JORNAL LUZILÂNDIA
Clipagem Eletrônica - Versão para impressão
SOCIAL
FGTS injetou R$ 215 bilhões na economia brasileira em 2017
09/01/18, 11:05

O

FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) foi responsável pela injeção de R$ 215 bilhões na economia em 2017. O resultado refere-se aos recursos liberados para saque e financiamentos concedidos no último ano. A informação foi divulgada pelo Ministério do Trabalho nesta 2ª feira (08.jan.2018).

“Pela primeira vez na história do Fundo tivemos a distribuição de resultados, o que gerou um crédito de R$ 7,3 bilhões referente a 50% do melhor resultado do FGTS. Isso permitiu uma melhora da remuneração das contas do FGTS, que superou a inflação pela primeira vez nos últimos 8 anos”, disse Bolivar Tarragó, secretário-executivo do CCFGTS (Conselho Curador do Fundo no Ministério do Trabalho).

O valor é maior do que o montante de 2016, quando a quantia injetada somou R$ 190 bilhões. A maior parte do dinheiro entrou em circulação por meio dos saques que foram liberados. Foram R$ 164 bilhões. Destes, R$ 44 bilhões foram efetuados pelas contas inativas, liberadas para estimular o consumo.

O restante, equivalente a R$ 51 bilhões do FGTS, é referente aos desembolsos das contratações de obras de habitação, saneamento e infraestrutura do país. A habitação foi a parte que mais utilizou o recurso, principalmente em habitação popular do Minha Casa Minha Vida. O programa recebeu R$ 41 bilhões, o equivalente a 85,2% de todo o montante destinado a essa área.

Fonte: JL/PODER 360
Reportagem publicada no site www.jornalluzilandia.com.br