO - Senadores aprovam projeto para equilibrar representação de homens e mulheres no Congresso
27/11/14, 00:04 | ESPORTE - Atlético-MG é campeão da Copa do Brasil: 1 x 0 no Cruzeiro
26/11/14, 22:07 | MORADIA - Famílias ocupam banco no Piauí e pedem liberação de recurso
26/11/14, 22:00 | FUTEBOL - O novo carrão de Cristiano Ronaldo: um luxuoso Rolls-Royce de R$ 780 mil
26/11/14, 21:56 | INUSITADO - Vereadora mostra calcinha na tribuna em protesto contra colega
26/11/14, 15:35 | IMPROBIDADE - Após gastar R$ 393 mil em presídio, governo do PI quer demolir obra
26/11/14, 14:17 | FIM DE ANO - Polo Cerâmico de Teresina recebe projeto Arte Natal Poty
26/11/14, 14:14 | PROGRAMA - Teresina se destaca na avaliação da Qualidade da Atenção Básica à Saúde
26/11/14, 14:11 | TRABALHO - Produtos natalinos produzidos em curso geram renda para mulheres em Teresina
26/11/14, 13:30 | RANKING - Estudo coloca São Paulo à frente de Nova York em qualidade de mobilidade urbana
26/11/14, 12:07 | CONGRESSO NACIONAL - Parlamentares tentam aprovar aumento de 26% em seus salários
26/11/14, 11:55 | LEGISLAÇÃO - PEC no Senado pode proibir divulgação de pesquisas eleitorais
26/11/14, 11:53 | ECONOMIA - Dilma sanciona lei que altera correção da dívida de estados e municípios
26/11/14, 11:48 | VIOLÊNCIA - Bando usa dinamite para explodir e assaltar agência do Bradesco no PI
26/11/14, 11:45 | CRIME - PRF identifica 31 cidades com pontos vulneráveis à prostituição infantil no PI
26/11/14, 11:42 | CRIME - Homem condenado em São Paulo por estuprar enteada é preso no Piauí
25/11/14, 21:57 | CRIME - TRAGÉDIA DO LITORAL: Empresário poderia ter matado mais pessoas em ação premeditada
25/11/14, 16:37 | REVIRAVOLTA - Ministro cobra explicações de juiz Moro sobre deputados
25/11/14, 16:33 | DESCONFIANÇA - Juiz nega ocultação de políticos citados na Lava Jato
25/11/14, 15:21 | CRÔNICA - ARTIGO: Inveja como causa de tragédias
25/11/14, 15:11 | DESCASO - Paralisação dos servidores cancela mais de 25% das cirurgias no HGV
25/11/14, 14:59 | CRIME - Piauí tem 16 pontos críticos de exploração sexual nas rodovias federais
25/11/14, 14:50 | OPINIÃO - ARTIGO: Fora os carros-pipa!
25/11/14, 14:29 | MOVIMENTO - No Dia da Não Violência contra a Mulher, ONU inicia ações de combate à opressão
25/11/14, 14:25 | CORRUPÇÃO - Auditores da Receita no Rio são suspeitos de desviar R$ 1 bilhão
25/11/14, 12:34 | CAOS - Por medo de calote, empresas interrompem serviços na Secretaria de Educação do Piauí
25/11/14, 12:15 | CRIME - Disputa judicial teria sido a causa da tragédia do Porto das Barcas, em Parnaíba
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site