CBN - A rádio que toca notícia

PROCESSOS JUDICIAIS

DADOS ASSUSTADORES: 70% dos casos de violência contra idosas são de filhos e netos

70% dos 8 mil processos de violência doméstica são de netos que agridem as avós ou mães idosas por dinheiro

16/03/14, 19:28

T
ramitam na Justiça, exclusivamente em Teresina, 8 mil processos relacionados com violência contra a mulher. Deste total, 70% são de avós e mães que foram vítimas, principalmente, de seus netos, e de seus filhos, que exigem o cartão de saque para a retirada de seus proventos de aposentadoria. Na maioria das vezes, os agressores querem o dinheiro para comprar drogas porque são dependentes químicos.

O diagnóstico foi divulgado pelo promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima (foto), da Promotoria da Mulher e da Aplicação da Lei Maria da Penha, em Teresina.

Os 8 mil processos são desde o início da promulgação da Lei Maria da Penha, em 2006. Em 2013, o número de novos processos ficou estabilizado.

No início, quando a mulher não se sentia seguro para denunciar os processos não existiam. Na medida em que os órgãos foram se aparelhando e a rede de proteção estendendo, as mulheres se sentiram mais encorajadas e vêm denunciando. Por isso, esse número assustador”, falou Francisco de Jesus Lima.

O promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima falou que a maioria dos casos é de ameaça e a grande maioria envolve o neto ou o filho da mulher idosa.

Os casos de avós e mães apanhando dos filhos e netos já representam 70% do total dos processos. Nós temos que fazer um trabalho urgentemente sobre isso. O filho ou o neto que agride essa mulher idosa, principalmente para o uso da droga e do álcool. Às vezes, exigem que essas mulheres entreguem o dinheiro de sua aposentadoria, furtam as coisas de casa. Isso também é uma violência doméstica contra a mulher. A violência doméstica não é só do marido contra a mulher, do parceiro contra a mulher. É contra toda a violência contra a mulher dentro do espaço doméstico e percebemos que esse índice se alastrou por conta da mulher segura”, declarou Francisco de Jesus Lima.

E continua o promotor: “Nós temos um número muito elevado de processo de violência contra a mulher. Nós temos mais de 8 mil processos em tramitação. È uma situação que ocorre todos os dias. O que nós, do Ministério Público, estamos tentando e fazendo diariamente? Primeiro, mostrar que a violência ocorre durante, antes e depois do Dia 9 de Março (Dia Internacional da Mulher). Nós temos desenvolvendo companhas constantes de enfrentamento dessa violência. Estamos buscando parcerias, com a Polícia Militar, por exemplo, para fazer esse enfrentamento a cada dia, a cada hora, conscientizando e buscando na educação uma ferramenta muito grande para que a gente possa transformar valores. Não adianta a gente reprimir. A gente reprime e novas gerações são criadas com educação sexista, machista e sem igualdade de gênero. Isso vai somando, somando até que um dia se perde o controle”.

Francisco de Jesus defende que o trabalho seja preventivo, resultado de uma ação de parceria e privilegiando a educação. São necessárias ações repressivas”, lembrou. Ele informou ainda que a Promotoria da Mulher está desenvolvimento o projeto de interiorização de divulgação e aplicação da Lei Maria da Penha. Francisco de Jesus esteve em Demerval Lobão, em Capitão de Campos e algumas Prefeituras Municipais.

A Prefeitura de Cocal de Telha aderiu à Promotoria da Mulher e vai organizar conteúdo a ser ministrados nas escolas públicas sobre a Lei Maria da Penha e a Violência Doméstica. O trabalho do Ministério Público tem que se elastecer a toda a sociedade civil, a todos os atores no enfrentamento contra a violência contra a mulher”, falou Francisco de Jesus Lima.

Ele disse que as mesmas práticas de violência contra as mulheres se repetem com os homens da nova geração. Os novos valores coexistem com os valores já construídos. Para você tentar desfazer esses valores é mais complexo, mas acredito que isso seja superado” - finalizou.

Fonte: JL/Efrém Ribeiro
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
22/07/14, 23:54 | POLÍTICA - ELEIÇÕES 2014: aumenta participação das mulheres na política brasileira
22/07/14, 23:03 | VIOLÊNCIA - Presídio de Pedrinhas pode levar o Brasil ao banco dos réus na OEA
22/07/14, 22:51 | VIOLÊNCIA - Presa dupla suspeita de furtar 11 carros e casas no litoral do Piauí
22/07/14, 22:49 | CRIME - Preso trio que fazia empréstimos com documentos falsos em Teresina
22/07/14, 22:46 | EDUCAÇÃO - Estudante do PI conquista medalha em Olímpiada Internacional de Física
22/07/14, 22:43 | VIOLÊNCIA - Piauí registra 99 homicídios e maioria dos crimes ocorreu em Teresina
22/07/14, 22:39 | ELEIÇÕES - Aécio Neves diz que investigação sobre aeroporto 'será bem-vinda'
22/07/14, 22:27 | POLÍTICA - ELEIÇÃO PRESIDENCIAL: Dilma vence no primeiro e no segundo turno
22/07/14, 14:00 | DENÚNCIA - Deputados de MG querem instalar CPI e chamar Aécio para explicar construção de aeroporto
22/07/14, 13:38 | JUDICIÁRIO - RN terá que pagar R$ 200 mil após PMs matarem mãe de detento
22/07/14, 13:35 | ELEIÇÕES 2014 - Piauí e Sergipe são os que receberam menos registros para deputado estadual
22/07/14, 13:25 | SELEÇÃO BRASILEIRA - Dunga chega na retranca: 'Assumo culpa e estou pronto para receber críticas'
22/07/14, 13:20 | SUS - MPF/PI expede recomendações sobre procedimentos que devem ser adotados na Saúde
22/07/14, 13:10 | INTERNACIONAL - Sul-coreano dono de navio que naufragou é encontrado morto
22/07/14, 13:05 | CELEBRIDADE - ‘Eu guardo grandes segredos dele’, diz Kelly Key sobre o ex-marido Latino
22/07/14, 12:47 | FUTEBOL - Real Madrid anuncia a contratação de James Rodríguez
22/07/14, 08:38 | UCRÂNIA - Separatistas pró-Rússia entregam caixas-pretas de avião abatido
22/07/14, 08:35 | ATIVISMO - 'Deputados tentam me intimidar', diz juiz que prendeu 23 black blocs
22/07/14, 08:31 | POLÍTICA - Eleições: 78% dos deputados federais vão tentar a reeleição
22/07/14, 07:43 | VIOLÊNCIA - No Piauí foram assassinados 15 travestis entre 2013 e 2014
22/07/14, 07:38 | ELEIÇÕES - Senado: Wilson Martins lidera intenções de voto no Piauí
22/07/14, 07:35 | MORALIDADE - Wellington Dias quer auditoria em todos os convênios e contratos do Piauí
21/07/14, 22:25 | DENÚNCIA - Anac vai investigar aeroporto construido por R$ 14 milhões em terras do tio de Aécio
21/07/14, 21:57 | PARECER - TCE do Piauí modifica decisão sobre demissão de funcionários
21/07/14, 21:43 | POLÍTICA - Margarete responde provocações: 'Vão nos atacar quando não houver trabalho'
21/07/14, 21:39 | ESPORTE - Representantes do Bom Senso Futebol Clube se reunem com Dilma
21/07/14, 21:32 | CRIME - Advogada acusada de atos violentos em protestos pede asilo político ao Uruguai
21/07/14, 21:30 | TSE - Quase 25 mil candidatos disputarão as eleições de outubro no Brasil
21/07/14, 15:55 | VIOLÊNCIA - Final de semana violento e de mortes no Piauí: 26 acidentes e assassinatos
21/07/14, 15:29 | MALÁSIA - Trem com os corpos do voo da tragédia da Ucrânia deixa área do acidente
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site