CBN - A rádio que toca notícia

PROCESSOS JUDICIAIS

DADOS ASSUSTADORES: 70% dos casos de violência contra idosas são de filhos e netos

70% dos 8 mil processos de violência doméstica são de netos que agridem as avós ou mães idosas por dinheiro

16/03/14, 19:28

T
ramitam na Justiça, exclusivamente em Teresina, 8 mil processos relacionados com violência contra a mulher. Deste total, 70% são de avós e mães que foram vítimas, principalmente, de seus netos, e de seus filhos, que exigem o cartão de saque para a retirada de seus proventos de aposentadoria. Na maioria das vezes, os agressores querem o dinheiro para comprar drogas porque são dependentes químicos.

O diagnóstico foi divulgado pelo promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima (foto), da Promotoria da Mulher e da Aplicação da Lei Maria da Penha, em Teresina.

Os 8 mil processos são desde o início da promulgação da Lei Maria da Penha, em 2006. Em 2013, o número de novos processos ficou estabilizado.

No início, quando a mulher não se sentia seguro para denunciar os processos não existiam. Na medida em que os órgãos foram se aparelhando e a rede de proteção estendendo, as mulheres se sentiram mais encorajadas e vêm denunciando. Por isso, esse número assustador”, falou Francisco de Jesus Lima.

O promotor de Justiça Francisco de Jesus Lima falou que a maioria dos casos é de ameaça e a grande maioria envolve o neto ou o filho da mulher idosa.

Os casos de avós e mães apanhando dos filhos e netos já representam 70% do total dos processos. Nós temos que fazer um trabalho urgentemente sobre isso. O filho ou o neto que agride essa mulher idosa, principalmente para o uso da droga e do álcool. Às vezes, exigem que essas mulheres entreguem o dinheiro de sua aposentadoria, furtam as coisas de casa. Isso também é uma violência doméstica contra a mulher. A violência doméstica não é só do marido contra a mulher, do parceiro contra a mulher. É contra toda a violência contra a mulher dentro do espaço doméstico e percebemos que esse índice se alastrou por conta da mulher segura”, declarou Francisco de Jesus Lima.

E continua o promotor: “Nós temos um número muito elevado de processo de violência contra a mulher. Nós temos mais de 8 mil processos em tramitação. È uma situação que ocorre todos os dias. O que nós, do Ministério Público, estamos tentando e fazendo diariamente? Primeiro, mostrar que a violência ocorre durante, antes e depois do Dia 9 de Março (Dia Internacional da Mulher). Nós temos desenvolvendo companhas constantes de enfrentamento dessa violência. Estamos buscando parcerias, com a Polícia Militar, por exemplo, para fazer esse enfrentamento a cada dia, a cada hora, conscientizando e buscando na educação uma ferramenta muito grande para que a gente possa transformar valores. Não adianta a gente reprimir. A gente reprime e novas gerações são criadas com educação sexista, machista e sem igualdade de gênero. Isso vai somando, somando até que um dia se perde o controle”.

Francisco de Jesus defende que o trabalho seja preventivo, resultado de uma ação de parceria e privilegiando a educação. São necessárias ações repressivas”, lembrou. Ele informou ainda que a Promotoria da Mulher está desenvolvimento o projeto de interiorização de divulgação e aplicação da Lei Maria da Penha. Francisco de Jesus esteve em Demerval Lobão, em Capitão de Campos e algumas Prefeituras Municipais.

A Prefeitura de Cocal de Telha aderiu à Promotoria da Mulher e vai organizar conteúdo a ser ministrados nas escolas públicas sobre a Lei Maria da Penha e a Violência Doméstica. O trabalho do Ministério Público tem que se elastecer a toda a sociedade civil, a todos os atores no enfrentamento contra a violência contra a mulher”, falou Francisco de Jesus Lima.

Ele disse que as mesmas práticas de violência contra as mulheres se repetem com os homens da nova geração. Os novos valores coexistem com os valores já construídos. Para você tentar desfazer esses valores é mais complexo, mas acredito que isso seja superado” - finalizou.

Fonte: JL/Efrém Ribeiro
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
20/02/17, 10:05 | CORRUPÇÃO - Delação detalha ligação de Geddel Vieira Lima com corrupção na Caixa
19/02/17, 22:28 | ENTREVISTA - ELIANA CALMON: “A Operação Lava Jato precisa chegar ao Poder Judiciário”
19/02/17, 21:41 | CRIME - Flamenguistas usaram espeto de churrasco para matar botafoguense
19/02/17, 21:38 | VIOLÊNCIA - Policial Militar mata torcedor do Coritiba com tiro no peito
19/02/17, 21:34 | CARNAVAL - Prefeitura de Teresina diz que 330 mil pessoas estiveram no Corso 2017
19/02/17, 13:41 | CARNAVAL - Polícia registra uma morte e duas pessoas esfaqueadas no Corso de Teresina
19/02/17, 13:31 | INVESTIGAÇÃO - Campanha de Aécio pagou R$ 360 mil a Moraes em 2014, e agora ele vai julgar o tucano
19/02/17, 13:28 | CRIME - Ministro de Temer recebeu R$ 7 milhões em propina, segundo Marcelo Odebrecht
19/02/17, 12:45 | ARTIGO - O foro privilegiado foi deturpado ao longo do tempo
18/02/17, 22:07 | EDUCAÇÃO - Para movimentos sociais, reforma do Ensino Médio é excludente e antidemocrática
18/02/17, 21:15 | CONFERÊNCIA - Bill Gates alerta: mundo deve se preparar para uma pandemia
18/02/17, 20:46 | CARNAVAL - Polêmica entre Uber e táxi vira temática de caminhão no Corso de Teresina
18/02/17, 20:43 | PAULISTÃO - Corinthians supera o Audax fora de casa com gol de Kazim
18/02/17, 20:33 | POLÍTICA - Cunha também tenta jogar o nome de Temer “na lama”
18/02/17, 20:27 | CARNAVAL - Sabrina Sato usa look superousado para feijoada na Vila Isabel
18/02/17, 15:21 | BENEFÍCIOS - Trabalhadores devem ficar atentos a golpes no saque do FGTS
18/02/17, 15:14 | JUDICIÁRIO - STF dá 10 dias para Temer e deputados explicarem reforma da previdência
18/02/17, 15:07 | POLÍTICA - Atos controversos de Jucá causam incômodo no Planalto
17/02/17, 17:12 | SUPREMO - Internautas questionam Moraes sobre aborto, drogas e corrupção
17/02/17, 17:08 | LAVA JATO - Justiça suspende bloqueio e lbera os bens da Odebrecht
17/02/17, 16:59 | IMBRÓGLIO - Ministro aposentado do STF recusa convite de Temer para assumir o Ministério da Justiça
17/02/17, 16:55 | INVESTIGAÇÃO - Perna é encontrada dentro de saco em lixão de Brasília
17/02/17, 16:52 | CORRUPÇÃO - Fachin diz que foro privilegiado é “incompatível com o princípio republicano”
17/02/17, 16:38 | POLÊMICA - Moro nega pedido de acesso a doações de institutos de FHC e Sarney
17/02/17, 15:26 | CRIME - Operação apreende drogas e até animais silvestres no Norte do Piauí
17/02/17, 15:20 | EVENTO - Descontrolado, ministro da Cultura bate boca com público no Prêmio Camões
17/02/17, 14:16 | ARTIGO - Brasil: Uma República em crise com uma cidadania ultrajada
16/02/17, 21:42 | POLÍTICA - TSE cassa propaganda de PT, PMDB e mais 7 partidos
16/02/17, 21:37 | JUDICIÁRIO - STF tem 357 inquéritos e 103 ações penais de políticos
16/02/17, 21:36 | POLÊMICA - Jucá retira PEC que blindaria comando do Congresso Nacional
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site