CBN - A rádio que toca notícia

DADOS

Programas sociais contribuem para diminuir impactos da seca no Nordeste

Governo Federal adotou uma série de medidas para diminuir o sofrimento de aproximadamente 12 milhões de pessoas

28/05/12, 12:01
H
á 30 anos um período de seca não castiga tanto o solo nordestino. Nem mesmo a seca de 1993, registrada na memória de grande parte da população regional como um dos piores períodos de estiagem, foi tão severa com o povo do sertão. Mas, por mais contraditório que pareça, a deste ano tem causado impactos menos negativos na vida das pessoas, graças aos programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família.

Em 1993, o medo da fome e da sede levou às pessoas a cometerem atos de violência, como roubos e saques. E, embora os nordestinos, em 2012, estejam assistindo as plantações e rebanhos morrerem e os açudes e cisternas secarem, a população está resistindo melhor. Segundo documento divulgado pela coordenação executiva da Articulação no Semi-Árido Brasileiro (ASA), os programas sociais do Governo brasileiro estão garantindo mais dignidade ao sertanista. “O Bolsa Família, acrescido do Bolsa Estiagem, enquanto ações emergenciais, tem desempenhado papel chave na alimentação das pessoas”, diz o manifesto.

Em matéria publicada no jornal Valor Econômico, Diolando Saraiva, técnico da ONG Caatinga – que dá assistência técnica às famílias pobres na região de Ouricuri, em Pernambuco –, afirmou que o dinheiro do Bolsa Família está garantindo a alimentação de quase todos no Semiárido. “Quase, porque ainda há muita gente passando fome nos rincões do Nordeste, especialmente nas famílias mais numerosas”, destaca. Mas ainda assim, ele ressalta que o incremento na renda é percebido nas casas sertanejas, ainda muito humildes, mas quase todas com eletrodomésticos.

Outras medidas

Preocupado em tornar a convivência com a seca possível nos mais de 700 municípios nordestinos que decretaram estado de emergência, o Governo Federal adotou uma série de medidas para diminuir o sofrimento de aproximadamente 12 milhões de pessoas. Além da liberação de mais de R$ 60 milhões para ações de socorro e assistência, como distribuição de cestas básicas e fornecimento de água por meio de carros-pipa, o Ministério da Integração está agilizando a construção cisternas e adutoras.

Na última sexta-feira (25/05), por exemplo, a Pasta abriu licitação para contratação de empresa para tocar a 2ª etapa do Sistema Adutor do Pajeú. A obra, incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), terá 402 km de adutoras, 11 reservatórios, duas unidades de captação e 12 estações elevatórias. Com tudo isso, ela poderá beneficiar 230 mil pessoas de 15 municípios de Pernambuco e oito da Paraíba.

O Executivo também enviou ao Congresso Nacional uma Medida Provisória (MP 565), que prevê a liberação de R$ 704,4 milhões para financiar compensações a agricultores e ações de defesa civil, para atender à população afetada pela estiagem. Para o líder petista, Walter Pinheiro (BA) – responsável pela relatoria da proposição –, a matéria apresenta propostas concretas para a atual realidade dos municípios nordestinos.

“Essa MP traz, pelo menos, os caminhos para se trabalhar as soluções para graves problemas que vivenciam hoje os agricultores do Brasil inteiro e particularmente no Nordeste no que diz respeito a honrar os seus compromissos com os financiamentos”, disse referindo-se aos compromissos dos produtores com o Programa Nacional de Agricultura Familiar, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento do Nordeste (FNDE).

Desde que assumiu a função de relator, Pinheiro discute com o Governo a possibilidade oferecer crédito extra e anistia aos agricultores que não quitaram os empréstimos porque a seca destruiu a produção. Ele deve incluir no texto regras para repactuação das dívidas, como reunir todas as fontes de financiamento e ampliar a linha de crédito.
Fonte: JL/Valor Econômico
TODAS AS NOTÍCIAS DO PORTAL
12/12/17, 21:47 | MEA CULPA - “As redes sociais estão dilacerando a sociedade”, diz um ex-executivo do Facebook
12/12/17, 21:44 | APOIO - Temer pede ajuda de empresários para angariar votos a favor da reforma
12/12/17, 18:47 | JUDICIÁRIO - Tribunal marca julgamento de Lula no caso tríplex para 24 de janeiro
12/12/17, 18:42 | CORRUPÇÃO - STF torna senador Agripino Maia réu por desvios em arena da Copa em Natal
12/12/17, 18:22 | PROPINA - Aécio Neves pede mais prazo para apresentar defesa ao STF
12/12/17, 18:11 | GESTÃO - Governo Temer cria 2.000 cargos comissionados em 1 ano e meio, diz ONG
12/12/17, 18:01 | FUTEBOL - Grêmio vence Pachuca na prorrogação e vai à final do Mundial
12/12/17, 14:39 | POLÍTICA - Destruição do PSDB é consequência política do 'golpe', diz Dilma
12/12/17, 14:36 | DADOS - Hackers ameaçam vazar dados da Previdência contra reforma sem diálogo
12/12/17, 14:20 | NOMEAÇÃO - Ex-esposa de Gilmar Mendes é nomeada por Temer para cargo em Itaipu
12/12/17, 14:15 | REFORMA - Fernando Segovia muda comando da PF no Paraná, responsável pela Lava Jato
12/12/17, 13:55 | ELEIÇÕES 2018 - Barbosa se reúne com deputados e admite que pode ser candidato em 2018
12/12/17, 13:27 | ESPORTE - Ex-lateral do Flu diz que quer voltar ao Brasil e jogar no Botafogo
12/12/17, 11:53 | POLÍTICA - Temer negocia cargos de Geddel com o PR em troca de apoio pela Previdência
12/12/17, 11:49 | CRIME - Gari é atingido com cinco tiros por colega durante o trabalho em Teresina
12/12/17, 11:06 | ELEIÇÃO - Parecer de perito afirma não existir evidência de regularidade da urna 7 do Vasco
12/12/17, 10:16 | PREVIDÊNCIA - INSS: aposentados e pensionistas podem ter o menor reajuste no benefício desde 1995
12/12/17, 10:11 | POLÍTICA - Programas sociais de Lula são aclamados por onde a caravana passa
11/12/17, 22:54 | MOVIMENTO - Moradores fecham avenida e queimam pneus durante protesto em Teresina
11/12/17, 22:46 | FIM DE ANO - Menino carente ganha festa como presente de Natal em Teresina
11/12/17, 21:54 | POLÊMICA - Desembargador suspende liminar de juíza e Janainna realiza festa em Luzilândia
11/12/17, 18:54 | CORRUPÇÃO - Fachin mantém julgamento sobre ‘quadrilhão’ do PMDB para quarta
11/12/17, 18:41 | POLÊMICA - Maia: 'Não é fácil votar na próxima semana Reforma da Previdência'
11/12/17, 18:37 | CRIME - Rocha Loures vira réu por corrupção no 'caso da mala' de R$ 500 mil
11/12/17, 16:47 | ECONOMIA - Quase 60 milhões de brasileiros estão com nome negativado, diz pesquisa
11/12/17, 16:41 | ESPORTE - Oitavas da Champions estão definidas: Real Madrid enfrenta o PSG
11/12/17, 16:35 | MUNDO - Prefeito confirma atentado terrorista em Nova York; suspeito é preso
11/12/17, 16:07 | PROTESTO - Greve de fome de trabalhadores contra Reforma da Previdência completa sete dias
11/12/17, 16:04 | MOBILIZAÇÃO - Movimentos programam reuniões para discutir problemas do país com a população
11/12/17, 16:00 | PREVIDÊNCIA - Militares e altos salários no Legislativo e Judiciário serão 'poupados' da reforma
« Anterior 1 - 30 | 31 - 60 | 61 - 90 | 91 - 120 | 121 - 150 | 151 - 180 | 181 - 210 | 211 - 240 | 241 - 270 | 271 - 300 Próximo »
JORNAL LUZILANDIA - O Futuro Começa Aqui
Copyright 2003 - Todos os direitos reservados
SITE FILIADO À LITIS CONSULT - REPRESENTAÇÕES COMERCIAIS
CNPJ nº 35.147.883/0001-41 / CCN Comunicação.com Nordeste
Jornalista Renato Araribóia de Britto Bacellar - Homenagem Especial
Luzilândia - Teresina - Piaui - Brasil
CEP:64049-600 - Rua Lemos Cunha, 1544 - Ininga- Teresina-PI
Telefones: (86) 8804.2526 - 8100.6100
jornalluzilandia@hotmail.com | jornalluzilandia@gmail.com
création de site