CBN - A rádio que toca notícia

SALÁRIOS

Servidor federal que mantiver greve ficará sem reajuste, diz governo

O Ministério do Planejamento quer encerrar ainda neste fim de semana as negociações com todas as carreiras

26/08/12, 08:55

Policiais rodoviários federais protestam em SP; governo diz que servidor que manter greve ficará sem reajuste

O
governo da presidente Dilma Rousseff decidiu dar um ultimato aos líderes grevistas: ou suspendem as paralisações ou não terão aumento algum.

O recado tem sido dado nas negociações. Nas palavras de um assessor presidencial, a máxima "é pegar ou largar". A ideia do governo é dar o reajuste apenas às categorias que aceitarem o acordo.

As categorias paradas têm até 31 de agosto para aceitar a proposta do governo de reajuste de 15,8% até 2015. Trata-se do prazo final, estabelecido em lei, para o envio do orçamento programado de 2013 ao Congresso Nacional.

O Ministério do Planejamento quer encerrar ainda neste fim de semana as negociações com todas as carreiras, já avisadas do limite orçamentário definido pela equipe econômica.

A expectativa é que, a partir de segunda, sejam assinados os acordos com os sindicatos que concordarem, não havendo mais espaço para discussões detalhadas.

Ontem o governo dizia ter sinais de que servidores do Legislativo também vão aderir ao acordo.

DECISÃO

"A categoria vai assumir o ônus da decisão. Se rejeitar [a oferta], estará ciente do que está rejeitando. Só nos resta encaminhar", afirma Josemilton Costa, coordenador-geral do Condsef (Confederação Nacional dos Trabalhadores no Serviço Público Federal).

Ele afirma que ainda não há uma definição sobre a continuidade ou fim da greve após o prazo legal de 31 de agosto. Na prática, a greve pode continuar, mas o Executivo não tem como atender às reivindicações após isso.

Ontem, técnicos-administrativos das universidades federais assinaram a proposta, terminando negociação entre governo e o setor de educação.

FIM DO DIÁLOGO

O governo deu por encerrado o diálogo com os professores de instituições federais.

Apesar de algumas universidades terem encerrado a paralisação, a maioria das 59 federais continuam sem aulas.

Oficialmente, o Ministério do Planejamento desde o início argumenta que os reajustes solicitados são inviáveis diante do cenário de crise econômica internacional.

Se toda a demanda fosse atendida, a União gastaria R$ 92 bilhões, metade da folha de pagamento atual. Mais: para o governo, os aumentos pedidos estão fora da realidade no serviço privado.

Fonte: JL/Folha
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
24/04/15, 21:13 | RANKING - Brasil sobe oito posições em ranking global de felicidade
24/04/15, 21:06 | ASSEMBLEIA GERAL - CNBB critica terceirização, redução da maioridade penal e ajuste fiscal
24/04/15, 15:53 | POLÍTICA - Deputados do PSDB vão formalizar impeachment
24/04/15, 15:49 | ECONOMIA - Para Dilma, balanço da Petrobras marca nova era
24/04/15, 15:35 | TERRORISMO - Polícia italiana prende terroristas que planejaram ataque ao Vaticano
24/04/15, 15:32 | ECONOMIA - Governo quer usar dinheiro do fundo de garantia para financiar o BNDES
24/04/15, 15:27 | POLÍTICA - Eduardo Cunha recua de descontar salário de deputados faltosos
24/04/15, 14:33 | REIVINDICAÇÃO - Protesto deixa um ferido e atrasa viagem de 100 passageiros no PI
24/04/15, 14:28 | LITORAL - Corpo em decomposição é encontrado boiando em rio no PI
24/04/15, 14:21 | CARIOCA - Jobson é suspenso por 4 anos pela Fifa e não joga 1ª final
24/04/15, 13:16 | POLÊMICA - Com redução da maioridade penal, presídios podem ter 32 mil presos a mais em 1 ano
24/04/15, 13:04 | INVESTIGAÇÃO - Caixa suspendeu repasses às fornecedoras investigadas na Lava Jato
24/04/15, 12:51 | MENSALÃO - CONDENADO NO MENSALÃO: Itália autoriza extradição de Pizzolato para o Brasil
24/04/15, 12:48 | REIVINDICAÇÃO - País tem 11 bloqueios de caminhoneiros em rodovias federais
24/04/15, 12:42 | POLÊMICA - Líder do governo espera que Renan 'corrija' terceirização
24/04/15, 12:33 | FORO - Parlamentares processados devem responder na 1ª Instância
23/04/15, 20:46 | POLÊMICA - Renan desafia Cunha: "não vamos permitir ‘pedalada’ contra o trabalhador"
23/04/15, 20:33 | OPINIÃO PÚBLICA - Pesquisa revela que 66% dos brasileiros estão pessimistas com a situação do país
23/04/15, 20:30 | EDUCAÇÃO - MEC prorroga prazo para renovação dos contratos do Fies até 29 de maio
23/04/15, 20:27 | ECONOMIA - Após três meses de queda, criação de empregos volta a crescer no Brasil
23/04/15, 20:24 | ESPORTE - Mineiros jogarão as oitavas de final Libertadores nos dias 6 e 13 de maio
23/04/15, 19:52 | PLANO DIRETOR - Teresina firma parceria com ONG especializada em transporte sustentável
23/04/15, 19:49 | DIAGNÓSTICO - TCE- PI promove reunião para discutir projeto de qualidade e agilidade dos TCEs
23/04/15, 14:51 | MUNDO - Vulcão Calbuco segue em erupção no Chile; voos são cancelados
23/04/15, 14:32 | PRONUNCIAMENTO - Regina Sousa: 'Projeto de terceirização diminui salários e reduz o poder de compra'
23/04/15, 14:18 | DEBATE - Senadores defendem outras medidas para reduzir infrações cometidas por menores
23/04/15, 13:53 | OPINIÃO - ARTIGO: Grandes Fortunas x Terceiro Setor
23/04/15, 13:46 | DEBATE - Debatedores apresentam argumentos contra redução da maioridade penal
23/04/15, 13:43 | DISCUSSÃO - Redução da maioridade vai aumentar violência, diz juiz em audiência no Senado
23/04/15, 13:37 | CPI - Empresário diz que apenas 16 empresas participavam de licitação na Petrobras
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site